Bugatti

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
FrancesAutentico.jpg ALLONS EN₣ANTS DE LA PUTARIE!!

Este artigo è ₣rancês! Ele não toma banho, come camembert e faz biquinho. O autor já mendigou na Avenue Champs-Elysèes e è xenofòbico.

Lembre-se de quem perdeu todas as guerras para a Inglaterra.

Este artigo é um esboço.
Este artigo é tão pequeno que o seu piruzinho fica com inveja.
Você pode ajudar o seu pinto artigo tomando Viagra.
Mafiapre.jpg PORCA MISÉRIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Pewds Milionário.jpg Meu personal trainner faltou hoje...

Este artigo é rico e seu autor só compra coisa chic. Seus advogados estão de olho em você, então não vandalize! Pobre? Tenho nojo de pobre, tudo o que tem é feito de prástico...

Vamos, meu bem, PewDiePie ganha mais no YouTube.

Típico sonho de consumo da classe média. Este artigo é sobre um carro.

♫ Não é homem, não é nada, mulher gosta é de carro... ♫

Ele queima óleo, suja sua garagem, solta fumaça e sempre lhe deixa na mão no meio da estrada!
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Bugatti.

História[editar]

Consumidor satisfeito com a qualidade de seu Bugatti

A Bugatti foi criada pelo italiano Ettore Bugatti, porém ele estava já enjoado dos vinhos da Toscana e resolveu ir para a França tomar um espumante. Lá ele teve a brilhante ideia de criar carros. No que se dizia respeito, os carros tinham que ter a identidade italiana, mesmo ele estando na França. A receita poderia ser à milanesa, bolonhesa, parmegiana ou tanto faz. Foi aí que ele resolveu acrescentar um queijo francês e um espumante para que o carro ganhasse um aspecto de cada lugar, o da descendência e o da origem. Sendo assim, Ettore deu início a sua nova fábrica, que depois serviria para esmagar Peugeot e Renault diretamente na sua própria casa.

Hoje em dia[editar]

Hoje em dia, a Bugatti faz carros que alcancem no mínimo "lerdos" 400 km/h, você certamente não teria coragem de pilotar um desses. Outro fato é que só verá esses carros se estiver na França ou na Itália, certamente é lá que você poderá ver a maioria desses carros, e quanto ao preço, um "pouco" mais caro que um Pagani Zonda. Já deu pra ficar maluco não é? Outro fato é que a VW está controlando a marca, pois os alemães nunca souberam fazer carros de verdade e precisaram da marca para dizer que sabem fazer algo, sendo que o carro continua hoje sendo feito pela tradicional receita italiana dentro de uma cozinha francesa.

Nas ruas[editar]

Como já dito acima, você precisa de grana até para ver o carro, pois uma viagem para Europa não é barato, mas se for milionário, deixe de ser mão de vaca e compre logo um desses! Não perca tempo enquanto está em "promoção", no caso o preço pode aumentar e você só poderá ficar nos sonhos que nem os chucrutes, que ficam invejando a tradicional identidade do molho à bolonhesa acompanhado de um espumante francês.