Arapiraca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Arapiraca
"Capital do Agreste de Alagoas (que específico)"
Bandeira de Arapiraca.png
Bandeira
Aniversário 30 de outubro
Fundação 30 de outubro de 1924
Gentílico arapiraquense
Apelidos Terra dos Cornos
Localização
Localização de Arapiraca
Estado link={{{3}}} Alagoas
Região metropolitana Região Metropolitana do Agreste
Municípios limítrofes Igaci, São Sebastião, Coité do Noia, Limoeiro de Anadia, Anadia, Lagoa da Canoa, Feira Grande, Craíbas, Junqueiro
Distância até a capital Se considera a capital do agreste de Alagoas km
Características geográficas
Área Não disponível
População 232,671 hab. 2017
Idioma alagoês
Clima Não disponível
Indicadores
IDH 0,649 bem merda PUDIM/2016
PIB R$ 2 milhão
PIB per capita R$ 11.000 (ué, cadê?)

Cquote1.png Você quis dizer: Arapiroca? Cquote2.png
Google sobre Arapiraca
Cquote1.png Tem certeza? Arapiraca é muito ruim!!! Cquote2.png
Google sobre Arapiraca
Cquote1.png Arapiraca não! Inferno! Com certeza! Cquote2.png
Lúcifer sobre onde queria morar
Cquote1.png Arapiraca??? To fora! Cquote2.png
Crescimento econômico sobre Arapiraca
Cquote1.png Vou ficar, ficar com certeza, maluco beleza! Cquote2.png
Raul Seixas sobre Arapiraca
Cquote1.png Eu por mim experimento todo dia!! Cquote2.png
Zé Ramalho sobre Arapiraca
Cquote1.png É assalto, toda hora tem. Todo dia, todo instante, toda hora Cquote2.png
Sargento Francisco Barreto sobre Arapiraca na Caravana JN
Cquote1.png Chegamos à Arapiraca na quarta-feira à noite. O primeiro hotel que procuramos estava lotado. Logo saberíamos que uma das vagas estava ocupada por criminosos. Cquote2.png
Pedro Bial sobre Arapiraca na Caravana JN
Cquote1.png Construo praças para que mais e mais emos floresçam Cquote2.png
Prefeito Luciano Barbosa sobre só construir praças na cidade
Cquote1.png seria melhor ter ido para Maceió Cquote2.png
Chaves sobre Arapiraca

Arapiraca, a capital alagoana dos cornos, é uma secundária cidade do secundário estado de Alagoas. Localizado no interior do estado, tem extrema inveja de Maceió e gosta de tentar ser melhor que a capital em qualquer coisa, embora não consiga, exceto pelo futebol, já que nenhum equipe do futebol mundial consegue ser mais medíocre do que os dois times da capital CSA e CRB, também conhecidos como putinhas do Nordeste . Arapiraca é também conhecida como a capital mundial do fumo, dos cornos e dos padres lutadores de jiu-jitsu, sendo considerada a cidade mais violenta e desgraçada do mundo.

História[editar]

Arapiraca é uma vila que foi fundada em mil oitocentos e caralhaquatro pelo primeiro corno alagoano de nome Manoel André enquanto Monsenhor Marques Barbosa lutava jiu jitsu pelado com um coroinha. Localiza-se no agreste alagoano, a uns 130 km de Maceió em meio aos Alpes Arapiraquenses. O marco-zero da cidade foi uma árvore de arapiraca, seja lá que diabos é isso, se onde surgiu todo o resto do pacato e desgraçado vilarejo que nem precisou se esforçar para se tornar o segundo maior de Alagoas.

Seu maior marco histórico foi a instalação de um moderno(ou não) medidor de cornos (em 1930) na forma de um relógio antigo, que segundo a mais avançada tecnologia da época faria passar 1 segundo toda vez que alguém fosse chifrado em Arapiraca. O relógio girou tão rápido que virou um ventilador, criando o clima frio do local, hoje propício para o plantio do fumo.

