Armored Core

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cu Cheio de Arma
Armored Cu.png
Logotipo da série
Gênero Tiroteio bugado de robô
Desenvolvedor FromSotware
Publicador FromSotware
Plataforma de origem PlayStation
Primeiro lançamento Armored Core 1 (1997)
Último lançamento Armored Core: Verdict Day (2013)

Armored Core é uma série de jogos altamente desconhecidos, e que apesar da grande quantidade de jogos existentes na franquia, são todos incrivelmente iguais e parecidos entre si e todos incrivelmente entediantes, não havendo registro de alguém que tenha capacidade e paciência de ter zerado os games da série. A franquia pertence à FromSotware, empresa conhecida por fazer jogos difíceis de zerar, e a série Armored Core sem dúvida faz jus a essa fama, pois são tão chatos que não existe alguém normal que tenha zerado qualquer um desses jogos. A série findou sendo descontinuada após 2013, porque a FromSotware decidiu ser uma empresa mais decente e parou de fazer jogos péssimos.

São basicamente jogos que surgiram para tentar criar algum catálogo para o PlayStation 1, mas concorrendo com um Nintendo 64, estamos falando de três jogos absolutamente nada memoráveis (você nunca ouviu falar de Armored Core: Master of Arena, por exemplo).

Jogabilidade[editar]

Controlamos o típico protagonista silencioso que só obedece ordens feito uma toupeira, dentro de um robô gigante, criando o maior vandalismo nas diversas cidades disponibilizadas pelos diversos jogos da série. Do Armored Core 1 ao Armored Core V todos os jogos são absolutamente iguais em todos sentidos, desde gráficos, mecânica de jogo, jogabilidade e ausência de variedade, e a única coisa que muda é o console para qual o jogo foi lançado

Jogos[editar]

  • Armored Core 1 - Jogo nitidamente criado num fundo de quintal, claramente inspirado nas aventuras de Chapolin, só não é tão ruim quanto Superman 64. Neste jogo você controla um robô de papelão que sofre de tendinite nos quadris e por isso não pode se mover tão naturalmente, mas deve massacrar inúmeros inimigos feitos inteiramente de isopor.
    • Armored Core: Project Phantasma - O mesmo lixo do jogo anterior, mas numa época em que não existia ainda DLCs para pegar gente trouxa, os desenvolvedores tinham que lançar jogos inteiros, mesmo que fossem só de umas poucas fases a mais usando a mesma mecânica cagada do jogo anterior. Consegue ser ainda pior porque o som dos tiros mais parecem é um liquidificador batendo vitamina.
    • Armored Core: Master of Arena - A mesma situação de Project Phantasma, só umas fases a mais de Armored Core 1. É impossível jogar isso aqui por mais de 5 minutos sem enjoar para sempre.
  • Armored Core 2 - A mesma coisa de Armored Core 1, só que para PlayStation 2, não tiveram nem a decência de melhorar os gráficos. Se tem algo de diferente, são missões ainda mais sem graças que fazem qualquer um desistir do jogo com ainda mais velocidade que o primeiro.
    • Armored Core 2: Another Age - Como japonês comprar qualquer lixo que tenha robôs de papelão este jogo foi lançado como continuação direta de Armored Core 2, embora nenhum desses jogos tenha enredo para justificar um negócio desses.
  • Armored Core 3 - O primeiro jogo da série onde o robô não parece mais feito de papelão e nem os inimigos de isopor. Mas as melhorias param por aí, porque a jogabilidade enjoativa, repetitiva e travada do primeiro jogo ainda está ali presente.
    • Silent Line: Armored Core - Mesmo esquema das versões anteriores de continuações, não passam de fases adicionais de Armored Core 3, mas numa época que não existia DLC, então essas fases adicionais acabam lançadas como jogo completo.
    • Armored Core: Nexus - Ok, já está começando a ficar extremamente repetitivo essa série, é a mesma coisa do Silent Line.
    • Armored Core: Formula Front - Mesma coisa do Nexus que é a mesma coisa do Silent Line.
    • Armored Core: Nine Breaker - Já deu pra entender o que é essa série.
    • Armored Core: Last Raven - Sim, a quinta continuação de Armored Core 3. Como isso é possível? Japonês tem mesmo gostos estranhos.
  • Armored Core 4 - Apenas Armored Core 1 com gráficos levemente melhorados para o PlayStation 3. É tipo um Superman 64, só quem sem argolas, você é um robô, mas a cidade sem graça e vazia está lá.
    • Armored Core: For Answer - Este aqui sim podia tranquilamente ser um DLC de Armored Core 4, mas a FromSoftware ainda não sabia da existência dessa técnica, e para manter a tradição, lançou fases a mais (dessa vez de Armored Core 4) como se fosse um jogo novo.
  • Armored Core V - Primeiro jogo da série que trouxe uma mecânica diferente de Armored Core 1, tentando focar num realismo maior sobre como seria controlar um robô assassino gigante, O resultado é bem realista, faz as pessoas terem enjoos e vomitar durante esse jogo epiléptico.
    • Armored Core: Verdict Day - Só o último prego na tampa desse caixão de jogos extremamente repetitivos. É um jogo que causa convulsão em qualquer um após 5 minutos controlando aquele robô deslizando na velocidade da luz em cenários iguais.