Autazes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Autazes é uma aldeia ribeirinha situada à -23º latitude e 0,058º longitude, sendo um intrínseco e maravilhoso município do estado do Amazonas. O local é mundialmente conhecido por sua produção magnífica de leite de vaca, búfala, burra, sapo e garça, gerando todo ano o Festival do Leite de Autazes. Festa que só perde para o Festival do Boi-Bumbá de Parintins e o carnaval do Rio de Janeiro, em magnitude.

Economia[editar]

Vista da Orla Marítima da cidade

Autazes literalmente vive do leite. Sendo responsável por pelo menos 255% da exportação mundial de leite e laticínios do leite, gera anualmente mais de oito mil empregos diretos e indiretos, desde masturbador de tetas de vaca à vereador/prefeito chupa-rola do Amazonino. Uma das mais poderosas economias da Amazônia Ocidental, Autazes é constantemente alvejada como destino de refugiados de guerra afegãos e músicos decadentes.

População[editar]

Com cerca de 2.943.420 de habitantes, Autazes tem como único ponto fraco o crescimento demográfico assustador. Apesar do padrão europeu de saneamento básico e urbanização de avenidas e praças, administrados maravilhosamente bem pela prefeitura, não foi ainda resolvido o problema do êxodo rural, que movem mais de 7.000.000 de pessoas todos os anos para a sede do município.

Transportes[editar]

Tipos de vias muito comuns pelo município.

Como é muito fácil se perder pela cidade, a prefeitura montou um esquema que dispõe de GPS para localização instantânea. É só você se mexer. Isso mesmo! Se mexa de alguma maneira: arrote, cuspa, tire a camisa, peide que será imediatamente localizado. Graças ao serviço de fofocas vigente na cidade.

Não há, claro, a tecnologia de transporte público nesta cidade, seria algo avançado demais para eles.

Cultura[editar]

Seguindo os padrões europeus de vida, é perfeitamente normal você se deparar com uma Lamborguini ou um Rolls-Royce pelas ruas. Vê-se também grupos de desocupados que fazem a função de "jornalistas de sua vida". Ou seja, sabem mais de sua vida que você.

Constantemente você poderá ser alvejado por um tiro vindo direto do cu de um pombo, perto da igreja matriz, ou então ser atacado pelos cães-sem-dono nas redondezas da feira municipal, e consequentemente pegar uma raiva leprosa.

Percebe-se a alegria e bastante interesse do povo autazense quando você chega na cidade, seja de barco, ônibus ou mesmo helicóptero. Bem provável é que TODO MUNDO já saiba de sua vida, mesmo antes de conhecer você.

A noite é regada de muita putaria e fornicação, principalmente nos finais de semana. Uma pessoa pura e inocente como você será facilmente manipulada pelas jovens libidinosas, que ficam só a espreita de "atacar" os visitantes. Você nem pode saber, mas as quengas devem ter no máximo 15 anos e são bem mais gostosas que tua namorada. Mas cuidado com a empolgação e atente-se para não dar em cima da namorada de algum galeroso da área, senão gay mi ôve pra você.

Lazer[editar]

Ruas facilmente confundidas com os padrões de Paris e Amsterdã.

Segue abaixo pequena lista que conseguimos contabilizar, em relação às comemorações do município:

  • Festival do Leite de Autazes - Em meados do fim de outubro e começo de novembro, é realizado o fantástico Festival do Leite de Autazes. No período de uma semana, são realizadas feiras agropecuárias, palestras sobre como fazer a ordenha (extração de leite) em todos os tipos de mamíferos (incluindo morcegos). Também não deixa de ser um prato cheio para propaganda e puxassaquismos de empresários e políticos da cidade. Época em que se concentra toda a população do município em um único quilômetro quadrado. Realiza-se em anexo o belíssimo concurso Rainha do Leite, que consiste em eleger a caboquinha mais bonita e gostosa da cidade, a suprema Rainha do Leite! Deve ser facílimo para o espectador imaginar porque o concurso faz jus ao nome: é normal o aliciamento das gostosinhas pelos idealizadores, sendo que no final do concurso, a garota eleita toma um incrível banho de leite. Em ambos os sentidos. Perde apenas para o Carnaval do Rio de Janeiro e o Festival Folclórico de Parintins, na questão de magnitude e espectadores.
  • Festa de São Joaquim e Sant'Ana: Uma cidade tão soberba não poderia, obviamente, deixar de celebrar a festa anual de seus santos-padroeiros. Não se equipara ao Festival do Leite, mas também tem uma grande concentração de turistas do mundo inteiro que vêm louvar e agradecer à São Joaquim e Sant'Ana as realizações da vida.
  • Aniversário da Cidade (03/03/1956): mais novo que tua mãe Autazes é um município relativamente novo, comparado ao seu avô ou seu pai. É uma festa que ninguém dá importância e nem sequer é realizado um feriado municipal. Resumindo: o povão toca o foda-se pra cidade! O negócio é beber leite e cair na farra!

Turismo[editar]

É humanamente impossível calcular a quantidade dos pontos turísticos de Autazes. Bilhões de hotéis povoam a sua vasta orla marítima, que volta e meia, está ocupada por transatlânticos e navios de guerra. Sem falar nos poderosíssimos balneários, equiparados com o Sea World (cópia fajuta do Banho do Brás). Também o turista pode dispor de passeios de barco pelo meio do rio Autaz-açu que por ventura ficam encalhados em meio à florestas inteiras de vitórias-régia e capim-agulha (que prendem na hélice do motor), ataques de enxames de mosquitos e caba-curumim, até a audição de proporcionando dolorosas inesquecíveis e emocionantes aventuras ao turista.