Cairo (governorado)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Cairo pode ter outros significados, para chechecá-los, consulte Cairo (desambiguação).


Tutankamon.jpg

Este artigo é egípcio! Ele foi escrito num pergaminho sagrado e seu escriba é um sacerdote mumificado.

Não profane este artigo, ou a maldição do Faraó irá cair sobre você!


Distrito Federal de Cairo (em egípcio um desenho de um kibe) é a província egípcia que engloba metade da capital Cairo. A capital da Província de Cairo é a Cidade de Cairo, não confunda também com o Distrito de Cairo que engloba parte do Estado de Cairo e também a República de Cairo que é a junção política do Distrito Federal de Cairo com a Cidade de Cairo e o Bairro de Cairo.

Apesar de tantos Cairos, tudo se resume a pirâmides...

História[editar]

Em egípcio, o anúncio diz: "Bordel dos Prazeres".
O mais famoso do mundo árabe.

A Província de Cairo foi criada apenas após a criação da ONU, em 1453, com o fim da Guerra dos 100 anos e estabilização da paz mundial. Uma das primeiras decisões da ONU, foi a de que todos seus países membros deveriam possuir obrigatoriamente estados (ou províncias, ou distritos ou condados, caso o país fosse muito minúsculo) e um distrito federal.

A cidade de Cairo, que existia já havia milênio foi contida em um território de mesmo tamanho denominado Distrito Federal do Faraó.

Ao contrário da normalidade dos outros distritos federais encontrados pelo mundo, a região federal de Cairo não possui utilidade administrativa e também não possui entorno, visto que só existe vida às margens do Rio Nilo.

Política[editar]

A Província de Cairo não possui importância em nada para o governo egípcio, serve apenas para que a cidade de Cairo não seja considerada uma província, mas ao analisar a cidade de Cairo é uma província, então essa confusão com Distrito de Cairo e Cidade de Cairo serve mais para atrapalhar do que para ajudar.

O regente da Província de Cairo, geralmente sempre é o sobrinho do faraó.