Battle Arena Toshinden

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Battle Arena Toshinden é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Link se transforma num coelhinho rosa no Dark World.


Batata Arena Toshida
Battle Arena Toshinden PS cover.jpg
Capa tosca do primeiro jogo
Gênero porradaria
Desenvolvedor Tamsoft
Publicador Takara
Plataforma de origem PlayStation, Sega Saturn, Game Boy, Wii, R-Zone
Primeiro lançamento Battle Arena Toshinden 1 (1995)
Último lançamento Toshinden 4 (1999)

Battle Arena Toshinden é um Soul Calibur que deu errado, usando a qualidade gráfica quadrada do Tekken apesar da importância na inovação de jogos de luta em 3D, não passou de um rascunho mal sucedido de Soul Calibur.

Jogo lançado para o PlayStation na época que seu avô ainda comia sua avó, naquela época antiga como todo mundo só tinha o Nintendo 64, é óbvio que essa porcaria de jogo ninguém conheceu e rapidamente caiu em esquecimento mesmo tendo mais de 8000 sequências.

Jogabilidade[editar]

Naquela época já escolhiam a Sofia para ficar vendo os peitos de lutadoras.

Battle Arena Toshinden é um jogo de luta mano a mano onde o objetivo é ficar rodando o ringue com uma jogabilidade truncada e péssima até conseguir jogar seu adversário num buraco infinito, matar por K.O. é raríssimo, o negócio é o Ring Out.

Todos personagens sabem soltar hadoukens que parecem uma pipoca gigante. As catadas apelonas jogam os n00bs no buraco, e ninguém usa os golpes com as armas.

História[editar]

O único prêmio que Battle Arena Toshinden ganhou foi o troféu de história mais clichê e idiota de todos os tempos, em 1994.

A pseudo-história desse jogo diz que 10 desocupados se reuniram para participar de um torneio mundial de WWE na modalidade "Buraco Infinito", organizado pela Secret Society (que nome original...).

Personagens[editar]

Simplesmente tosco.
  • Eiji Shinjo - Protagonista clichê e inútil que é irmão do Strider Hiryu e parece o Sol Badguy sem anabolizantes. Ninguém escolhe.
  • Kayin Amoh - Mais um viado muito desoriginal que usa o mesmo topete do Ken e faz o mesmo papel de personagem secundário paga-pau do protagonista. É também irmão do Raphael do Soul Calibur e entra para o torneio quando a sua filha Naru é raptada pelos pedófilos da Secret Society.
  • Mondo - Um samurai apelão que os n00bs escolhem para vencer apertando o mesmo botão.
  • Sofia - A hentai girl da série é mais uma dessas sadomasoquistas que lutam usando chicotes e roupas mínimas mostrando os peitos. Russa loira que sofre de amnésia e trabalhava como puta da KGB, a história da moça é uma salada.
  • Rungo Iron - Típico sarado lento que caiu numa poça de urânio quando criança e hoje é um marombado que arranca os bifes de life a cada golpe (se acertar)
  • Fo Fai - Velhote bizarro que é uma espécie de rascunho do Voldo.
  • Duke B. Rambert - Um corno metido a cavaleiro medieval que entrou para o torneio em busca de uma namorada (na época não existia Tinder e Parperfeito.com para essas coisas).
  • Ellis - A guria retardada do jogo, uma autêntica jailbait já que com seus 14 anos fica usando roupas provocantes e assediando os outros lutadores. Dançarina, errou o endereço do bar de strip-tease e acabou indo parar no torneio de Toshinden.
  • Gaia - O malvado da história, é tipo um Sephiroth que deu errado, não passa de um bombado que usa os golpes do Nightmare e faz planos infalíveis pior que o Cebolinha. No final se descobre que ele é o pai perdido da Ellis e queria acabar com a Organização por dentro porque eles mandaram matar sua esposa (a dele).
  • Sho Shinjo - Um gay aí que ninguém escolhe.

Enfim, há mais um bando de gente inútil que ninguém conhece das sequências do jogo que ninguém comprou ou jogou.

v d e h
Battle Arena Toshinden logo.gif