Black Magic Club

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fumocaranguejo.gif Black Magic Club dá um tapa na pantera!

Por isso ninguém entende o que ele(a) diz!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.


10413.gif

Black Magic Club fez pacto com o CAPETA!
Então é melhor nem se meter com esse artigo, senão o capeta vai atrás de VOCÊ!!!

Cquote1.png Você quis dizer: Clube de Macumba Cquote2.png
Google sobre Black Magic Club
Cquote1.png Experimente também: Satanismo Cquote2.png
Sugestão do Google para Black Magic Club

Umehito Nekozawa e Beelzenef dando um "olá" ao novo membro do Black Magic Club.

Cquote1.png Eu tenho medo! Cquote2.png
Tamaki Suoh sobre Black Magic Club
Cquote1.png É verdadeiro o poder do Beelzenef! Cquote2.png
Umehito Nekozawa sobre o mascote do Black Magic Club
Cquote1.png Dá pra cheirar ele? Cquote2.png
Viciado sobre cheirar o Beelzenef

Apresentação[editar]

Os únicos principais membros do Black Magic Club.

O Black Magic Club (ou Clube de Magia Negra para os que não entender como eu porra nenhuma de Inglês) é um dos clubes mais influentes no Colégio Ouran, um colégio em que os alunos que lá estudam (ou fingem estudar) nada mais são do que membros da Zelite japonesa e passam a maior parte do seu tempo fora das salas de aula do que dentro das mesmas fazendo a coisa que eles realmente deveriam fazer em uma instituição de ensino, que seria (na teoria) estudar.

Como estudos é uma das últimas coisas que passam pela cabeça dos estudantes por alí (principalmente dos protagonistas), eles perdem a maior parte do seu tempo e juventude dentro de Clubes que se localizam dentro da própria escola, sendo que estes clubes foram formados e são administrados pelos próprios alunos, sua sede é locada através do aluguel de salas de aula sem uso (ou então de uma doação do "filho do diretor" para o pobre clube) e arrecadamento de verbas entre os sócios do novo clubinho, podendo tal dinheiro vir de festas promovidas, orgias e coisas mais, o que não é o caso do Black Magic Club (ou sim).

Umehito Nekozawa[editar]

A verdadeira face de Umehito Nekozawa quando não está com tudo aquilo em cima do corpo.

Assim como o Host Club foi fundado por Tamaki Suoh no ano em que ele entrou para o Colégio Ouran e o Zuka Club foi criado há mais de oito mil 30 anos atrás e hoje é administrado pela Benibara no Colégio de Lésbicas Feminino Santa Lobelia, o Black Magia Club também tem o seu fundador, sendo este o mais peculiar e curioso de todos eles, principalmente pelo fato de poucos conhecerem o seu rosto e poucas são as pessoas que não tenham medo dele.

Trata-se de Umehito Nekozawa, um jovem adolescente de sabe-se lá quantos anos e que tem uma forma peculiar de levar a vida, passando o dia inteiro no escuro (pelo visto ele não sofre de escurofobia nictofobia ou escotofobia), sob uma capa preta e ainda se utilizando de uma peruca de cor escura (WTF? Ainda bem que no Japão não deve ser tão quente, porque senão ele estaria fudido perdido). Ele tem uma doença de nascimento que o impede de adorar a luz, o que já lhe trouxe muitos problemas em até ser comparado com um satanista.

Todos os membros do Host Club tem medo do Black Magic Club.

Vendo o sucesso que era o povo do Host Club com as garotas e o quanto sempre quis ter um clube legal assim há muito tempo e nunca ter conseguido um alvará do diretor por ele achar que aquilo era coisa do Capeta, Umehito achou interessante a ideia de criar mais um clube em Ouran, fazendo assim companhia aos seus outros colegas também donos de clubes. Depois de tanto batalhar para conseguir criar o seu clube, tendo que apelar até aos seus pais podres de rico, para que o diretor lhe desse permissão de criação, finalmente o Black Magic Club estava aberto para fazer a alegria dos mais mórbidos membros do Colégio Ouran, que logo estariam fazendo filas para participar do grupinho seleto.

Infelizmente a coisa não foi tão aceita assim por todos, já que ninguém apareceu no dia de estréia do clube e, até hoje, ele não tem nenhum integrante além dele (pelo menos nenhum que tenha orgulho em dizer que faz parte do Black Magic Club). Mesmo que isso o deixe deveras triste, pelo menos ele tem a companhia do seu amigo inseparável, e mascote do grupo, Beelzenef.

O Mascote[editar]

Beelzenef. Essa criação do Capeta é o mascote do Black Magic Club.

Da mesma forma que Mitsukuni Haninozuka é o mascote kawaii do Host Club, o Black Magic não poderia deixar de ter o seu símbolo de sorte (se bem que nesse caso o símbolo é de azar mesmo), somente para ficar parecido com o seu concorrente e quem sabe assim atrair um pouco mais de adeptos, já que isso é algo que ele realmente está precisando. Nesse caso "mascotal" trata-se de Beelzenef, um gato vudu que não sai da mão de Umehito, mostrando todo o seu poder através de um olhar amaldiçoado e expressão de mal, principalmente quando está com as duas patinhas postas em sinal de ameaça.