A cidade de Arapiraca ganhou destaque mundial em 2015, quando o filme de Hollywood Spotlight ganhou o Oscar como o melhor filme ano, uma obra prima que emocionou a muitos por sua história que retrata a realidade eclesiástica de Arapiraca na qual padres inovam praticando jiu-jitsu com seus coroinhas e nem cobram por isto, na verdade pagavam R$ 32.250, 00 aos seus aplicados alunos que aprendiam com maestria como fazer um 69, principal golpe do jiu-jitsu. Tal treino foi filmado e caiu na net, espalhando pelo mundo a boa fama dos dedicados padres arapiraquenses.

Clima[editar]

O clima de Arapiraca é mundialmente famoso, tão famoso quanto seus padres praticantes de jiu-jitsu com coroinhas. Estatísticas oficiais dizem que em mais de cem anos chove argolas em Arapiraca, e absolutamente nenhuma água caiu no chão graças aos dedicados cidadãos arapiraquenses e suas fiéis esposas.

Economia[editar]

A principal atividade econômica da região é a produção de fumo. 30% da população arapiraquense trabalha em atividades relacionadas a produção de tabaco, sendo a cidade de Arapiraca a prova de que legalizar maconha e essas porra que viciam não melhoram economia de lugar nenhum, porque a cidade continua pobre. Os outros 20% sobrevivem assaltando os que trabalham no fumo. Todo arapiraquense já sentiu o fumo na flor e por fim, os 50% trabalham levando gaia.

São atividades econômicas secundárias o tráfico, que também conhecido como "transporte da mercadoria", principal forma de escoamento da produção arapiraquense, os assassinatos por encomenda, uma comum prática de assassinatos por encomenda que é uma tradição antiga da região. É o maior instrumento para manutenção da democracia na cidade pois garante que todos irão trabalhar para o bem comum e para o crescimento econômico da cidade. Há ainda as práticas de roubos e latrocínios, uma profissão que garante a distribuição de renda entre os habitantes da cidade e assim essa atividade econômica alimenta também o consumo interno do principal produto da região: a maconha. Sem esquecer da prática de transporte de cadáveres, uma importante atividade para "limpar a área", favorecendo a livre circulação das pessoas e possibilitando a prática dos próximos roubos e latrocínios.

Arapiraca também tem fazendas dedicadas para a criação de ratos, ratos esses usados para a produção de coca-cola na fábrica da cidade. Por sinal, os ratos também são todos cornos

Segurança[editar]

A segurança em Arapiraca é inexistente, não passando de apenas uma atividade responsável por coordenar o transporte de cadáveres, e gerenciar toda comunicação com a família das vítimas. Essa atividade recebe muitas vezes subsídio privado para garantir o exercício das demais atividades econômicas secundárias.

No comércio menciona-se a Praga do Egito WalMart está começando as suas instalações para dominar e viciar os arapiracaquenses, ele já chegou com o Maxi Atacado, estão começando a construir o Hiper Mart. E também o Extra para ajudar o WalMart a dominar a economia as instalações estão sendo feitas a alguns metros da porra do lixão e da picafeitura de arapiraca, colado com o rabo de um shoping q também tá sendo levantado. Agora chegou uma tal loja chamada de "Há Mér e Canas" que logo na inauguração a mundiça toda foi lá, quem entrava lá só sentia dedadas na bunda, era um inferno.

Arapiraca também sofre por abrigar um dos maiores números de mafagafos do Brasil, sendo esses mafagafos sub-espécies com chifres de boi e técnicas avançadas de Jiu-jitsu.

