Ami-kiri

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Ami-kiri vindo!
Olha o(a) Ami-kiri indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.
Ami-kiri fazendo uma raríssima aparição pública

Ami-kiri é mais um do time dos yōkai totalmente bizarros da mitologia japonesa. E essa classificação não é por nada. Fisicamente, o Ami-kiri tem a aparência da cobra de estimação do Motumbo, voa com mais precisão que os aviões da Air France, tem a cabeça de pássaro Rói Pau Pica-Pau e patas iguais às do Seu Sirigueijo. Ou seja, é uma total aberração.


Mito[editar]

Gn.gif Nenhum resultado encontrado para "Mitos sobre Ami-kiri"
Google sobre Ami-kiri

Assim como todos os seus outros coleguinhas, Ami-kiri é um yōkai que não tem absolutamente nenhuma importância na mitologia japonesa, e só serve mesmo para assustar os japoneses mais fanáticos por mitologia. Ou seja, assim como o Google já disse acima, não existe nenhum mito sobre essa criatura. Portanto, você já pode voltar para o seu tão amado canal gay do RedTube e parar de procurar algo sobre esse iminente personagem.


Para o caso de você ser curioso[editar]

Para o caso de você, Anônimo, isso mesmo, você, que insiste em procurar alguma coisa sobre esse personagem, porque é um completo idiota curioso, os nossos estudiosos da Universidade Federal do Acre fizeram um estudo detalhado sobre a verdadeira lenda sobre o Ami-kiri, e, a partir da análise cuidadosa de Carbono 14, eles concluíramm que existe sim uma história sobre o Ami-kiri!!

Cita3.pngEntão conta, tio!!Cita4.png
Você
Ami-kiri se disfarçando de camarão empalado

Segundo esssas pesquisas, o Ami-kiri, em épocas remotas, quando a sua avó ainda brincava de boneca de pedra, o Ami-kiri era um grande especialista em ficar voando por aí, e, com sua aparência de cobra do Motumbo, ele assustava todos os japoneses da época.

Porém, Ami-kiri não queria assustar as pessoas (ou sim). O que ele queria de verdade era se divertir fazendo qualquer coisa que o deixasse animado. Então, depois de fazer muitas pesquisas, Ami-kiri viu que ele se divertia muito furando a rede de pesca dos pescadores, pois assim ele salvava as suas parentes por parte de pernas, que eram as lagostas.

Como Ami-kiri também gostava muito dos insetos até porque ele se parece com um, ele também se divertia muito furando os mosquiteiros, pois assim ele deixava o caminho dos insetos livre para voarem sossegados.

Cita3.pngAiiii, tomei uma picadura de inseto!!Cita4.png
Japonês

Obviamente, com todos os mosquiteiros furados, todos os japonese, que tinham levado uma picadura no traseiro, resolveram se organizar para capturar a criatura.

Não se sabe exatamente o que aconteceu depois disso, afinal, nossos cientistas não são Deus para saber tudo, mas imagina-se que o Ami-kiri tenha ido para a panela e servido como "lagosta ao molho especial" em algum restaurante chique.