Candeias do Jamari

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...

Cquote1.png Você quis dizer: Cadeias do Jacaré Cquote2.png
Google sobre Candeias do Jamari
Cquote1.png Experimente também: Aldeia Indígena do Jamari Cquote2.png
Sugestão do Google para Candeias do Jamari

Candeias do Jamari é uma cidade localizada ao lado do portão do inferno de Porto Velho (formando assim uma "grande metrópole" e zona metropolitana), localizada tão perto do Acre que distorções espaço-temporais afetam diretamente este município rondoniense, que parece portanto parado no tempo.

História[editar]

típicos moradores de Candeias do Jamari.

Com uma população de no máximo 5 habitantes por km², esta aldeia foi fundada quando os habitantes indígenas da região começaram a querer ir para a "capitar" Porto Velho onde compravam seus shorts da Nike, seus MP3 e todos demais artigos necessários à vida indígena, mas não tiveram fôlego para tanto e preferiram ficar 1 km antes da "grande metrópole" de Porto Velho.

Clima[editar]

Como essa cidade é localizada próximo a entrada do inferno de Porto Velho, o clima é bem quente, capaz de derreter ferro em condições normais de pressão atmosférica, mas não é tão quente quanto Porto Velho, que é capaz de derreter o sol.

Educação[editar]

Nada de mais a se mencionar. Em Candeias do Jamari existem 3 escolas. Essas escolas têm aulas de educação física femininas em horários diferentes dos horários de aula normais todos os dias, motivo para a grande quantidade de periguetes prenha na aldeia.

Transportes[editar]

Trânsito de Candeias do Jamari quem sabe daqui mil anos.

O trânsito de Candeias do Jamari é muito caótico, igualando ao caos avistado nas ruas de São Paulo Oiapoque. Candeias do Jamari é uma cidade que possui muitas freeways ruas de chão esburacadas, sendo que até de monster-trucks é arriscado andar nas ruas de Candeias do Jamari sob risco de furar algum pneu ou quebrar a suspensão, tudo para incentivar o povo a a andar mais a pé ou de canoa, para preservar os antigos hábitos indígenas. A única "rua" asfaltada é na verdade a BR-364, cujo asfalto está mais para brita esburacada.

Turismo[editar]

Em Candeias do Jamari existem como atrações turísticas o Buraco do Garçom, onde babacas de Porto Velho botam seus jet-skis na água e passam por cima dos curumins de Candeias. Sendo assim, o ecoturismo o forte desse vilarejo, onde diversos turistas visitam para tomar banho em suas águas infectadas com merda boiando no meio.