Bengala Ocidental

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A Minha Bengala Ocidental é um estado da Índia que possui um nome bastante sugestivo, ainda bem que não é um estado brasileiro, ou se não eles seriam zoados até a morte pelo nome. Algumas das cidades da Bengala Ocidental são: A sem sol, Qual cu tá (a capital, que também tem nome sugestivo), Tchau pai do guri, Bebum e Pro olho.

Ao contrário do que o nome sugere, não existe Bengala Oriental, mas existe Bangladesh, que é um país onde os bengaleses vivem separados dos seus irmãos indianos que também são bengaleses, só porque eles compartilham de uma religião diferente.

Língua[editar]

Típico vendedor fodido de rua da Bengala Ocidental, note a quantidade de vegetais em formato de bengala que estão à venda.

A língua principal falada é a língua da bengala, uma língua feita pelos bengaleses em que eles usam as bengalas para comunicação. O inglês também é usado porque os bengaleses querem muito serem mais evoluídos do que os indianos de outros estados. Também se fala muito o nepalês, já que alguns nepaleses que pensam que são indianos acabam imigrando ilegalmente pra Bengala Ocidental, e também porque Nepal lembra Meu Pau, que por sua vez lembra Minha Bengala (tá, essa foi forçada).

Lavagem cerebral[editar]

A maior religião praticada, como em qualquer outro estado indiano, é a religião das vacas sagradas: o ritual hindu mais praticado pelos bengaleses é o A bicha é grande Abichegam, uma espécie de culto à bengala dura e ereta[1]. A segunda maior religião é o islamismo, na Bengala Ocidental, os muçulmanos tentam combater o Abichegam alegando ser uma ofensa à Alá. As outras religiões são tão insigificantes que acredito que falar delas aqui seria humor privado (ou não).

Eco não mia[editar]

A economia é baseada principalmente na exportação de bengalas, vibradores, consolos e outros objetos com formato fálico. Na parte da agricultura, as principais plantações são as de cenouras, bananas, pepinos e quiabos. As salsichas da Bengala Ocidental são muito apreciadas, apesar de não conterem carne, nem aquelas porcarias que eles botam nas salsichas ocidentais, já que os hindus são vegeotáriosânus.

Turismo[editar]

Os turistas que vão para a Bengala Ocidental procuram principalmente as construções com a maior altura possível. As mesquitas, por exemplo, são muito visitadas por causa de seus minaretes, mas nem toda mesquita pode ser visitada porque os muçulmanos ficam de mimimi e não deixam ninguém invadir o Harém deles.

Referências

  1. Tá achando que eu tô mentindo? A Wikipédia nunca mente! (ou sim)