Biografia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma Biografia Histórica se trata de um relato oficial de uma personalidade, ou seja, um compilado de mentiras que você deve estudar bastante para passar no vestibular. É claro que muito pouco de uma biografia é fidedigna, já que escândalos sexuais, crimes hediondos e crimes contra a humanidade geralmente são ocultados.

A biografia surgiu como gênero literário pelas mãos do maior mentiroso da Grécia, Heródoto, que passou boa parte de sua vida bisbilhotando os dados de gente alheia, conhecida ou não.

A biografia surge no instante em que o ser humano se torna um fofoqueiro, e sua curiosidade inerente de querer saber de qualquer forma saber tudo da vida alheia. A biografia é como um Big Brother escrito.

Características[editar]

Típica situação suprimida em biografias.

O grande objetivo da biografia é manipular a sociedade com tamanhas mentiras, relatando sempre fatos milagrosos, vários elogios, gestos de bravura e flores para enaltecer alguém criando algum tipo de cultura xenofobista.

A estruta básica de uma biografia pode ser vista assim:

Fulano nasceu em tal data em tal lugar, cresceu junto com fulano, comeu a irmã, teve filhos com alguém, fez alguma coisa de bom para a humanidade e morreu enforcado, crucificado e/ou queimado."

E assim surgem aquelas pessoas que estampam notas de dinheiro e são admiradas por todos, como Jesus, Tiradentes, Angelina Jolie e Joana d'Arc mesmo ninguém tendo certeza se aquilo tudo é verdade.

Autobiografia de si próprio[editar]

Uma forma muito comum de narcisismo, a autobiografia é quando uma pessoa escreve sobre si mesma, e como todos no mundo são vaidosos, esse é considerado o pior gênero literário que se tem notícia.

Construíndo uma Biografia[editar]

Em três simples passos, pode-se criar uma biografia:

  • Coleta de Informação - Começa com uma consulta no Google. Depois se entrevista amigos, conhecidos, parentes, inimigos e gente aleatória. Vai no cartório e no necrotério e coleta-se informações sobre a sua infância e seu cadáver. Coleta-se em qualquer canto, o máximo de informação possível, pois quanto mais grossa ficar o livro da biografia, mais caro a editora vai vender.
  • Ordenação da Informação - A parte chata do trabalho, aonde se ordena a informação de acordo com a cronologia oficial e se enche linguiça.
  • Distorção da Informação - Respeitando os interesses políticos de seu país, toda biografia bem sucedida deve ter uma grande quantidade de conteúdo manipulado e/ou distorcido com o objetivo de manipular as massas criando uma falsa sensação de cultura.