Beelnezef é a própria reencarnação do mal em forma inanimada, coisa totalmente perceptível através do seu jeito quieto e meigo mas ao mesmo tempo assustador, além do mais, não é à toa que os gatos sempre foram considerados animais ligados ao Capeta, ainda mais por serem adorados pro bruxas, satanistas e macumbeiros em geral, mostrando somente um pouco do seu poder ocultista e maléfico, reconhecido até mesmo por Umehito.

Umehito confirma o poder do mal do vudu Beelzenef e nTamaki não duvida disso.

Para as pessoas que pouco se importam em saber não sabem, Beelzenef é o mascote mais amaldiçoado que já passou por qualquer outro anime depois de Mokona, trazendo azar para qualquer pessoa que o manipule de forma errada. Em Ouran High School Host Club, Beelzenef é reverenciado como um Deus e temido por todos os estudantes, mesmo que eles tenham plena consciência de que ele não passe de um pedaço de pano na mão de um tonto com medo do claro.

Ele é entregue a cada membro do Black Magic Clube que se inscreve para participar do time e se hoje você somente vê Umehito portando um não é por qualquer motivo não, é porque somente o fundador do Clube é o único participante do mesmo, já que ninguém é doido o suficiente para andar com um fantoche de gato amaldiçoado na mão. Mas os poderes de Beelzenef vão muito além de somente uma luva para o frio. Ao se comprar um de madeira na loja de souvenieres da Black Magic Club e escrever o nome da pessoa que você mais odeia atrás do boneco, tal pessoa que teve o nome escrito ficara azarada pelo resto de sua vida (isso sim dá medo em alguém).

As atividades macabras[editar]

Beelzenef de pau, à venda em todas as lojas de souveniers do Black Magic Club. Azare o seu amigo você também.

Por se tratar de um anime shoujo (mas que muitas vezes passa a ideia de ser um yuri e com muitos motivos para isso, caso ninguém ainda tenha visto), as atividades de clube que mais aparecem são as do Host Club, realizados pelo membros do Clube de Anfitriões Tamaki Suoh, Kyouya Ootori, Mitsukuni Haninozuka, Takashi Morinozuka, Hikaru e Kaoru Hitachiin e Haruhi Fujioka, sendo que tais atividades "culturais" nada mais são do que simplesmente puxar o saco de um bando de gurias retardadas, ouvir o que elas tem a dizer sobre a sua vidinha superficial, passar uma cantada nelas sem nem sequer encostar em seus corpos (somente gays fariam isso) para mais tarde conseguir lhes arrancar dinheiro, tal qual o plano de extorção que vem desde o início dos tempos.

No Zuka Club acontece quase a mesma coisa, só que exercida por sapatões garotas que ainda passam alguma cultura para as outras senhoras que elogiam, como música, dança, culinária, debates feministas e outras coisas que somente cola-velcros e botinudas curtem.

No Black Magic Club não há espaço para fracos e maricas.

Porém, por fazer parte de um clube secundário e de pouca influência (bote pouca nisso, praticamente nenhuma), o Black Magic Club nunca teve nenhuma de suas atividades postas em amostra para o conhecimento do corpo técnico escolar ou mesmo para despertar o interesse por parte dos calouros do Colégio Ouran (ou seja, com essa divulgação zero, não é a toa que o clube não tenha ninguém além do seu fundador Umehito). Por esse motivo, leva-se a crer que talvez Umehino não realize nada dentro de sua sede que ninguém faz ideia de onde fica, sendo que fica ainda muito pior saber como ele paga o uso da sala do clube se ele não consegue arrecadar porra nenhuma dentro do lugar, já que ele nem o usa.

O que ainda se acredita que ele faça por lá, nada mais seja do que seitas satânicas para homenagear o seu fantoche mascote democíaco Beelzenef, sacrifícios humanos de virgens, nerds, emos e otakus, principalmente pelo fato de não se ver nenhuma dessas espécies rondando o clube (não se conta a emisse do Tamaki ou mesmo a otakisse de Renge Houshakuji, já que eles ainda são muito mais importantes que o próprio Umehito por alí e não podem morrer infelizmente).

Práticas do Clube[editar]

Vejamos agora algumas práticas comuns do Black Magia Club:

  • Sacrifícios de virgens, nerds, otakus e emos, o que explica a falta ou inexistência dos mesmos dentro do anime;
  • Louvor a Beelzenef e outras divindades felinas, o que explica o fato de muitos rondarem pelas bandas do Colégio Ouran;
  • Práticas de cheiramento de gatinhos, sendo que Beelzenef, mesmo de pano, ainda é vitimado nessas práticas macabras.

Ver também[editar]