Alado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Alado vindo!
Olha o(a) Alado indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.

Alado é qualquer ser que possua asas, mas alguns acham esse nome abichalhado e, se tiverem bico saem distribuindo bicadas aleatoriamente. Nem todos eles voam também e já imagine aquele galo, que consegue no máximo pulos altos, fazendo aquele olharzinho de metrossexual ofendido por alguém lembrar que ele não voa, nem tendo a compensação de ser chamado de aladona.

Como isso começou[editar]

Outro cavalo vendo o Pegasus levantar voo.

Chega aqui, isso não começou com os insetos, acredite, apesar deles serem considerados organismos mais simples(como se ter trocentos olhos na cara, alguns até na bunda e sangue de gosma fosse simples), mas não foram os primeiros a ter asas, embora houvesse seres que levitassem inclusive humanos, pode acreditar, os atlantes levitavam, mas não possuíam asas, bem como ser nenhum na Terra. As abelhas já existiam, mas elas também levitavam, as que ainda não sabiam levitar, iam andando até as flores e tinham mais trabalho, mas a maioria delas já sabia desde cedo, já os atlantes humanos, aprendiam depois que davam a primeira trepada, pois assim ajudava a sentirem-se leves.

Estabelecido que bicho nenhum tinha asas e não foi inseto nenhum que desenvolveu antes. Quem então, ora, é claro que foi um mamífero, e inclusive, enquanto estava mamando. Isso ocorreu por culpa dos humanos novamente: Eles deixaram satanás(não o da Dono Clotilde), manipular sua genética, perdendo a capacidade de levitar.

Lagartixa se lamentando por deixar de ser alada.

A natureza da mãe Terra achou os humanos uns bostas, manés, mongos, imbecis, de ter deixado que isso acontecesse e, ficou tão indignada, que nenhum bicho mais levitou, deixando a vidinha de todo mundo bem mais difícil, ainda alguns bichos tiveram muita raiva de gente, outros nem ligaram, as cobras detestaram, e por isso querem distância de gente ate hoje, picam o rabo(ou o que estiver na vista, mas muitas preferem picar no rabo) tão logo alguém chegue um pouco perto do território delas.

O abichalhado alado[editar]

Daí você pergunta, quem então teria sido o primeiro alado? Quem mais? Um cavalo claro. Um cavalo, após todos os seres se foder perdendo a capacidade de flutuar por aí, desenvolveu esse mecanismo do bater de asas e conseguiu voar, levantando voo, controlando as asas muito legal e pousando perfeitamente, uma habilidade que não é pra qualquer zé ruela, pois não basta ter as asinhas, deve-se também saber usá-las, o mesmo vale para o pinto, não basta ter deve-se saber usar, mas alguns seres mal sabem fazer xixi, sem fazer bobagem, regando o que não se deve, imagine outras coisas. Com qualquer outro equipamento não é diferente, e as asas podem estar preparadinhas, mas deve-se saber utilizá-las.

Como não flutuavam mais, alguns seres imaginavam se não havia outra forma, e a mãe Terra então permitiu que desenvolvessem asas, mas apenas os mais fodões(não associe essa palavra à estupides, pois estúpido qualquer zé ruela pode ser), seres como little ponneys também não voariam, mesmo tendo asas. Os insetos não tinham, nem os insetos incômodos e nocivos existiam ainda, apenas abelhinhas, que mal ferravam, pois ninguém era tão vacilão pra facilitar, já sabe que as borboletas também ainda não tinham, mas elas existiam pois não eram, nocivas. Claro que foi o capeta também, que após criar insetos nocivos, ainda roubou a ideia da natureza e lhes deu asas, pra poder incomodar mais.

O cavalo, que foi o primeiro ser que teve asas sobre a Terra? Ora, já ouviu falar do Pegasus? É claro, e como eu disse, criou enquanto estava mamando: Ele mamando desenvolveu asas e bem grandes e possantes. Foi o primeiro ser alado e, como ele não ligou pra esse nome que, claro, surgiu primeiro em latim, portanto era um nome quase assim mesmo, o cavalo que foi o primeiro não ligou, então porque os demais alados se importariam? Ficou esse nome agayzado mesmo. O Pegasus não passou asas aos seus descendentes, isso eu não sei porque, mas a partir de então foi que morcegos(outro mamífero e eles foram os segundos), aves, etc, desenvolveram asas, mas sim o primeiro foi um cavalo...

Ver também, se quiser voar[editar]