Camelidae

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cameltoe
Arte rupestre do extinto dromedário bicéfalo sendo caçado por bonecos-palitos
Arte rupestre do extinto dromedário bicéfalo sendo caçado por bonecos-palitos
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Ordem: Pé-de-pano
Família: Cameltoe

Camelidae, ou camelídeos é uma família de ruminantes cuspidores e peidorrentos que vivem nos desertos e nos Andes composto por camelos, lhamas e todos seus parentes. O som dos camelídeos é similar aos murmurros de tua mãe, porém eles podem proferir sons muito mais violentos, especialmente se estiverem sendo estuprados.

Os camelídeos por viverem em locais inóspitos costumam ser essenciais para a sobrevivência dos homo sapiens, um animal nitidamente carente sexualmente, o que explica porque os camelídeos são os animais quadrúpedes mais estuprados do mundo, mais do que os bodes no interior do Brasil, mesmo que os camelídeos cuspam e caguem em você. O lugar mais seguro para tentar ter relações sexuais com um camelídeo está nas corcovas dele, por isso tanto viajantes sobem ali.

Eles gostam de comer arbustos espinhosos, bem como tendas, sandálias e toalhas. Além disso, eles não rejeitam a péssima comida humana. Quando em muito mau estado, eles comem zumbis e outros alimentos mortos-vivos.

Anatomia[editar]

A parte mais cobiçada de um camelídeo são os seus dedos das patas, que são referidos como tendo propriedades místicas secretas afrodisíacas, especialmente no Japão onde acreditam em qualquer baboseira do gênero. Estes dedos tem formato de casco de cágado, mas isso é só mera coincidência, como as gengivas que são idênticas às do Ronaldinho Gaúcho e só coincidência também.

Outras características típicas são seus lábios fendidos de maneira a fazê-los mastigar com saliva espirrando pra todo lado.

Outra característica sinistra destes animais é o fato de todos sofrerem de anemia falciforme crônica desde o nascimento, o que permite que os camelos e lhamas sobrevivam sem beber água ou respirar oxigênio, sendo eles capazes de se sustentar apenas comendo cactos e bebendo areia.

Gêneros[editar]