Úmbria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mafiapre.jpg PORCA MISÉRIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Localização da Úmbria

Cquote1.png Você quis dizer: Mix Cquote2.png
Google sobre Úmbria

Cquote1.png Eu adoro esse charuto cubano... Cquote2.png
Turista sobre charutos de Úmbria

Cquote1.png Mas isto são charutos italianos... Cquote2.png
Outro Turista (Mais entendido) sobre afirmação acima

Cquote1.png AHH.. aquele comerciante turco-italiano me enganou. Cquote2.png
Turista indignado ao saber a verdade

Úmbria é o nome de uma região que, embora se situe na Itália, é mais uma mistura de culturas e raças do mundo do que italiana.

História[editar]

No início de sua ocupação, a Úmbria era uma região bastante homogênea. O primeiro povo a ocupar a região foram os Etruscos.

Eles simplesmente impediam a entrada de toda e qualquer cultura exterior, sendo cultuadores natos de sua raça.

Vista das plantações de trigo da Úmbria, as quais produzem para as padarias portuguesas da região

Porém, após o domínio romano, as coisas mudaram.

Estes deixaram a cultura das uvas e do vinho. Depois vieram os bárbaros, os quais introduziram a cultura da milenar produção de Hidromel.

Os portugueses vieram e trouxeram suas padarias. Os russos trouxeram a arte da prostituição e a vodka.

Os alemães trouxeram a arte de fazer salsichas e cerveja. Cuba trouxe a cultura plantar tabaco e fazer charutos.

Os franceses levaram a cultura gay. Os estado unidenses levaram indústrias.

Vários comerciantes turcos foram para a região. E. por fim, os sul estado-unidenses popularam com as pessoas ricas e bonitas para movimentar o comércio.

Atualmente, várias culturas estão difundidas na região, muitas vezes confundindo turistas, que pensam que estão em vários países ao mesmo tempo.

Geografia e Clima[editar]

O terreno da Úmbria é formada por diversas montanhas, as quais ultrapassam normalmente os 2000 metros. Esta tendência de altitude elevada abaixa a temperatura, a qual caracteriza a região dos alpes, na Suíça.