Batalha naval (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E deve ter achado a última moda RPM, Legião Urbana e Ultraje a Rigor.


Cquote1.png Os gráficos do papel são melhores que os de Tibia! Cquote2.png
Nerd sobre Batalha naval (jogo)

Cquote1.png Não me lembre disso! Cquote2.png
Adolf Hitler sobre Kriegsmarine

Cquote1.png Agora, valendo um Juicer Philips Walita, vamos ao quadro Batalha naval (jogo)! Cquote2.png
Fantasia sobre Batalha naval (jogo)

A Batalha Naval que você vai ganhar de presente não é assim

Batalha Naval é um passa tempo completamente tediante onde dois idiotas jogadores ficam falando qualquer combinação de números e letras esperando acertar um entre os diversos quadradinhos mal pintados que os bestas jogadores chamam de Navios Barquinhos, Porta Aviões Super Navios que guardam aviões e submarinos Navios que andam debaixo da água.

A Criação[editar]

O jogo foi criado em 1900 e lá vai cacetada por algum vietnamita alguém realmente sem noção que não tinha nada pra fazer, a não ser ficar olhando os barquinhos soltarem bombas (Sim, os barcos vietnamitas soltavam bombas, (ou não) uns nos outros. Quando a guerra acabou, não se sabe exatamente quando, por que no Vietnã se teve mais guerra que no Iraque, o único japoneszinho sobrevivente daquelas bandas quando interrogado só sabia dizer "batalha naval" e mostrar a sua antiga "diversão" para os outros presidiários. Aos poucos aquele passa tempo foi ganhando fama e se espalhando pelos Estados Unidos e depois pelo mundo.

Como Jogar[editar]

É assim. De brinde, um lápis da Faber Castel.

O jogo é jogado (Lançado não ficaria bem na frase, capitche?) com duas folhas de papel para cada jogador - uma que representa os barquinhos bunitinhos do jogador, e outra que representa os barquinhos feios e malvados do oponente. As folhas são quadradas, estando identificadas na horizontal por números e na vertical por letras. Em cada folha o jogador acende um baseado coloca os seus barquinhos e rabisca os tiros do oponente.

Antes do início da guerrinha aquática sem água, cada jogador coloca os seus barquinhos nos quadros, arrumados horizontalmente ou verticalmente. O número de barquinos permitidos é igual para ambos jogadores e os navios não podem ficar um em cima do outro, por que batalha naval é um jogo de macho.

Após os barquinhos terem sido posicionados o jogo continua numa série vai e vem, em cada turno um jogador diz um quadrado na folha do oponente, se houver um barquinho nesse quadrado, é colocada uma marca vermelha, senão houver é colocada uma marca branca.

Os quadradinhos[editar]

Os tipos de barquinhos são: Super Navios que guardam aviões (5 quadrados adjacentes em forma de T), os Navios que andam debaixo da água. (1 quadrado apenas), barquinhos de dois, três e quatro canos. Numa das variações deste jogo, as folhas são de dimensão 10x10, e o número de navios são: 1, 4, 3, 2, 1, 69, 24, 666 respectivamente.