Ama-me com Ternura

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Clint eastwood manwithnoname.jpg Howdy, pal, este artigo é do Velho Oeste!

Ele anda de diligência, maneja um 3oitão com perfeição e seu bando é o mais
procurado da região. Entre, peça uma bebida e aprecie a beleza das dançarinas
do saloon, mas se vandalizar este artigo, vai parar num duelo!

"Ame meuuuu tender..."

"The Reno Brothers", mas que viria a ser mais conhecido por culpa do Coronel Tom Parker Love me Tender, ou Ama-me com Ternura em português, foi o primeiro filme da brilhante (?) carreira cinematográfica de Elfos Presli, feito em 1956, ainda em preto-e-branco. O filme não tem nada, nada a ver o título que acabou ficando mais conhecido, tudo culpa dos manés que queriam se escalar nos sucessos de Elvis.

Sinopse[editar]

O filme é um filme meio dramalhão mexicano. É a história de dois irmãos, um deles é o Elvis (Clint Reno) e o outro é um ator que ninguém se lembra mais chamado Richard Evan (Vance Reno). Eles eram muito unidos, só que um deles, o Clint, curtia só tocar country com seu violão de brinquedo, enquanto o Vance era mais esperto, usava sua força para conquistar mulheres e levá-las ao delírio. Mas foi essa força que o traiu: ele acabou aparentemente morto (mas tava muito aparentemente mesmo véi!) durante a Guerra de Secessão. Triste e desolada, sua namoradinha Cathy, interpretada por Debra Paget (quem é essa? Não sei, mas era uma loira bem gatinha), acaba se casando com o cunhado, achando que o namorado estava morto, já que não havia mais dado notícias nem via SMS haviam uns 5 meses (talvez porque na época não existia celular? Falou o Capitão Óbvio, parabéns, pode se retirar do recinto agora!).

O problema é que o Vance estava vivo e bem vivo. E ele acaba descobrindo a situação e decide que com João ele devia acabar lutar pelo amor de sua grande amada. E mesmo sob o som de Love me Tender, não teve jeito de pacificar seu irmão mais velho, que resolveu as coisas igual nordestino: na base do facão da bala! E assim, termina o filme, com a morte do Clint.

Curiosidades[editar]

Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!


  • Esse é o único filme de Elvis em que ele não foi o primeiro dos créditos. Faltou pagar mais caro pros produtores aceitarem.
  • É o único filme em que o personagem de Elvis morre. Que pena... ele devia morrer em todos os outros também...
  • Elvis, provando ser um burro completo gênio, decorou a fala de TODOS os atores, inclusive a dele, antes do início das filmagens. Não sei pra que, talvez ele tivesse um desejo bizarro de interpretar a Cathy...

Ver também[editar]