Club de Fútbol Monterrey

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de CF Monterrey)
Ir para: navegação, pesquisa
Club de Fútbol Monterrey
Escudo do Monterrey.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Rayados del Club de Fútbol de las tienditas y de la cervecería holandesa de Monterrey
Origem Bandeira do México México Monterrey
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Borregos (Tecnológico)
Capacidade 38.000
Sede
Presidente Um novo salvador a cada ano
Coisas do Time
Treinador Antonio el Turco pródigo Mohamed
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Una Liga Muy X
Divisão 1° Divisão
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Club de Fútbol Monterrey é um clube de futebol mexicano cuja única utilidade é provar como a Liga dos Campeões da CONCACAF não vale nada e qualquer um pode ser campeão nela, porque num campeonato mais competitivo como o campeonato mexicano, as chances do Monterrey são sempre nulas. É uma das duas equipes da cidade industrial de Monterrey, sendo gerido por uma cadeia local de lojas de conveniência e uma cervejaria holandesa para promover seus produtos dentro dos fãs dedicados Monterrey.

A torcida do Monterrey é uma das mais aficionadas do México, popis não importa o quão ruim esteja o time (ou seja, quase sempre), o estádio é sempre bem frequentado mesmo assim por um grupo fiel de masoquistas. O clube é estranhamente tetra-campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF, mesmo que tenha menos do que isso em campeonatos mexicanos.

História[editar]

Fundação[editar]

A equipe do Monterrey surgiu em 1945, quando um grupo de empresários montanos decidiu fundar um time de futebol, com o objetivo de ocupar os seus trabalhadores em algo melhor do que fazer passeatas e protestos exigindo melhores salários, melhores benefícios, seguro social e outros caprichos marxista-comunistas.

Em sua primeira temporada, os jogadores do Monterrey receberam um convite para jogar em Los Angeles, Califórnia. Mas o motorista que dirigia o caminhão pensou estar sob o comando dos Coyotes, e largaram todo o time do Monterrey de supostos imigrantes ilegais tudo em El Paso. Embora tenha perdido o amistoso em Los Angeles, felizmente essa equipe do Monterrey conseguiu jogar contra o Toronto FC e a Seleção da Zâmbia, para não perder a viagem.

De 1955 a 1985[editar]

A equipe do Monterrey destacou-se por perder todos os seus jogos, por 10 anos perambulou nas divisões inferiores até que na temporada 55-56 estreou na Primeira Divisão do México. Por 30 anos, a equipe esforçou-se para não sair do meio da tabela. Jamais rebaixou mas jamais sequer jogou uma semi-final nacional.

Campeonato Mexicano de 1986[editar]

Após um jejum de 41 anos, superado na América Latina apenas pela Ponte Preta, o Monterrey conquistou o seu primeiro título mexicano no ano de 1986. Este torneio teve uma conotação especial, por ser jogado antes da Copa do Mundo do México de 1986. Todas as equipes da Primeira Divisão do México iriam jogar sem seus times titulares, exceto o Monterrey, que não tinha convocado qualquer jogador para a seleção. Com tal vantagem esmagadora, o Monterrey foi campeão League pela primeira vez.

Anos dourados (2010 a 2019)[editar]

Jogo do Monterrey transmitido pelo Cartoon Network, único canal que se interessou em comprar os direitos de transmissão da equipe.

Em 2011 o Monterrey foi para Utah, a terra de John Smith, a ler o Livro dos Mórmon e ganhar a Concachampions, oportunidade em que derrotou o Real Salt Lake, o que não é vantagem alguma levando em consideração o aproveitamento de 95% de qualquer time mexicano sobre qualquer time estadunidense. Com esta vitória os Monterrey obteve o seu bilhete para o Mundial de Clubes de 2011. O Monterrey estava feliz com a qualificação, pois seria capaz de tirar fotos com os jogadores do FC Barcelona, ​​campeão da UEFA Champions League, e ainda também encontrar com o admirado Santos de Pelé do Brasil, campeão da Copa Libertadores. Infelizmente o Monterrey de maneira ridícula perdeu logo para o desprezível Kashiwa Reysol, campeão do Japão. No final, nem conseguiu tirar fotos com Barcelona ou o Neymar.

Mas o futebol dá revanches, e em 2012 o Monterrey venceu a final dos Concachampions sobre o Santos Laguna, mesmo que não fosse o Santos original, isso lavou a alma do time. O Monterrey retornou ao torneio mundial disposto a fazer história, e evitar perder vexaminosamente para algum campeão da Ásia, África, Japão ou Oceania. O Monterrey superou as expectativas e derrotou na primeira rodada o poderoso time coreano Ulsan Hyundai por um placar de 3x1, qualificando-se para a semi-final contra o Chelsea. Inacreditavelmente começou a ganhar a semifinal com um gol de Mata, mas no início do segundo tempo a defesa do Monterrey fez um lindo passe para o atacante adversário Torres marcar o segundo gol e virar a partida.

O Monterrey ganhou seu terceiro Concachampions, dessa vez em 2013 e outra vez contra o Santos Laguna, retaliando a derrota sofrida para o Santos no final do Clausura 2012. O Monterrey agora foi para o Mundial de Clubes no Marrocos 2013. A equipe foi muito animado, porque tinha uma tabela tranquila para chegar à final contra o Bayern de Munique. O Monterrey iria enfrentar apenas o horrível Raja Casablanca de Marrocos e depois o mero Atlético Mineiro do Brasil, que só contava com um Ronaldinho Gaúcho já em declínio. Mas o Raja Casablanca ameaçou Monterrey com ataques de fundamentalistas em sua sede, e acoados o Monterrey deixou os marroquinos vencerem, e acabou perdendo apenas na prorrogação, para que suspeitas não fossem levantadas.

Em 2019, conquistou mais uma Liga dos Campeões da CONCACAF, que naquela altura era só uma Copa do México. Mais uma vez foi para um Mundial de Clubes e mais uma vez decepcionou. Manteve a tradição mexicana de jogar como nunca e perder como sempre, pois na semifinal fez jogo extremamente duro contra o Liverpool FC e levou um 1x1 até os 90 minutos, quando tomou o gol no último lance. No final das contas, perder apertado ou perder de goleada dá na mesma, o Monterrey voltou ao esquecimento.

Títulos[editar]