Bairros[editar]

Os bairros arapiraquenses são tão grudados que a maior distância que alguém pode andar de um até o outro é de 1 minuto. Eis as favelas da cidade:

  • Buraco da Primavera - O lugar mais fundo da cidade, lá moram as conhecidas mundiças.
  • São luíz - O Bairro de classe média de Arapica.
  • São Luíz 2 - É tipo uma favela organizada. Depois da linha do trem fica a favela da primavera.
  • Manuel Teles - Ou conhecida por Favela das Catitas, ou das Balas, bairro mais baixo do que a Primavera é lá onde se encontram com mais facilidades as raparigas, gays, maconheiros, ladrões, cornos, bêbados, e tudo o que não presta está nesse bairro.
  • Brasília - Uma das maiores favelas de Arapiraca não tão diferente das demais.
  • Centro - Ou simplesmente uma praça grande que tem várias lojinhas. O centro não é tão maior do que a feira do troca da favela da Primavera.
  • Alto do Cruzeiro - Como o nome já diz é onde a porra vai mais alto.
  • Boa vista - Você pensa que tem uma boa vista, mas é uma favela.
  • Batingas - É um lugar mal frequentado onde está tendo o maior número de gays da cidade de arapiraca.

Transportes[editar]

Mapa rodoviário de Arapiraca, com o relevo.

Chegar em Arapiraca não é difícil, afinal, todas as pregas levam a Arapiraca. A oeste localiza-se os Alpes Arapiraquenses e a oeste a outra banda dos alpes. Seus municípios vizinhos são Pau dos Índios ao norte, Boca da Mata e Campo Alegre (ou Maconhal) a leste, Batalha à oeste e Bilau do Ponciano mais abaixo.

Seus principais meios de transporte público são os ônibus, o principal meio de transporte utilizado para se chegar em Arapiraca. Mas também dá para usar o furgão do IML como principal meio de transporte para se sair de Arapiraca.

O Camburão também é outro meio de transporte muito usado dentro da cidade. Além de levar os bandidos trabalhadores para o local de trabalho, também é usado para leva-los a delegacia, que é o lugar onde os bandidos trabalhadores pagam os impostos referentes aos lucros obtidos com seus assaltos seu trabalho.

Agora se você for coroinha e quer ganhar dinheiro fácil e mais uma caroninha pra casa, é só visitar Arapiraca e conhecer alguns Padres/Mosenhores que sempre vão te levar de bom grado aos lugares de lá. Há alguns que pagam entre 30 e 35 mil só pra você ficar de bico calado e fazer um '69' com direito á chave de perna.

Turismo[editar]

Os pontos turísticos mais próximos de Arapiraca são:

  • Praia do Francês: Principal destino turístico para os arapiraquenses. Fica a umas duas horinhas de Arapiraca e é o lugar bonito mais próximo.

Praia do Francês em Marechal Deodoro. É um pedacinho do paraíso.

  • Praia de Pajuçara: Não tão bonito quanto a Praia do Francês, mas é também um lugar bom para se visitar.

Maceió: belas praias e estrutura aos turistas. Muito melhor.

  • Maragogi: Bonito. Fica a umas 3 horas e meia de Arapiraca. Local famoso pelas piscinas naturais e pela Bolacha de Maragogi.

Maragogi. Já pensou você aí? Sempre tem lindas mulheres também.

Mas se você não se convenceu e quer mesmo conhecer Arapiraca, os lugares mais frequentados são:

  • Entrada de Arapiraca: Logo na entrada de Arapiraca, vemos um monumento em homenagem ao fumo. Ano passado, um maluco morreu aí tentando fumar essa folha.

Entrada de Arapiraca.

  • Rodoviária Internacional de Arapiraca: Uma linda e moderna estrutura de primeiro mundo no meio do agreste alagoano.

Rodoviária de Arapiraca (tem até ônibus).

  • Feira da Fumageira: Lá você encontra o principal produto da região, a maconha, e também algumas meninas de programa. Evite as meninas. São uma droga.

Feira da fumageira. Diga NÃO às drogas. Compre só maconha.

  • Largo Dom Fernando Gomes: Os turistas gostam de passear por lá a noite.

Largo Dom Fernando Gomes no centro de Arapiraca.

  • IML: Outro destino bastante frequentado pelos turistas que passeam no Largo Dom Fernando Gomes a noite.

IML da cidade. Destino, não tão preferido quanto frequentado, pelos turistas da cidade.