Âncora

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma âncora de aviões

Cquote1.png Você quis dizer: Foice e martelo Cquote2.png
Google sobre Âncora

A âncora, do eslovaco Ankhor, que significa instrumento pesado, é uma peça utilizada para parar ou guardar grandes coisas, ou seja, para ancorar, mas isto todo mundo já sabe.

A âncora serve como um freio para balões e como cadeado para navios. Ainda é utilizada hoje em dia, mas não com tanta freqüência de antes, onde cada barco tinha no mínimo 10 âncoras.

Utilização[editar]

A âncora foi inventada (descoberta) pelo Lord Karel Dovanek, no século VII, para freiar seu barco a vela. Ele descobriu ao acaso que uma âncora pode ser muito útil caso o barco estivesse sendo levado por um furacão. Certo dia o Lord esqueceu que a corda de sua âncora tinha apenas 20 metros e morreu afogado, pois o local onde ele estava tinha 30 metros de profundidade.

As âncoras são feitas de ferro na maioria das vezes, mas pode ser também feita com madeira. Alguns barcos mongóis da era Kublai Khan utilizavam barris como âncoras. Muitos barcos vikings utilizavam pessoas pesadas para o serviço de âncora. A âncora deixou de ser utilizada depois da invenção do iceberg, sendo substituída pela coleira.

Muito se fala em âncora nos telejornais, mas esta âncora é outra, apesar de ter o mesmo sentido: fazer peso.

Representação[editar]

Um exemplo de âncora, feita de algas

Muitos se perguntam sobre o formato da âncora, sempre o mesmo, parecendo uma pessoa com perna aberta. As âncoras possuem este formato por pura superstição, pois os ganchos apontados para cima lançam uma energia e não deixam o barco afundar. Logicamente é pura lorota pois o escudo do Corinthians também tem uma âncora mas o clube já afundou faz tempo. marinheiros como tatuagem. Se o marinheiro não tem uma âncora tatuada no braço, pode ter certeza que esse é um marinheiro de meia-tigela. Hoje em dia as âncoras são usadas também como amuleto, espantado espíritos malígnos.

Ver também[editar]