BioShock (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg BioShock (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um pescador upa de level em Karamja.


Bishona
Bio Sock.jpg

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor 2k Games
Publicador 2k Games
Ano 2007
Gênero Simulador de pedofilia e necrofilia
Plataformas Xbox 360 e PlayStation 3
Avaliação 90%
Idade para jogar Maiores de 18 anos

Cquote1.png Gostei do final. Cquote2.png
M. Night Shyamalan sobre BioShock

Um Papaizão e duas Irmãzinhas menstruadas.

BioShock é um jogo de simulador de pedofilia com uma história de ficção científica absurda que, se for eventualmente gravada como filme todo mundo vai achar um porcaria. O jogo foi desenvolvido pela 2K Bosta/2K Canguru para Xbox 360 e Microsoft Windows. Em 9 de janeiro de 2006, a empresa Take-Irrational Interactive anunciou a compra da fracassada Irrational Games, para depois publicar BioShock pela 2K Games em uma edição especial de colecionador: essa versão vem com um pote de vaselina, bonecas infláveis das menininhas, erros gratuitos e um vírus necessário para a ativação. O jogo foi lançado através de uma janela em 21 de agosto na América do Norte, e servido com batatas em 24 de agosto na Europa, mas ainda sem data prevista para ser pirateado no Brasil.

Jogabilidade[editar]

Bioshock é um jogo de massacre em primeira pessoa com elementos de RPG, e ideias copiadas descaradamente de seu predecessor Master System Shock 2 e de todos os jogos lançados nos últimos 30 anos. Um vídeo de 14 minutos foi lançado em 11 de setembro de 2001 mostrando a inteligência artificial do jogo, porque um filme é o método correto de demonstrar esse tipo de coisa.

Numa explosão de criatividade, esse jogo inovador tem armas e bolsas medicinais! Plasmids são um tipo especial de heroína azul que dá poderes especiais inéditos: a arma de gravidade do Half-Life 2, lança-chamas/arma de choque do Blood, feitiço de congelar e botar fogo do Hexen, e mais 34 que você não vai usar porque são inúteis. Não que isso tenha importância, já que é impossível morrer no jogo. Se estiver com vontade, o jogador pode usar habilidades furtivas para escapar das câmeras de segurança e inimigos. ou pode ficar só tentando, já que é impossível morrer no jogo. Também é possível modificar o sistema de alguns robôs voadores equipados com armas para combater os inimigos. Mas nada disso é realmente necessário, já que é impossível morrer no jogo.

É impossível morrer no jogo porque em cada nível tem umas cabines de ressurreição emprestadas pelo Dr.Frankenstein que impedem que isso aconteça. Por mais que o jogador tente, quando acaba sua energia vital ele é teletransportado magicamente para dentro de uma.

Necrofilia é uma das atividades saudáveis encorajadas pelo jogo: é possível procurar itens em pessoas mortas, inimigos zumbis mutantes mortos, animais mortos, plantas decorativas mortas, lixeiras, caixas registradoras, malas e bocetas (uma pequena caixa para guardar rapé). Aparentemente todos os habitantes da cidade guardam 3 dólares e 5 balas de revólver em sua cavidade anal, para alguma emergência.

Esse jogo é um verdadeiro curso de hacker, pois todo mundo sabe que sistemas de segurança podem ser burlados jogando Pipe Dream.

Uma irmãzinha esperando a chance de arrancar seu sangue.

Existem três tipos de dinheiro, cada um para comprar um tipo de arma diferente. ADAM, uma substância vital extraída de uma lesma gigante do mar que deixa as pessoas loucas, é utilizada para comprar novas habilidades mutantes. Ampolas de EVE, uma droga poderosa sabor menta, deixam o jogador chapado e recarregam a energia dos Plasmids. Grana encontrada nos orifícios da população serve para comprar itens inúteis, munição, ou comprar a solução do Pipe Dream se o jogador não estiver com saco de jogar esse troço ridículo pela milésima vez só para abrir um cofre.

Para comprar vários poderes, é necessário arranjar mais sangue de crianças inocentes. Essas garotinhas são uma cópia homenagem às fantasmas gêmeas do filme "O Iluminado" com Jack Nicholson. Como naquele clássico do cinema, o jogador tem que matar o robô do Perdidos no Espaço e depois estuprar uma das crianças, que infelizmente não é o Will Robinson. O pênis do protagonista aparentemente tem propriedades mágicas e absorve o ADAM através de um boquete. Alternativamente, o jogo dá a opção de fazer um exorcismo e salvar as pentelhas. A única diferença é um filmezinho xumbrega de novela mexicana que dá no final do jogo.

Como se o jogo não fosse barbada o suficiente, ainda é possível fazer os inimigos ficarem mais fracos de 666 maneiras diferentes: a câmera exorcista do Fatal Frame rouba a alma deles, o poder das armas é aumentado inexplicavelmente em alguns dispositivos de parede (o upgrade surge do éter, e se materializa em cima da arma), e uma série de anabolizantes encontrados fazem com que o jogador fique marombado e com impotência sexual.

