Alexandre Senna

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Onde que é o arrombamento? Cquote2.png
Alexandre Senna sobre seu cu
Cquote1.png Eu vim lá do interior da Bahia, cê já ouviu falar de Cu Pequeno? É uma cidade pequena que não aparece no mapa, quase do tamanho de Nova Iorque Cquote2.png
Alexandre Senna sobre sua cidade natal

Alexandre Senna
Senna99.jpg
Cquote1.png Ráááá, é pegadinha do Senninha, então deixa eu dar uma pegadinha Cquote2.png
Nascimento 24 de Março de 1985
Bandeira do Brasil Brasil, em Cu Pequeno
Ocupação Prefeito de Cu Pequeno

Alexandre Senna, também conhecido como Alexandre, o Pequeno (Cu Pequeno, 24 de março de 1985), é um ex-segurança de biqueira, ex-vigilante noturno, ex-recruta do exército, boleiro, enfermeiro, professor de biologia, ator pornográfico e atual prefeito vitalício de sua cidade de origem. Antes ele ganhava quinhentos conto por mês fazendo bicos, mas após fazer um certo teste pornô na Ícaro Studios e botar sua cidade no mapa, sua vida mudou drasticamente, ele tornou-se quase que um sucessor espiritual de Jailson Mendes, apesar de não ser tão delicioso, é tão engraçado quanto.

Biografia[editar]

Senna lendo este artigo.

Alexandre Senna nasceu no ano de 1985, na pequenininha, mas garantida, cidade de Cu Pequeno. Ainda jovem, presenciou uma série de conflitos entre seus conterrâneos cupequeninos e os habitantes da cidade vizinha, Pau Grande. Senna ainda era muito pequeno para compreender a delícia, então achava que o conflito era violento, pois ouvia muitos gritos histéricos que pareciam ser de dor e sofrimento, mas que na verdade eram gritos de macho virgem.

Alexandre Senna sempre teve o sonho de tornar Cu Pequeno famosa, pois ninguém conhecia esta delicinha de cidade. Para concretizar seu objetivo, Senna estudou artes cênicas por muitos anos na UNIMACHO, sob a tutela do Professor Guina, um ator de renome internacional. Após contracenar centenas de milhares de vezes com seu melhor amigo e colega de sala, o Aluno Come Já, Senna sentiu-se preparado para finalmente tornar-se um prestigiado ator, assim todos saberiam da existência de Cu Pequeno. Seu plano era protagonizar os filmes da Ícaro Studios, realizando um teste pornô que iria acontecer em alguns meses.

Mas por conta de sua origem humilde, Senna não poderia viajar da Bahia até o Paraná, sede da Ícaro, pois a passagem era muito cara e seus dois pais gastavam todo o orçamento mensal em suco de laranja e vaselina. Mas como seu sonho era muito grande e gostoso, ele resolveu trabalhar no cacete pra conseguir dinheiro pra passagem. Assim ele fez bicos como segurança de biqueira, como vigilante noturno, como recruta do exército, como encanador e até como enfermeiro. Primeiro trabalhando, e só depois brincando, Senna conseguiu o dinheiro necessário pra viagem, e dirigiu-se finalmente a sede da Ícaro, onde realizou o teste com Alemão e Bob, o Construtor.

A princípio, Senna achou que teria que render-se a heterossexualidade, tendo que foder umas bucetinhas. Ele estava disposto a sacrificar-se pela fama, mas logo ele percebeu que não era bem esse tipo de filme a especialidade da Ícaro, percebendo isso quando Bob deu uma dedada em seu cu e uma lambida em suas bolas. Assim como qualquer bom macho virgem, apesar de querer muito aquilo, Alexandre Senna negou o contato, dizendo que primeiro precisava trabalhar, e só depois podia brincar. Para persuadir o nordestino, Alemão ofereceu quinhentos conto nessa bunda, mas Senna permanece inflexível, pois o trabalho era muito importante mesmo. Mas como queriam muito chupar aquele pau, Alemão e Bob fazem a oferta final, oferecem todo o orçamento mensal da Ícaro pra Senna, no caso milzão, além da vaga como ator pra substituir Jailson Mendes como a principal delícia do estúdio. Aí Alexandre Senna não resistiu, vai, e deu o cu pro Alemão e pro Bob, perdendo assim as últimas preguinhas de seu rego.

Senna em entrevista, divulgando detalhes sobre sua cidade natal, Cu Pequeno.

Após o teste, Alexandre tornou-se o mais novo recém-contratado da Ícaro Studios, que aceitou assinar a sua carteira.

Atualmente[editar]

Alexandre Senna é o prefeito currompido de Cu Pequeno, o primeiro político brasileiro a implementar o "bolsa delícia", proposto pelo deputado federal Jean Wyllys, que garante que os machos virgens mais humildes não passarão necessidade de um pau amigo.

Quando não está trabalhando no cacete na prefeitura, Alexandre está trabalhando no cacete nos estúdios da Ícaro Studios, gravando spin-offs de baixo orçamento onde seu cu é lubrificado com margarina Delícia.

Agora com dinheiro no bolso e várias picas no rabo, Alexandre investe seus recursos para modernizar a linha de produção da única fábrica brasileira que produz a peça que você queria, que está instalada em sua cidade natal.