Baigan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Frilledlizard.jpg Este artigo se trata de um réptil!

Ele pode ser um dinossauro ou uma lagartixa, adora tomar sol e foi morto para virar bolsa de perua!

Baygon, o Pesticida


Lagartixa2.jpg
Nome Completo Baigan, apenas isso
Classe Idiota
Terra Natal Planeta dos Macacos
Parceiros Ninguém gosta desse bosta
Parentes Figurante não tem isso
Inimigos Todos os protagonistas
Equipamento Preferido Nem isso ele tem
Habilidades Fazer porra nenhuma

Baigan (ベイガン no Japão) é mais um dos escravos idiotas e inúteis de Golbez em Final Fantasy IV, um peão que não conseguiu fazer merda nenhuma de bom no jogo inteiro, e assim como qualquer lacaio de vilão, acabou morrendo rapidamente nas mãos dos protagonistas, liderados pela glamourosa Cecil Harvey.

A forma original de Baigan é uma lagartixa bípede meio corcunda cheia de adereços carnavalescos, mas como ele tem vergonha desta aparência, que não o ajuda a pegar as mina nas baladas do fluxo, na maior parte do tempo, ele anda por aí usando um disfarce, vestindo-se como um capitão do exército do reino de Baron, a única coisa que ele não consegue disfarçar é a cara azul, mas aí ele pode dizer que tá fazendo homenagem pro Avatar.

Histórico[editar]

Não gostando de sua cara original, ele se disfarça como soldado de Baron, pena que não consegue disfarçar a cara azul. E ninguém percebe isso.

Figurante não nasce, apenas aparece. O cara que o criou nem se deu ao trabalho de criar uma família pra ele, ou amigos, apenas o fez e o jogou pra ser mais um lambe bolas de Golbez, fazendo qualquer coisa que o vilão o mande fazer, morrendo de maneira cruel para honrar o seu chefe.

Vida[editar]

Precisando de mais capachos para mandar atrás de Cecil, pois depois de se rebelar contra seu reino a mona tava matando todos os bichos que iam atrás dele, Golbez começou a convocar até mesmo os mais idiotas para ajudá-lo na missão de assassinar o seu irmão querido. Um desses imbecis fracotes era Baigan, que apesar de ser inútil, pelo menos demonstrava força de vontade e um desejo suicida, o que era importante pra quem quer tacar os protagonistas em um jogo de RPG.

Para não perder tempo enviando um inútil qualquer atrás de um paladino e de vários magos fortes, Golbez fez algumas experiências com Baigan, injetando em sua bunda alguns esteroides anabolizantes experimentais para ver se aumentava a força dele. Depois de se retorcer por algumas horas de dor, e de ver o próprio pau amolecer e cair, Baigan notou uma melhora significativa em seu preparo físico, agora ele não mais sofria com a dor do vento batendo em seu peito.

Baigan em sua forma verdadeira, uma lagartixa bípede com fantasia de Carnaval que bate com a língua nos inimigos.

Agora que seu mais novo capacho estava pronto pra lutar até a morte em seu nome, Golbez, que ainda tinha alguns dias até que os protagonistas chegassem no castelo que tinha dominado, começou a treinar Baigan na arte do punho suave, ensinando para ele algumas artes milenares chinesas, como a técnica dos cinco pontos que explodem o coração. Infelizmente, mesmo depois das bombas, Baigan ainda era burro, e não possuía capacidade para aprender e muito menos dominar tais artes ocultas do mundo marcial, então ele teria que matar Cecil e seu bonde apenas com suas patas de lagartixa mesmo.

Sabendo que mandar Baigan peitar Cecil e seu bonde de frente seria apenas sacrificar sua cobaia para nada, pois ele não teria nenhuma chance de vitória, sequer conseguiria cansar seus inimigos, Golbez preparou uma estrategia diferente, ele preparou um disfarce pra Baigan, vestindo-o como o capitão da guarda real, e ordenou que ele recepcionasse os herois quando eles fossem atacar o castelo, se fingisse de bonzinho e os atacasse pelas costas quando tivesse uma oportunidade. Um plano simples, porém adequado para as habilidades de Baigan, porém mesmo nisso ele conseguiu falhar miseravelmente. Em um primeiro momento ele até conseguiu disfarçar bem, mas por não tomar banho, o seu cheiro de monstro estava forte demais, cheiro este que Palom e Porom sentiram, e detectaram que Baigan era um monstro mesmo, atacando-o pelas costas e afundando o plano de furtividade de Golbez.

Agora não podendo mais fazer muita coisa, Baigan revelou a sua verdadeira cara, esperando assustar os protagonistas, fazendo assim eles fugirem, porém a estrategia não deu muito certo, o grupo dos protagonistas já tinham visto criaturas muito mais horrendas, e todos estavam prontos para bater de frente com mais esta. Não sabendo o que fazer, já que nunca tinha lutado na vida, apenas apanhado dos valentões na época da escola, Baigan foi pro desespero, e correu em direção aos protagonistas para atacá-los com suas garras, mas foi fatiado em menos de dois segundos pela espada de purpurina de Cecil, e logo em seguida, foi espancado até a morte por Yang Fang Leiden.