Enredo[editar]

Chegada à cidade de Rapadura[editar]

O primeiro jogo de BioShock acompanha as ações do protagonista silencioso chamado Jack, que em 1960 está viajando tranquilo em seu Voo Air France 447 sobre o Oceano Atlântico quando este sofre um acidente e cai na ilha abandonada de Fernando de Noronha. O único sobrevivente da catástrofe é Jack que entra num farol misterioso que havia naquela ilha de Lost. Como a queda do avião foi uma conspiração, os destroços daquele desastre jamais foram encontradas pelas autoridades.

Tal farol possuía uma passagem secreta que interligava Fernando de Noronha ao Acre, de modo que o ponto no meio desse caminho foi o local, ideal no qual Walt Disney decidiu construir a sua cidade de Rapadura, no fundo do oceano. Por estar no caminho do Acre, as leis da física ali são diferentes de modo que a pressão de trilhões de metros cúbicos de água não gerasse nenhum problema logístico para a construção de tal cidade submersa. Chegando nas profundezas do oceano onde está Rapadura, Jack passa a ser guiado por Atlas que começa a dizer para onde ele deve ir ou o que fazer.

Jack então descobre que a tal cidade utópica de Rapadura na verdade havia se tornado uma imensa cracolândia, porque é isso o que acontece quando o anarquismo vence, então a grande aventura do jogo está em justamente se esgueirar numa cidade claustrofóbica repleta de drogados, crackudos e pedintes, evitando-os ou sendo mais politicamente incorreto matando-os todos.

Sem saber o porque ou para que, Jack é auxiliado por esse tal Atlas a combater o tiranismo de Walt Disney que governava a cidade graças à lavagem cerebral que fez em seus cidadãos após altas doses de desenhos animados com mensagens sexuais subliminares, mais ou menos o que o Brasil copiaria alguns anos depois com a criação da Rede Globo.

Caça ao Doutor Steinman[editar]

Para conseguir chegar no vilão, a primeira missão de Jack é conseguir uma chave que está com o cirurgião Roger Abdelmassih (de codinome Doutor Steinman) que fugiu para o Paraguai (Rapture, em inglês) para escapar das autoridades que nunca compreenderam seus métodos. Em Rapadura ele poderia fazer suas cirurgias do jeito que bem quiser até ele ser morto.

Seguindo em sua jornada, Jack acaba por encontra a primeira Little Sister, espécie de guria retardada fã de coisas deprimentes como Justin Bieber, pôneis e idiotices similares, o que sempre acarretou ódio contra elas. Neste momento cabe uma decisão do jogador, seguir o conselho de Atlas e exterminar a garotinha fazendo um favor para o mundo, ou escutar a doutora Sasha Grey que aparece no momento e diz que vai recompensá-lo caso ele salve a garotinha.

Atlas queria fugir com suas putas, porém seu submarino de fuga foi explodido pelo vilão Walt Disney, e sedento de vingança ele ordena Jack a ir assassinar o presidente de Rapadura, que como um bom cão adestrado vai fazer essa missão. O caminho para o escritório de Walt Disney, porém, é obstruído pela exalação de peidos de baleias, altamente tóxicos, e para limpar essa sujeira Jack conhece a bióloga Julie Langford que desenvolveu o Projeto Lazarus que utilizava pau-brasil para saciar certas necessidades fisiológicas dos habitantes de Rapture, pois se reparar bem o jogado não vê nenhum dildo ou consolo em toda a cidade, mas para Jack, tal afrodisíaco serviria para reviver as plantas do jardim de onde estão soltando peido de baleia, para assim continuar a sua jornada.

Perseguindo o cafetão Sander Cohen[editar]

Jack fazendo cosplay de Big Daddy no final do jogo.

A próxima parada de Jack em sua busca pelo escritório de Walt Disney é em Fort Floric, o maior puteiro de Rapture, cujo principal cafetão, Sander Cohen, tomou tanto viagra que perdeu sua capacidade de raciocinar e só vai deixar Jack passar caso ele o ajude em seu fetiche por necrofilia, obrigando o protagonista a mexer nas partes íntimas de cadáveres e ainda fotografar o ato nefasto para ser exposto num mural da vergonha. Após concluir a desagradável missão, o jogador tem a opção de matar esse filho da puta.

O último passo para chegar no escritório do Walt Disney é instalar uma bomba eletro-magnética no núcleo de uma fábrica clandestina de dildos, o que explica porque os inimigos do local estão mais loucos que o costume, sempre com fogo no rabo.

