Bandeira da Argentina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bandeira da Marrentina
Bandeira da Argentina.png

Bandeira da Argentina é o papel higiênico oficial da República Federativa do Brasil, também utilizado como símbolo argentino para servir de pano de piquenique em Buenos Aires, a capital brasileira.

Criação[editar]

A bandeira da Argentina foi criada em 25 de maio de 1810 quando Evita Perón se indagou da ausência de um símbolo nacional. Inicialmente a intenção seria utilizar uma Barbie num fundo azul que representava a prata, mas por este ser já o símbolo da Suécia uma Hello Kitty foi adotada.

Em 1812 Manuel Belgrano tenta fazer uma versão vertical com um torcedor do River Plate revoltado por causa do rebaixamento do time, evitando usar a cor vermelha que poderia lembrar a Espanha. Em 1819 um azul mais escuro foi adotado porque o Boca Juniors conquistou a Argentina e impôs o seu azul na bandeira.

A Bandeira de Artigas foi adotada em 1978 em comemoração ao auxílio da Seleção Peruana de Futebol aos argentinos na Copa do Mundo de 1978.

Posteriormente a Hello Kitty foi trocada por Smurfs, símbolo da bravura argentina, patriotas são azuis até na pele e odiados por pessoas de sanidade aparente.

Os Smurfs saíram de moda então a Hello Kitty foi novamente adotada em 1844 e se manteve até os dias atuais.

Significados[editar]

  • Duas faixas azul bebê - Por algum motivo bizarro os argentinos daltônicos acham que o azul de sua bandeira representam a prata(porque não colocaram logo a cor prata então?).
  • Faixa branca - A faixa branca representa a vastidão de nada que cobre 99,99% do inútil, infértil e inóspito território argentino.
  • Hello Kitty - Símbolo argentino, esta figura é a antropomorfitiozação do Deus Inca Apu Iti que representa a prepotência.

Evolução da bandeira[editar]