Canabrava do Norte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Canabrava do Norte é uma aldeia no norte de Mato Grosso com aproximadamente meia-dúzia de habitantes. Não há nenhuma área urbana em todo município, apenas uma roça que chamam de "cidade" apenas por força de expressão.

História[editar]

Centro nobre da cidade. Repare no contraste poético do barro das ruas com as pequenas surradas casas de madeira.

Canabrava do Norte possui uma história bem emocionante: O município de Cuiabá deu origem ao município de Araguaya (depois extinto), que deu origem ao município de Registro do Araguaya (depois extinto), do qual originou-se o município de Araguayana (depois extinto), que deu origem ao município de Barra do Garças, que deu origem ao município de Luciara, que deu origem ao município de Porto Alegre do Norte, do qual originou-se o município de Canabrava do Norte.

Ou seja, a história de Canabrava do Norte vem de uma série de municípios jogando fora parte de seus territórios inúteis, sendo Canabrava do Norte o último level, o mais bostinha de todos, o mais insignificantemente inútil e desconhecido.

Só virou município mesmo porque fica lá no meio do nada e ninguém queria ficar.

Atualmente é apenas mais um município que joga lá embaixo as estatísticas econômicas e sociais do Mato Grosso.

Economia[editar]

Como o nome da cidade sugere, Canabrava do Norte é líder local na produção de pinga, o combustível primordial dos roceiros que lá trabalham produzindo... mais pinga! Sendo assim Canabrava do Norte é considerada um modelo econômico perfeito onde todos produzem a pinga que bebem para sobreviver.

Geografia[editar]

Acredita-se que Canabrava do Norte é a cidade mato-grossense com a maior quantidade barro por metro quadrado. Qualquer espécie de asfalto é considerado pelo povo local uma obra do satã e não é tolerado.

Há ainda uma represa no sul da cidade, o orgulho local, foi feita por castores adestrados da Bolívia.

Transporte[editar]

Para chegar em Canabrava do Norte é bem simples: Saindo de Cuiabá pegue a estrada rumo ao Acre, quando a estrada acabar pegue seu facão e sua bússola e ande 200 quilômetros para nordeste até encontrar uma estrada de terra com uma placa com uma caveira de bode (esta é a MT-412). Alugue um carro-de-boi e diga que está indo para o Fim do Mundo. Após chegar no fim do mundo ande mais 50 quilômetros e você chega em Canabrava do Norte.

Turismo[editar]

Muita gente procura visitar Canabrava do Norte para ir praticar rally nas suas ruas. A emoção é garantida pelo perigo de um vorme abrir um buraco no chão e engolir seu veículo a qualquer instante.