WALT DISNEY É SEU PAI! (O maior plot twist de todos os tempos)[editar]

Após esse saga idiota toda, Jack finalmente cega ao escritório de Walt Disney para assassiná-lo, quando descobre que ele próprio, Jack, é o filho de Walt Disney com uma puta russa chamada Aurora Snow, e que por vergonha de assumi-lo o pai desnaturado fugiu para o fundo do oceano. Nesse momento de encontro entre Jack e Walt Disney ocorre o grande plot twist, quando Atlas se revela na verdade ser um cafetão careca e com bigodinho chamado Frank Fontaine, este que tem controle mental sobre Jack, explicando o porquê do jogador sempre obedecer suas ordens idiotas desde o começo do jogo, ordenando-o assim a matar Walt Disney seu próprio pai. Porém, no momento em que Jack seria executado para concretizar os planos malignos de Fontaine, Jack foi resgatado pelas pirralhas adestradas da Doutora Sasha Grey, que perita em cancelar e anular viadagem, ela desativa o controle mental instalado em Jack e o transforma em heterossexual, porém cabendo ao jogador decidir se o protagonista será pedófilo ou não na medida que encontrar garotinhas menores de idade ao longo do jogo. Porém, embora livre do controle mental de Frank Fontaine descobre que tem hipertensão, e precisa percorrer um mapa todinho para beber o princípio ativo do Guaraná Dolly, que o cura de sua doença.

Virando Big Daddy[editar]

Na sequência final do jogo, Jack deve então fazer um cospobre de Big Daddy, e para tal visita a papelaria de Rapture, onde deve coletar pedaços de papelão, papel-alumínio e papel machês para fabricar a sua fantasia, e uma vez em seu traje, convencer uma Irmãzinha a entrar no buraco do Jerry e abrir uma porta secreta para ele. Desse modo Jack encontra Frank Fontaine em sua forma final de Doctor Manhattan, tentando impressionar com sua nudez e o fato de saber soltar raios pelo pênis diminuto após ele tomar tantos esteroides para cavalo direto na ceia. A batalha final é fácil, afinal o jogador já está um absurdo de forte.

  • Final Ruim - Jack assume ser pedófilo e come todas Little Sisters, molestando-as sempre que pode, gerando grande antipatia da Doutora Sasha Grey. Ele então vira imperador da cidade de Rapadura e decide ir conquistar o mundo, sonhando um dia invadir o programa do Raul Gil para maltratar o tanto de garotinha que aparece por lá.
  • Final Bom - Jack salva todas garotinhas e as adota todas, virando pai solteiro de dúzias de garotinhas até envelhecer, quando aparece com Mal de Parkinson em decorrência do excesso de punheta devido à sua escolha de reclusão sexual.

Requerimentos do Systema Shock[editar]

Requerimentos necessários na versão do jogo para Microsoft Windows.

Minímo Recomendado
Sistema Operacional Windows World Domination Edition plus Master Destruction Pack
CPU Deep Blue Core 2 Duo ou AMD Cthulhu 96 X2 Skynet IV 23.546 GHz x8
Sistema RAM 640 KB 16 GB
Placa de vídeo Placa DirectShit 9.0c com 1 MB RAM
(NVIDIA 0/ATI 1 ou superior, excluindo ATI X1550)
Placa DirectShit 12.0 com 5GB RAM Open GL 6 (NVIDIA 3000 Extreme Gore Edition GT ou superior)
Placa de som Placa 65% compatível com DirectShit 9.0c Sound Blaster Nelson Ned Edition (Otimizado para EAR WAX HD 4.0/5.0 placas compatíveis)
Conexão com a Internet Virtua 8mb/s Star One Full Duplex 100mbp/s
Espaço no Disco Rígido 42,1 TB de espaço ocupado com filmes pornôs MainFrame 160TB em RAID 5

Recepção crítica[editar]

BioShock recebeu críticas positivas dos críticos HIV-positivos. Veja abaixo as notas dadas pelos principais sites e revistas irrelevantes ao jogo:

Um papaizão e sua irmãzinha Betty, a Feia depois de serem estuprados pelo jogador.

Xbox 360

  • KCeTe.com 10/10
  • Eurogay 10/10
  • Gay Infucker 10/10
  • Gay Radar 10/10
  • YMCA 9.7/10
  • TeamXXX 9.5/10
  • Official XXX Magazine UK 10/10
  • XXX World 360 9.4/10
  • IGayN 9.7/10
  • GaymeSpot 9.0/10

PC

  • PC Gay UK 9.5/10
  • PC Redlight Zone 9.6/10

Prêmios[editar]

Prêmios concebidos por uma mulher grávida do jogo:

2007 Gay Critics Awards

  • Melhor jogo de Pipe Dream

KCT E3 2007 Awards

  • Melhor Design Artístico
  • Gay of the Show
  • Melhor do Gênero (para Xbox 360 em 2007)

Porntube.com 2007 Gay of The Year Awards

  • Trailer do Ano

Team Xbox E3 Award

  • Melhor jogo de Penetração/Aventura

Links[editar]

v d e h
BioShock logo.jpg