António de Portugal, Prior do Crato

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Eu vou ser rei desta merda nem que seja na Ilha da Madeira!!! Cquote2.svg
D. Antônio I sobre Coroa Portuguesa

Cquote1.svg All your Portugal are belong to us Cquote2.svg
Filipe II da Espanha, para D. Antônio I


D. Antônio conspirando contra os espanhóis

D. Antônio de Avis foi o rei desconhecido de Portugal. Há quem diga que nunca foi rei porra nenhuma aliás.

Quando D. Sebastião sumiu, o herdeiro do trono era seu Tio, o Cardeal D. Afonso Henrique. O cardeal não tinha herdeiros, então o primo de D. Sebastião, o rei da Espanha Filipe II deveria assumir o trono.

Porém havia D. Antônio, que era um neto bastardo de D. Manuel I, quando o rei deu umas pegadas nas servas do palácio. Mas o cardeal nem queria saber de um bastardo. Não seria D. Antônio e pronto, não encham o saco!!!

Quando o rei da Espanha assumiu o reino depois da morte do cardeal maldito, D. Antônio fugiu para os Açores. Lá ele se declarou rei de Portugal como os irredutível Viriato.

Porém a frota e o dinheiro dos espanhóis falaram mais forte. Expulso até dos Açores, Antônio passou a levar uma vida errante ajudando a França e Inglaterra a encher o saco da Espanha.


Precedido por
Cardeal D. Afonso Henrique
Rei Autoproclamado da resistência irredutível de Portugal e Algarves
1580 - 1581
Sucedido por
Filipe II da Espanha