Acorizal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mico azul.JPG



O Mico Azul passou por aqui em 1953!!!



Acorizal é um município irrisório no norte de Cuiabá onde o calor torra os miolos de sua pobre população que vive da pesca, pecuária e beber cachaça como principal fonte de lazer.

História[editar]

Uma movimentada praça de Acorizal em algum beco da cidade.

Tudo começou quando durante uma pescaria no Rio Cuiabá, pescadores perdidos de Cuiabá encontraram a imagem de Nossa Senhora de Brotas enroscada na rede (que na verdade era um pneu carcomido por piranhas que tinha um leve formato da santa. Aqueles pescadores aceitaram isso como sinal e criaram ali um povoado chamado Brotas, onde algumas famílias se assentaram para ficar pescando.

O grande herói local, Marechal Rondon passou por ali no início do século XX, e mandou instalar naquele fim de mundo um telégrafo para estabelecer comunicação com o mundo exterior. Atualmente com a chegada do rádio o telégrafo foi aos poucos sendo substituído.

Em 1953 o nome Brotas foi substituído por Acorizal, em menção a quantidade de palmeira acori existente na região, um grande símbolo local devido ao bizarro chá de capim feito com as folhas dessa palmeira, muito apreciada pelos antigos habitantes dessa cidade.

Atualmente, Acorizal é só mais uma cidade paga-pau de Cuiabá.

Economia[editar]

Acorizal possui uma participação modesta na agricultura, com algumas plantações de cana-de-açúcar, mas que oferecem emprego para metade da população que pode ir trabalhar de boia-fria nas lavouras. Os imigrantes nordestinos na cidade são os responsáveis pelos engenhos de produção de rapadura, outro grande produto produzido em Acorizal.

Todavia, Acorizal destaca-se na pecuária, com aquelas fazendas cheia de bois para virarem churrasco em Cuiabá.

Transportes[editar]

O principal meio de transporte para Acorizal é o Rio Cuiabá (porque se você for depender da MT-010 e seus atoleiros, você está fudido). A única preocupação para chegar a Acorizal pelo rio é evitar cair na água e ser devorado pelas piranhas, mas é bem mais seguro do que poder ser atacado por uma onça na MT-010.

Lazer[editar]

O Rio Cuiabá é a principal fonte de lazer daquele povo. Para se refrescar do calor de média 50°C, qualquer um prefere um rio mesmo que cheio de jacarés. O torneio estadual de pesca acontece ali, é muito emocionante ver aqueles tios parados em seus barcos pensando na morte da bezerra enquanto esperam os peixes morderem a isca.

A Acorifolia é o famoso carnaval da cidade, que atrai todo tipo de roceiros, agroboys e agrogirls numa espécie de grande ritual de acasalamento de caipiras.

Também há os rodeios municipais, os únicos no mundo onde há a modalidade dos peões montarem vacas.