C-ute

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Abbey Road vazio.jpg C-ute já acabou!

Cquote1.png Ah, mas também já tava demodê né, gen-tê? Cquote2.png

Clique aqui pra ver os grupos que non eczisten mais.

C-ute
Ci no c-ute.jpg
Uma das 666 formações do C-ute
Origem Não divulgada
País Bandeira do Japão Japão
Período 2005 - 2017
Gênero(s) Pop
Gravadora(s) Hello! Project
Integrante(s) Maimi Yajima, Saki Nakajima, Airi Suzuki, Chisato Okai e Mai Hagiwara
Ex-integrante(s) Megumi Murakami, Kanna Arihabara e Erika Umeda
Site oficial YouTube

Cquote1.png Você quis dizer: P-uta Cquote2.png
Google sobre C-ute
Cquote1.png Nós somos bem melhores que essas pirralhas! Cquote2.png
Hinoi Team sobre C-ute
Cquote1.png Suas posers! Cquote2.png
Puffy AmiYumi sobre C-ute

O resultado da noitada do Papai Noel com aquela gueixa.

C-ute, também conhecido como Kyūto, é um girl group japonês. Como toda banda do tipo, é formado por um grupinho de gurias retardadas que ficam disputando entre si para ver quem tem mais fãs. Quando saem da adolescência e ganham controle sobre o próprio cérebro, são demitidas pela gravadora e imediatamente substituídas por uma nova idiota recém entrando na puberdade.

Nome[editar]

Favor não confundir com a banda Restart.

C-ute é uma provável brincadeira com a palavra cute, que significa "bonitinho" ou "fofo" em língua inglesa. Na língua japonesa, o equivalente a cute é o termo kawaii, portanto faria mais sentido ter batizado o grupo de K-awaii, já que seu país de origem é o Japão. Porém, C-ute também faria um trocadilho com uta, que é "canção" em japonês.

Mas e quanto àquele maldito C? Bom, o primeiro nome da banda era grafado °C-ute. Ou seja, a letra inicial indicava a unidade de temperatura celsius, para sugerir calor (leia sensualidade). Mas como todas as integrantes são menores de idade, o símbolo ° foi retirado e o nome ficou simplesmente C-ute, para evitar qualquer polêmica sobre pedofilia.

Surgimento[editar]

Bad girls (até parece).

O C-ute surgiu de um desses programas toscos tipo o Ídolos e o Fama, em que várias pessoas se humilham competindo umas contra as outras num reality show escroto na esperança de se tornarem uma subcelebridade da música. A diferença é que no Japão esses troços dão certo, e os vencedores de fato possuem talento e ficam famosos. O programa em questão chama-se Hello! Project, que tem versões em toda a Ásia e é conhecido principalmente por ter revelado o Morning Musume.

Em 2005, o grupo formado foi o C-ute. A novidade é que as cantoras escolhidas foram participantes da edição anterior do programa, que revelou o Berryz Kobo. Como sempre, as ganhadoras não sabem cantar nada, mas por serem bonitas e gostosas, a venda de CDs fica sempre garantida.

Integrantes[editar]

Mai Hagiwara, a caçulinha.

São todas ninfetas com idades entre 14 e 18 anos. Volta e meia alguma deixa a banda e é substituída por outra com a mesma cara. Nem os próprios japoneses percebem quando acontece alguma troca.

O que restou da prole quando a Mamãe Noel descobriu a traição.

Atuais[editar]

Descartadas[editar]