Agente funerário

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Icon tools.svg Agente funerário

Gothar.jpg

Um agente funerário típico
Lema Não quero que ninguém morra, mas tenho contas para pagar
O que faz Organiza o velório
Utilidade Alto Alta
Popularidade Odiado
Salário Médio-cre Depende (geralmente é alto)
Empresa Indústria da Morte
Sindicato Dos Mortos
Profissionais Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ninguém sabe
Ex-Profissionais Morreram todos na profissão e as colegas bancaram o velório
Na ficção Aqueles caras do A Sete Palmos
Animal Corvo
Planta Aquelas que crescem nos cemitérios
Padrinho da Profissão
Male Icon.png
O Coveiro
Madrinha da Profissão
Female Icon.png
Carpideiras


Cquote1.svg Olhe só esse caixão magnífico! Madeira muito resistente, o corpo decompõe mas ela dura e dura e dura... Quando for lá levantar as ossadas, a madeira ainda vai estar intata! Pode até reutilizar para fazer uma mesa ou uma cadeira lá para casa! Cquote2.svg
Agente funerário tendando impingir caixão
Cquote1.svg ... Cquote2.svg
Familiar do defunto sobre citação acima
Cquote1.svg Olhe essa urna para as cinzas de teu pai! Vai ficar um charme na sua sala! Cquote2.svg
Agente funerário vendendo seu produto
Cquote1.svg Porquê ser maquiador e maquiar pessoas vivas quando posso ser embalsamador e fazer o mesmo em pessoas mortas? Cquote2.svg
Lógica de Embalsamador


Um agente funerário é um psicopata cara mórbido e sinistro que gosta de estar rodeado de pessoas mortas e fazer coisas bizarras como maquiar e embalsamar cadáveres, vender urnas, cuidar da decoração do velório, praticar necrofilia, tratar da burocracia do falecido e servir de psicólogo aos familiares… ou simplesmente herdou o negócio de família e não teve outra opção de escolha.

Esse é o trabalho de sonho de todo o gótico, já que consiste em vestir roupa preta todos os dias e estar rodeado de gente morta, objetos religiosos (como velas, cruzes, …), tumbas, passear no necrotério e no cemitério todos os dias, conviver com gente sofrendo e chorando, num ambiente de Depressão absoluta que faz as delícias de qualquer Tr00 Metal 4 life \m/. Se você é uma pessoa normal alegre, com gosto pela vida e sem problemas psiquiátricos que não consegue lidar com o macabro essa pressão de assistir a pessoas sofrendo pela morte de familiares a toda a hora e manter uma atitude psicopata e fria "professional", talvez esse não seja o trabalho indicado para você.

Habilitações[editar]

Propaganda de agente funerário.

Além de uma preposição natural para gostar estar rodeado de cadáveres a toda a hora, o agente funerário, e principalmente o embalsamador, tem de receber formação em Tanatopraxia, ou seja, para você que é burro, como conservar o corpo do defunto e deixá-lo bonito para o velório. Esse cara tem de limpar, embalsamar, coser, maquiar, perfumar e vestir os cadáveres. Se você acha que se morre que nem nos filmes, você está muito enganado. A maior parte das pessoas se cagam e mijam quando viram presunto, outros até ficam com ereção. No pior dos casos, o defundo está desfigurado. Noutros, os membros ficaram todos tortos por causa da rigidez pós-morte e aí o embalsamador tem de partir pernas, braços e mãos para caber no caixão e ir numa pose de "descanso", quando na verdade esse profissional virou o Dexter no cadáver.

  • Formação em conservação de cadáveres (afinal, não pode botar na geladeira durante o velório);
  • Tendências psicopatas;
  • Estômago de ferro;
  • Coração de gelo;
  • Poker face nível expert.

Local de Trabalho[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Casa Funerária

Ambiente de Trabalho[editar]

Transportadores de caixão fazendo uma procissão típica no cemitério.

O ambiente de trabalho do agente funerário é um bocado morto, assim como silencioso e sinistro de um modo geral, afinal seu trabalho se resume a ficar fechado numa espécie de sala de operações na casa funerária fazendo cirurgias bizarras em cadáveres. No melhor cenário, o agente pode limitar-se a ficar no escritório preencher papelada e aturando o sofrimento e chororô dos familiares, com sua habitual falta de expressão facial, e impingo caixões, urnas e tumbas para a família escolher.

Funções[editar]

O agente funerário trata de tudo o que está relacionado com o velório, desde botar o defunto bonitinho para ser enterrado, tratar da burocracia do óbito, a urna, a decoração, a sepultura,… enfim, ele está ali para facilitar a vida dos familiares sofredores… apesar destes terem de assinar 102938 documentos diferentes

Tipos[editar]

Embalsamadores preparando o corpo para o velório.

Existem vários tipos de agentes funerários, que se especializam em várias funções… o porquê de alguém se querer especializar nisso, ninguém sabe, mas alguém tem de fazer esse trabalho e esses caras sinistros deram o corpo às balas:

  • Agente: Esse é o agente funerário propriamente dito, que não bota a mão na massa. Ele só trata das burocracias do defunto, ficando com a bunda alapada no escritório o tempo todo;
  • Vendedor: Esse vende as urnas, mostrando com orgulho o catálogo e impingindo sempre algum caixão ou tumba que é uma "beleza", um "charme", "muito bonito";
  • Cerimonialista fúnebre: É o decorador de interiores do mundo dos mortos;
  • Assistente de funeral: É o cara que acompanha o velório e fica lá parado a um canto, com poker face, que nem uma assombração vinda do Além. Não dá os pêsames aos familiares, só ficando por lá agindo de forma bizarra;
  • Embalsamador: Também conhecido como "tanatopraxista", é talvez o mais psicopata de todos. É quem faz necrofilia a conservação do corpo, parte membros do corpo para caber no caixão, coze bocas, enche o interior da boca com algodão, maquia, faz penteado, pinta a unha, faz cirurgia plástica nos acidentados e quando não está para ter trabalho, manda o caixão estar fechado durante o velório;
  • Transportador de caixão: São os caras que transportam o caixão (O RLY?) para a cerimónia e para serem enterrados pelo coveiro. Atualmente, fazem danças bizarras durante a procissão para animar os familiares;
  • Motorista: É o cara que desfila o caixão pela cidade.

Outros Trabalhadores da Morte[editar]