DESCICLOPÉDIA criou um ARTIGO sobre a Central

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa



O canal CENTRAL, que pelo nome parece um daqueles canais genéricos de clickbait e é é um canal de "notícias" do CensuraTube que mais parece um canal de putaria, já que os dois responsáveis do canal, acabam falando várias putarias em seus vídeos, principalmente como a Twitch (ou até o próprio YouTube) fode os streamers (principalmente homens) e também como empresas como EA, Epic Games, Blizzard e Bethesda fodem os consumidores.

O canal atualmente conta com dois principais usuários, Lion, que é o mais raivoso e furry do canal, e o White, que é um pouco menos raivoso que Lion.

História[editar]

Além de excesso de raiva, o canal também sofre de bipolaridade.

O canal foi criado como um canal pequeno que apenas falava das notícias de Overwatch, tanto que se chamava "Central Overwatch Brasil" antes do sucesso, de gameplays até notícias de campeões do jogo. Após o canal começar a entrar em decadência pelo fato de Overwatch cada vez ficar mais sumido entre jogadores brasileiros que apenas queriam saber de League of Legends e CS GO, somado com as várias ameaças que os jogadores frustrados do jogo rival Paladins faziam pelo fato de compararem o Overwatch ao Paladins e as censuras que a empresa chinesa Blizzard fazia no canal, tentando derrubar inúmeras vezes, porém por sorte do canal, não acabou acontecendo.

Para ganhar mais views e inscritos trouxas, o canal acabou mudando o estilo bruscamente e seguiu focando em notícias do mundo dos games. Por ser um canal que tem mais rages que aqueles narradores de rádio clubistas, sempre é perseguido por outros youtubers, principalmente aqueles que aparecem em um dos vídeos deste canal. Atualmente possuem meio milhão de inscritos.

Estilo de vídeos[editar]

Uma imagem rara do pau genial.

A Central possui cerca de dois vídeos por dia de mais de 10 minutos de reclamação alheia do mundo de games ou coisas reais acontecendo. Como ninguém tem saco para fazer dois vídeos por dia, o canal acaba tentando explorar sempre os mesmos temas para ver se consegue algum conteúdo podre para fazer os tais vídeos, tais como streamers fêmeas que fazem besteira na Twitch, youtubers que falam alguma besteira ou até mesmo games ou produtores de games que fazem besteira.

Caso isso não desse certo, os dois iriam ao fundo do poço, pesquisar em qualquer site aleatório como Reddit ou Kotaku e enfim fazer um tema com os favoritos do canal, alguma mudança para pior em um jogo podre ou algum jornalista ou pessoa sem noção tentando fazer a temida lacração em pleno 2020.

Enfim, os vídeos deste canal começam geralmente com dois minutos ou quase isso das duas pessoas do canal falando abobrinha e tentando enrolar o máximo possível o otário telespectador sobre o que será o vídeo com uma gameplay de fundo de um jogo aleatório e depois disso que começam a finalmente falar o por que do problema que estão debatendo e por que é um problema, e depois de falar do que trata o assunto, por que a pessoa acabou fazendo isso, começam os vários rages aleatórios que contribuem com a média de 23146912015 palavrões por vídeo (e depois reclamar que são desmonetizados pelo CensuraTube).

Memes[editar]

Além disso o canal possui vários memes, sendo o mais conhecido deles o Pau Genial, que não é nada mais, nada menos que um meme falando de um jogo atualmente desconhecido durante uma edição da E3, onde acaba acontecendo um caso raro da versão falada em vez de escrita do perigo da letra U ao lado da I, e não se sabe até hoje como eles conseguiram realizar esse tal feito e atualmente só se fala disso em qualquer coisa relacionada a esse canal, tanto que os fãs da Central tentaram procurar no Pornhub o tal pau genial achando que o Lion estivesse vendo algum pornozão enquanto traduzia tudo aquilo.

Ou seja, mais motivo para pensar que é um canal de putaria. Outro meme que acabou viralizando foi na edição de 2019 do The Game Awards, acabou sendo outro bug mental causado pelos vários palavrões dos dois usuários, que é o "canadiano", uma pronúncia alternativa do português brasileiro "canadense" segundo os tugas, mas que por ser um termo desconhecido para os brasileiros, acabou virando outro meme sem graça e acabou surgindo o filho dos dois primeiros memes, o "pau canadiano".

E como se não ficasse pior vai piorar, mais uma gafe é solta e tentam usar o diminutivo do campeão Ekko do jogo League of Legends, resultando em mais vergonha alheia para o canal.

Ver também[editar]