Bedřich Smetana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Bedřich Smetana foi um compositor tcheco de musica erudita conhecido apenas praticamente por ter composto a obra "Die Moldau", que significa "O Moldava", porém ainda tem algumas versões e palavras que você pode encontrar na internet se referindo a essa composição, tal como "Má Vlast" . Atualmente Smetana é definitivamente esquecido pelo Mundo, porém, que escuta música erudita, ou seja, 0,0000001% da população mundial, ainda o conhece, e às vezes escuta suas composições.

Vida e obra[editar]

Somente uma foto de Smetana, nada para ser acrescentado...

Bedřich Smetana nasceu em 2 de Março de 1824 numa cidade qualquer da República Checa. Sua mãe se chamava Silva da Silva e seu pai de chamava Cuca Beludo. Mas isso não nos importa, já que eles morreram logo depois que Smetana nasceu, mortos por um terremoto causado por gordinho, que deixou uma pedra cair de cima de uma montanha, causando um desabamento, logo em seguida um terremoto, ou você achava que eu iria dizer que o gordinho escorregou e causou o terremoto? Por conta disso, desde bebê, Smetana foi morar com sua tia Clotilde III e seu tio John Johnny Jonny.

Desde pequeno Smetana estudava piano e violino, e por conta disso sempre quis ser um grande compositor. Porém, sua família não o apoiava a seguir esta careira, e afirmavam que fazer vídeos para o YouTube rendia mais. Porém, foi necessário Franz Liszt para que essa briga se tornasse negócio de cachorro grande, e finalmente os familiares deixassem-no fazer o que ele queria. Por conta disso, Smetana com a ajuda de Liszt, fundou uma escola de música, em 1848.

Em 27 de Agosto de 1855, Smetana se casa com Kateřina Kolářová, uma jovem e bem resolvida pianista. Com ela teve quatro filhas, foram dois pares de gêmeas. Porém, essa quantidade enorme de filhas não adiantou de nada, já que sua filha, Gabriela, morreu por tuberculose ,já sua filha mais velha, Bedřiška, morreu de escarlatina, provavelmente uma doença comum do século 19, principalmente em Praga. E se isso não fosse suficiente, até sua esposa quis brincar de vivo-morto e abotoou o paletó de madeira, também por conta da tuberculose. E isso nem foi grandes coisas, já que nessa época a galera tinha oito filhos, cinco esposas, e mesmo assim geral morria...

Durante sua vida, Bedřich Smetana se mudou de cidade várias vezes. Já morou na Suécia, na República Checa, na verdade foram apenas esses dois países que Smetana morou... Durante essa época em que morava em Gotemburgo, na Suécia, Smetana foi realmente produtivo, compondo várias sinfonias, porém foi só quantidade mesmo, qualidade nem tanto. A doença ataca novamente, só que desta vez no próprio Smetana, que, por conta das próprias doenças, que no caso era sífilis, acabou regressando para a Checa... E por conta da sífilis acabou ficando totalmente surdo, o que é um azar total, já que foi nessa época em que compôs ainda mais músicas, tal como "Die Moldau", sua composição mais famosa.

Smetana viveu por mais 10 anos, totalmente surdo, juntamente com Bethoveen e Gabriel Fauré foram os maiores compositores que compuseram músicas totalmente surdos. Bedřich Smetana acabou por morrer, em Praga, aos 60 anos de idade, num manicômio por conta dos problemas mentais que a sífilis causava naquela época.

Principais Obras[editar]

  • O Moldava, ou Die Moldau: Única obra conhecida mundialmente de Smetana, sendo de fato, e indiscutivelmente, a mais famosa de todas suas obras. É uma música relativamente calma, porém também é bem repetitiva, e depois de um tempo começa a ficar realmente chatinha, mas não a deixa menos empolgante. Só não é recomendado ouvi-la mais do que cinco vezes, ou se não a sua empolgação irá embora certamente, mas isso não será um perigo, pois ninguém é louco de ouvir cinco vezes algo que dure mais de doze minutos, e é literalmente a mesma coisa.
  • Prodaná Nevěsta: Sua principal ópera, que conta a história de de uma noiva que foi vendida. Como pode parecer, ela é de fato uma comédia, literalmente, porém como toda ópera comediante, a maioria de suas piadas são muito finas, e nem dá para entende-las direito, por conta do linguajar chique. Sem contar que praticamente do nada, sem nem ao menos avisar, eles começam a cantar e dançar polca...
v d e h
Bach bass.jpg ♫♫♫ Compositores da Música Erudita ♫♫♫

AlbinoniBachBalakirevBarberBartókBeethovenBelliniBerliozBeyerBizetBoccheriniBorodinBrahmsBrucknerCarlos GomesChopinClara SchumannCorelliCuiDebussyDelibesDonizettiDenzaDukasDvorakElgarFauréFučíkGambolputtyGluckGounodGriegHandelHaydnHolstJoplinKhachaturianLeoncavalloLisztMahlerMascagniMassenetMendelssohnMonteverdiMontiMozartMussorgskyOffenbachOrffPachelbelPaganiniPalestrinaPeppinoPonchielliProkofievPucciniPurcellRachmaninoffRavelRichard StraussRimsky-KorsakovJuventino RosasRossiniRubinsteinSaint-SaënsSalieriSatieScarlatti PaiScarlatti FilhoSchoenbergShostakovichSchubertSchumannSibeliusSmetanaSousaStrauss FilhoStrauss PaiStravinskySuppéTartiniTchaikovskyTelemannVerdiVilla-LobosVivaldiWagnerWaldteufelWeberZappa