Bone Thugs n Harmony

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Os Bones querendo pagar de bandidão

Bone Thugs n Harmony é mais um grupo de preto de narcotráficante ideais comunistas, que fazem seus discursos nas periferias dos Estados Unidos. Eles fazem acreditar, que as pessoas menos desfavorecidas pelo sistema não são culpadas pelos seus insucessos pessoais. Como todo bom grupo de Rap eles sempre tocam na mesma tecla. Que o governo é isso e aquilo. Que todo branquelo é playboy e toda menina mimada é patricinha.

História[editar]

Formado por Krayzie Bone, Layzie Bone, Bizzy Bone, , Wish Bone e mais alguns james bones. Apesar de eles terem o mesmo sobre nome, eles não são irmãos. É mais uma daquelas coisas de preto para preto. Eu não roubo você e você não me rouba dai somos todos irmãos. Regras deles lá. Krayzie e Bizzy, se conheceram no reformatório de menores infratores, lá eles passavam a madrugada toda jogando uno, no meio dessas peripécias contavam sobre os abusos sexuais que sofriam dos guardas da prisão. Em meio a todo aquele caos eles viram que não eram os únicos que passavam por abusos sexuais. Viram ali a necessidades de terem suas vidas mudada para sempre. Se eles fosse correndo para o diretor do instituto que nem criancinhas eles seriam mais estuprados.

Resolveram passar os seus tempos determinados na cadeia, sendo estuprados em silêncio mesmo. Depois de longos 2 anos eles viram a tão sonhada liberdade. Quando sairão na cadeia conheceram mais dois órfãos Layzie e wish. Esses dois estavam catando lixo na sede da Mc Donalds, eles contaram seus planos de que queriam montar um grupo de Rap, mas foram bem honesto ao relatar que não sabiam por onde começarem. Um Wish, deu a singela ideia de irem até a biblioteca.

Retrado falado de um dos Bone depois de ter roubado uma loja do Bob's

Lá eles encontraram o desmanual nada convencional de como montar seu grupo de Rap, acharam intrínseco como um manual daquele existia. Leram de noite e de dia, como um usuário viciado na Desciclopédia. Passaram duas semanas lendo, demoraram tanto pois eles não sabiam ler.

Seguiram a risca tudo que estava no Desmanual, muitas das características do desmanual eles já possuíam, Saíram que nem loucos cumprindo tudo que estava no livro. No final de dois meses conseguiram cumprir com tudo. Sua confirmação de grupo de Rap, foi em um show na cidade de Atlanta, quando com seu discurso fascista de que o mundo estava contra todos aqueles pretos, e que a causam de seu insucesso pessoal era do governo. Eles foram aplaudidos de pé. E a multidão em forma de agradecimento. jogaram seus dentes de ouro, correntes de prata, calça larga. Esses tipos de atitude entre preto quer dizer que você é um bom preto. Ou pelo menos eles não querem te roubar.


Ajuda de Eazy-E[editar]

Eazy-e decepcionado depois de sua frustrante tentativa de ajudar o dito grupo a sair da miséria

Bom seus anos de triunfo como a voz representada do gueto não duraria muito tempo brigas internas começaram a surgi, respeito não existia mais entre eles. Wish, usou a lancheira da Hello kitty de Laizie, o mesmo irritado com tal falta de respeito decidiu sair do grupo e seguir carreira solo, como era um fracassado mesmo, não conseguiu gravar duas musicas sozinhos, Virou consultor cultural de Justin Biber, na época que ele estava meio que Vida Loka querendo cantar Rap. Eazy-E estava precisando de soldados para fazer um assalto a banco viu naquele grupo um potencial que precisava ser lapidado. Resolveu ajuda-los. Patrocinado-os e dando subsídios para que eles retornassem ao mundo musical, tentativa essa que chamamos em vão, pois a estrutura emocional do grupo já não era mais a mesma. Alguns queriam ser pastor e outros já estava viciado em Crack. Porém com a ajuda do ezy-E conseguiram lançar uma música intitulada de volta a cena. Musica essa que lhe renderam o prêmio franboesa. Premio este que é dada a pior musica do ano. Depois desse ocorrido o grupo se desfez e nunca mais foram os mesmo

Discografia[editar]

* prenda se me for capaz

* Até que em fim sai da prisão.

* De volta a cena