Aluno Come Já

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Aluno Come Já é o nome de guerra de um estudante brasileiro desconhecido, um dos líderes do movimento estudantil, que passa os dias fumando maconha, bebendo catuaba, ouvindo Legião Urbana e fazendo manifestações na Escolinha do Professor Guina.

Biografia[editar]

Aluno Come Já é flagrado pelo professor Guina vendo a revista do Vampeta.

Nasceu em Rio Branco, no Acre, em uma tarde chuvosa de segunda-feira. Sua vida já começou sendo uma merda.

Na infância, ao fuçar na gaveta de cuecas do teu pai, encontrou várias revistas de homem pelado, que o mesmo via quando sua esposa ia no supermercado encontrar-se com o Ricardão. Ao ver pela primeira vez a rola do Vampeta, o Aluno Come Já tomou gosto pela coisa e não parou nunca mais de comprar revistas para ver as picas grossas, grandes e gostosas das celebridades.

Na adolescência, ainda dentro do armário, o Aluno Come Já, pensando em seu futuro, matriculou-se na Escolinha do Professor Guina, uma instituição de ensino que fica no meio do mato, próxima da oficina do Kauan Desu. Logo no primeiro dia, o professor já mandou a letra, que se algum aluno mostrasse comportamento irregular, atrapalhando o andamento das aulas e das atividades propostas, ele seria comido já.

Ao ouvir estas palavras, o Aluno Come Já, que até então era um aluno aplicado e focado nos estudos, fez questão de entrar para a turma do fundão, além de colocar bombas nos banheiros e masturbar-se durante as aulas.

Percebendo as reais intenções do Aluno Come Já, o professor Guina relevava os atos, acreditando que aquilo era apenas uma manifestação de um desejo escondido. Porém, ao flagrar o seu aluno vendo revista de homem pelado atrás da escola, Guina percebeu que o jovem precisava de disciplina, que ao invés de ficar vendo rola no papel, ele precisava dar uma pegadinha, uma chupadinha em uma rola de verdade, então, sacando a jiboia na frente do moleque e começando a masturbar-se, o Aluno Come Já não resistiu, vain, e caiu de boca na varinha de seu tutor.

Depois deste momento delicioso, o Aluno Come Já buscou forçar outros relaxamentos com seu professor favorito, porém não teve muitas chances, já que o mesmo foi preso por assédio homossexual e enviado para a prisão do Policial Gaúcho.

Atualmente[editar]

Apesar de já ser graduado em ciências sociais pela Escolinha do Professor James, o Aluno Come Já continua frequentando escolas, para aumentar os seus conhecimentos e a quantidade de rolas em seu rabo. No intuito de orientar os mais jovens, o mesmo sempre leva revistas de homem pelado em sua mochila, já que apesar de estas não serem rolas de verdade, ainda dão para o gasto.