Artigo interrompido pelo jornal que irá dizer uma notícia urgente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ATENÇÃO: Leia este artigo com bom humor!

A Desciclopédia é um site de humor, não venha nos dizer que pegamos pesado.
Se você não é capaz de apreciar o bom humor afrodescendente, visite outro artigo.

Mamãe, o que eu serei quando crescer? Nada, você tem câncer.


A homofobia do bem é uma vertente da homofobia que é benévola. Muitas pessoas, especialmente as mona gay, devem estar indignados com tamanho paradoxo, se perguntando que droga eu fumei pra escrever essa asneira (traduzido do viadês pra melhor compreensão humana), e ficaram com ranço de mim. Entretanto, o explicamento da existência disso é que, quando inserta corretamente no humor, as piadas com gays são feitas de forma generosa. O humor puramente homofóbico tenta fazer humor apenas ofendendo as pessoas homoafetivas, sendo puramente idiota e não engraçado, enquanto o humor homofóbico do bem faz humor dos fatores externos da homossexualidade.

Se isso não ficou claro na sua cabeça, leia o resto do artigo, misture água sanitária com xampu, faça furos na sua cabeça e fique embaixo de um poste. Se ainda assim não estiver CLARO na sua cabeça, pelo menos vai assustar as pessoas que virem a cena e deve doer pra caramba...

Uso correto da homofobia do bem no humor[editar]



  • Interrompemos este artigo para uma notícia urgente:

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

NOVA IORQUE, Estados Desunidos

No madrugada do 10 de Junho de 2019, o famoso youtuber de tutoriais para aleijados, Franklin Franco, foi flagrado fumando 50 cigarros ao mesmo tempo. Após dar uma tragada ele é perseguido por cerca de 10 centímetros, até cair no chão e morrer de câncer de pulmão. Segundo a perícia, quem o perseguia era o outro youtuber Everson Zoio, que estava lá numa de suas típicas pegadinhas. Zoio não foi indiciado a nada, mas por si só acabou fazendo um vídeo de 10 horas de desculpa, e graças a isso ficou sem ar e está internado no hospital Zé Jeca, na cidade de São Douglas.

Milhares de fãs foram ao seu enterro peidar cerca de 22 vezes, que era a idade do youtuber, já que em todo vídeo que ele fazia comemorando aniversário ele peidava a quantidade de anos. Graças a isso a compra e procura por feijão aumentou em 1% nos Estados Unidos...

Fontes[editar]

  • [www.cerveja.com Youtuber faleceu] — SBsTeira, 10 de Junho de 2019


Não há problema em usar o termo "bicha", quando for generalizado para a espécie humana, assim, não se pode considerar desumanidade chamar um heterossexual meio afrescalhado de "bichona" ou "viadão", pois também não é problemático chamar um homossexual de "comedor de buceta", principalmente se ele for fã de U.D.R.. Da mesma forma, o uso de termos sui generis "vai tomar no cu" e "vai chupar uma pica grossa" não podem ser considerado homofobia do mal porque é algo que os gays acham uma delícia, porra! Seria a mesma coisa que dizer para um heterossexual "vai comer buceta" e "vai chupar uma xota carnuda", apenas pelo humor.

Wikipedia sendo puramente homofóbica ao bloquear um usuário que estava usando corretamente a homofobia do bem.

Quando artigos sobre coisas gays ou relacionadas, como heterofobia, homofobia e travesti, são escritos com os princípios da homofobia do bem, evita-se a correição dos movimentos mimizeiros, pois não há algo que possa ferir sentimentos alheios em se tratando de comédia.

Diferenças entre as variantes[editar]

São muitas diferenças entre os dois estilos de humor, apesar de o humor homofóbico do bem ter surgido da costela do humor homofóbico tradicional. No humor puramente homofóbico, os gays são alvo de humilhação, como acontecia no Zorra Total (prova cabal de que homofobia do mal não tem graça). No humor homofóbico do bem, os gays são apenas matéria do conteúdo, como nas rimas do Ratinho. Visa-se ao humor, apenas, e não às ofensas puramente expressadas.

  • Trecho de algo puramente homofóbico: Cquote1.svg Certa vez, Capitão Nascimento desceu do morro para eliminar os gays do mundo. Todos os gays do mundo foram eliminados pela macheza do capitão, tornando o planeta mais legal de viver. Cquote2.svg
  • Trecho de algo homofóbico de forma benigna: Cquote1.svg Aquele homem começou a andar de uma forma gozada, até que seus amigos começaram a lhe dizer "ô sua bichona, hahaha! Cquote2.svg

Também há a vertente gayzista, que tenta criar um humor antítese ao humor homofóbico e acaba caindo no mesmo erro. Se um certo deputado aí, militante de um partido de esquerda festiva e chuparrola de terrorista mão-de-vaca fosse humorista, ele seria um tipo gayzista de comediante, nada agradável.

Ver também[editar]