Berilo (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Berilo (Minas Gerais) é o melhor exemplo de que o sertão não se limita ao nordeste brasileiro mas sim que ele pode chegar no Sudeste. Berilo é um matagal em Minas Gerais que mais parece um buraco no meio do sertão do que uma cidade.

História[editar]

A realidade dramática e verdadeira de Berilo... E das demais cidades do Vale do Jequitinhonha (cacete!). Na imagem, o prefeito de Berilo é levado no colo pelo vice.

Tá brincando? Um fim de mundo desses ter história é como tentar provar que você é Macho: impossível, é quase paradoxal. Melhor pular essa sessão pois a história nem deve existir.

Más línguas falam que certa vez o governo mineiro começou a exigir uma descrição detalhada das histórias dos municípios do vale do jequitinho... Jequitibá... Daquela região. Berilo foi a única cidade que não conseguiu fazer e até mesmo aquele fim de mundo que é Bandeira conseguiu fazer a história.

A prefeitura de Berilo, para encobertar a situação pegou um barril de lixo e tacou fogo em todas as folhas A4 que o governo mineiro tinha dado ao município só para dizer que elas tinham sido perdidas.

O governo mineiro entendeu que eles estavam querendo dizer: "A cidade saiu da Puta que Pariu, se não fosse antigamente chamada de Puta que pariu. Logo não tem história, mas quem ia querer saber mesmo, não é?".

Fatos[editar]

Como não se tem muito do que falar desse fim de mundo no sertão, só dá para falar dos poucos fatos que ocorreram no município e que provavelmente todo o habitante local se lembra, como são fatos muito antigos e encobertos pela prefeitura (que nem precisa dar tanta força já que ninguém nunca está ligando mesmo) provavelmente o caipira de Berilo não reconhecerá.

Foda-se, aí vai.

  • Certa vez quando o prefeito "João da Silva", um jumento que tinha prestado vários serviços a comunidade Berilense e tinha ganho o posto de prefeito, assumiu posse no banheiro público que é a prefeitura de Berilo ele acabou soltando um barro que parecia estar guardado fazia tempo dentro dele. Foi a primeira vez que usaram as verbas da prefeitura para pagarem um exterminador: saiu 20 reais e ainda estão devendo.
  • Um dia, em uma creche de Berilo, perguntaram onde ficava a câmara de vereadores para os playboys poderem pichar (em Berilo jamais alguma pessoa conseguiu passar do pré II), a professora disse que não sabia mas jurava que era no mesmo lugar em que ficava o Shopping Center local.

Cquote1.png Mas não tem shopping em Berilo! Cquote2.png
Você sobre morar em um buraco no sertão

Cquote1.png MAS É CLARO SUA ANTA! Berilo não tem câmara de vereadores! Cquote2.png
Professora

  • Após uma criança de 7 anos ter passado para a terceira série ela é eleita e ganha o posto de prefeita de Berilo. Detalhe: ela era de fora da cidade.

Ver também[editar]