Bandeira de São Cristóvão e Nevis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
São Cristóvão e Nevis
Flag of Saint Kitts and Nevis.png

Bandeira de São Cristóvão e Nevis é uma versão mais enfeitada da bandeira de Trinidad e Tobago e traz na sua faixa diagonal os símbolos nacionais de Cristóvão Colombo e Dona Neves, o nome das duas ilhas que compõem a nação.

História[editar]

A primeira bandeira de São Cristóvão e Nevis pertenceu ao antigo Reino Atlântico de São Cristóvão e Nevis-Anguilla e possuía as cores pan-bananais (verde, amarelo, azul e branco) criadas pelo Império Ultra-mar da República das Bananas (atual Brasil, ex-colonizador do Reino Atlântico de São Cristóvão e Nevis-Anguilla).

Bandeira atual[editar]

Em 1983 os golfinhos separam-se criando o Reino de Anguilla e as sobras (São Cristóvão e Nevis) tiveram que criar uma nova bandeira. Na falta de algo melhor eles apenas pegaram a bandeira de Trinidad e Tobago que parecia bem bonita e apenas a coloriram mais, usando o Paint.

Significados[editar]

  • Verde - Simboliza a maconha de subsistência.
  • Vermelho - Simboliza o sofrimento dos ex-escravos que passaram séculos plantando bananas.
  • Amarelo - Simboliza os raios de Sol e o calor infernal das ilhas.
  • Preto - Simboliza os manos que compõem toda população cristovense.
  • Branco - Simboliza a esperança e liberdade.

Evolução da bandeira[editar]