Barretos Rodeio Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Barretos Esporte Clube
Escudo do Barretos.png
Brasão
Hino "Seguuuuuuura peão!!!"
Nome Oficial Barretos Marreco Clube
Origem link={{{3}}} São Paulo Barretos
Apelidos {Ibis do interior, marreco do sertãozinho}
Torcedores Vacas
Torcidas Churrasco noite e dia
Fatos Inúteis
Mascote Marreco
Torcedor Ilustre Mauro Shampoo
Estádio Arena
Capacidade 50 torcedores, 2 touros e 5 vacas
Sede Rodeador; Rua das Rodeadoras, 69
Presidente Zé Maria
Coisas do Time
Treinador galvão Bueno
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png todos
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png emerson sheik e richarlison,
Patrocinador Açougues Touro e sacolão da maria
Time
Material Esportivo Couro
Liga Campeonato Paulista
Divisão Z8
Títulos Rodeio 2006
Ranking Nacional 792
Uniformes Uniforme01.jpg
Uniforme01.jpg



O Barretos é uma equipe de rodeio, arremesso de esterco e formador de homossexuais localizada na cidade de Barretos. Famosa por seu erros de português e pelas narrações de Galvão Bueno em pleno jogo quando não há Fórmula 1 ou jogos da Seleção Brasileira de Futebol. Todos seus jogadores foram reprovados no teste do Íbis de forma a irem parar no Barretos

História[editar]

Fundação[editar]

Na realidade, o Barretos era um time de moradores de cidade que batiam uma pelada todos os fins de semana. Ai, chegou um desiludido e profissionalisou o time, porém ele esqueceu de avisar o time, e por isso eles levam goleadas todos os jogos.

Parece que o Barretos foi fundado ontem, ao analisarmos o amadorismo com que o clube é gerenciado, mas na verdade existem relatos desse time desde 1960, e mesmo após tantos anos jamais jogou uma Série A1 estadual, coisa que até os piores times ja jogaram.

30 anos de Série A2[editar]

Time formado por vaqueiros que batiam uma pelada nos tempos vagos, o Barretos ficou famoso por se tornar patrimônio da Série A2 do Campeonato Paulista ao bater o recorde mundial de permanência na divisão de acesso. De 1960 a 1990 jogou a Série A2 de onde jamais saiu até ser rebaixado para a Série A3, onde planejava ficar mais 30 anos. devido a isso ganhou o apelido de virjão do interior

Década de 2000[editar]

O Barretos coleciona rebaixamentos e acessos, alternando quarta divisão e terceira divisão sem parar.

Estádio[editar]

Pessoas felizes acompanhando uma derrota do Barretos.

O estádio é o munipal lavanderia de barretos, em homenagem ao time tomar lavadas todos os dias

Hino[editar]

Barretos quando perde em campo
a torcida vibra com emoção
e tudo isso é uma bosta
pois o time é um grande fiasco

Salve o marreco
Time de ninguém
com o Barretos ninguém tem respeito
pois pra perder escolhe lado
mate o Barretos fiasco do estado