Bill Brown

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Bill (Sexta-Feira 13))
Ir para: navegação, pesquisa
Deppmorte.gif
Bill Brown
é uma vítima infeliz e sem sorte!

Tava passando as férias numa casa no meio do nada


Mais um idiota sem noção, fanático por sexo e drogas pesadas. Essas são as principais e únicas características de Bill Brown, o último coitado a comer o pão que o diabo amassou e cuspiu nas mãos de Pamela Voorhees, que até recentemente nem se sabia que tinha sobrenome. Apesar de ter a mesma cara que Ned Rubenstein, não devemos confundir cu com bunda. Enquanto Ned era apenas um inútil, Bill foi de grande utilidade para Steve Christy. Ao invés de ficar fazendo piadinhas, Bill realmente ajudou nas obras do acampamento, carregando tijolo e cimento para todos os lados. Ele também matou uma cobra, mas não mostrou o pau, pois não o tinha.

Características[editar]

Apesar de ser apenas um figurante, criado apenas para morrer de maneira cruel nas mãos do vilão, Bill até que durou bastante. Ele só foi levar uma machetada na cabeça aos 45 do segundo tempo. Apesar disso, ele foi o que teve a morte mais tosca. Percebendo a aproximação de Pamela Voorhees com um machete, ele poderia aproveitar-se que tinha 790 anos a menos do que sua algoz para fugir em disparada. Está certo que correr não adianta nada, já que tanto Pamela quanto seu filho, Jason, conseguem caminhar na velocidade da luz, e sempre aparecem na frente de suas vítimas. Mas ele poderia pelo menos ter tentado, para animar um pouco o filme, que não tinha ação alguma há mais de 10 minutos, quando Marcie Stanler levou uma machadada na cara.

Fora a burrice, Bill era o único instrutor de Crystal Lake que realmente quis trabalhar. Para começar a impressionar o poderoso chefão, ele ficou carregando algumas madeiras e tijolos no ombro. O que ele ia fazer com isso, eu não sei, já que as construções estavam terminadas, e não tinha mais nada para construir. Mais pra frente, ao ouvir o grito de gazela de Alice Hardy, Bill foi correndo para a cabine dela, onde matou uma cobra com uma peixeira. A pedido de uma de suas colegas, Bill botou o animal na churrasqueira, e fez alguns espetos crocantes, sua especialidade.

História[editar]

Assim como todos os outros, Bill foi contratado por Steve Christy, que estava precisando de alguns adolescentes estúpidos fanáticos por sexo, para morrerem nas mãos de Pamela Voorhees e ajudassem na produção do filme Sexta-Feira 13. Não desconfiando de nada, e achando que tinha sido contratado apenas para dar aulas de mergulho para os doidos que ignorassem as lendas e visitassem Crystal Lake, Bill foi que foi, e estava confiante de que suas habilidades finalmente lhe seriam úteis para ganhar alguns trocados.

Ao chegar no acampamento, querendo impressionar logo de cara, Bill começou a carregar algumas bugigangas de cima para baixo, para mostrar serviço. Christy nem notou que ele estava trabalhando, pois estava ocupado demais olhando para os peitinhos de Alice Hardy, mas valeu a intenção. Quando Christy foi encher a cara no boteco, como pretexto para deixar os adolescentes se ferrarem nas mãos da esquizofrênica Pamela Voorhees, Bill mostrou a sua real face. Largou todo o serviço para os outros otários e foi fazer um nado sincronizado no lago. Infelizmente, a vagabundagem não durou muito tempo, pois Bill teve que ir conferir o porquê de Alice Hardy estar se esgoelando em seu dormitório. Vendo que era uma cobra, Bill não pensou duas vezes, pegou sua peixeira de estimação e fatiou-a em mil pedaços, que dali a 30 minutos seriam fritados e servidos com farofa.

Bill após a machetada, que não foi de todo ruim, pois melhorou muito o seu aspecto.

Como bom safado, ao cair da noite, como o patrão ainda estava enchendo a cara na cidade, Bill resolveu visitar o dormitório das garotas, para ver se conseguia alguma coisa. Após jogar algumas conversas furadas e palavras melosas causadoras de diabetes, ele até que se deu bem, pois foi convidado para jogar Strip Monopoly com Brenda e Alice Hardy, as duas que estavam sem namorado. Quando tudo estava se encaminhando para um ménage à trois, o azar da sexta-feira 13 bateu a porta de Bill, pois começou uma tempestade, que foi o pretexto perfeito para as garotas abandonarem o jogo.

Vendo que não conseguiria mais nada, Bill resolveu conferir o gerador do acampamento, pois queria ver alguma sacanagem em seu notebook, pois ele precisava descarregar suas frustrações de alguma maneira. Após colocar a velharia para funcionar na base da porrada, Bill voltou para o dormitório de Alice, apenas para desejar-lhe bons sonhos e para conferir se a garota tinha mesmo ido com a sua cara. Porém, chegando lá, Alice estava com o cu na mão, pois tinha ouvido Brenda gritar no campo de tiro ao alvo, provavelmente porque tinha se tornado um alvo. Apesar de estar se cagando de medo, Bill começou a investigar a situação, indo para o quarto de Brenda para ver se a garota não estava lá. Por lá, ele não encontrou sua amiga, apenas um puta dum machado ensanguentado. Agora sim quase tendo um ataque cardíaco, Bill resolveu ligar para o Superhomem, mas não conseguiu completar a ligação, pois Christy não tinha pagado a conta telefônica. Sabendo que estava praticamente morto, já que estava isolado em um lugar abandonado em um filme de terror, Bill foi executar a sua última tarefa, de ligar o gerador para tentar salvar ao menos Alice. Após ligar novamente a bugiganga, Bill percebeu a aproximação de Pamela Voorhees. Como era cinéfilo, e sabia que fugir de assassino de filme de terror é inútil, Bill resolveu evitar a fadiga, e ficou apenas esperando pela machetada mortal.