Candy Chiu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Ninguém sabe o que se passa nessa cabeçinha.

Cquote1.png Você quis dizer: Candy Crush Cquote2.png
Google sobre Candy Chiu

Cquote1.png Você quis dizer: Beemo Cquote2.png
Google sobre Candy Chiu

Cquote1.png Vou ajeita-la para o meu irmão Cquote2.png
Mabel Pines sobre Candy

Cquote1.png Eu quero colocá-la na minha cama Cquote2.png
Grenda sobre Candy

Cquote1.png Você também tem minha voz Cquote2.png
Lady Íris sobre Candy

Cquote1.png Essa japa nunca será como eu Cquote2.png
Pacifica sobre Candy

Cquote1.png Japonesa é o calalho, POLA!!! Cquote2.png
Candy sobre o comentário acima

Candy Chiu é uma menininha chata da Queda de Gravidade, é a melhor amiga da Mabel e amante passiva da Grenda.

Sobre ela[editar]

Candy vai ser capa de revista masculina jovem.

Candy é asiática alfabetizada e se faz do tipo que "tá lá só pra encher linguiça", não sabe brigar e nem trabalha para o Stan (sorte dela), tudo que ela faz é ficar perto da Mabel e da Grenda (perto até demais) e as vezes abraçar Dipper quando um monstro aparece.

Candy em seu primeiro momento com o Dipper... mas que porra de roupa ela está usando?

Mabel quer que ela dê uns pegas em Dipper mas Candy não demostrava muito interesse, ou porque ela é tímida, ou porque ela tem uma tara por homens grandes e musculosos como a Grenda. Foi apenas quando Dipper resolveu disser um "oi" para ela que Candy já se assanhou completamente e queria ir direto ao ponto dentro de uma caverna e foi então que Candy descobriu que Dipper estava galinhando com outras minas que ele encontrava durante uma pequena viagem e deu-lê um pé-na-bunda porque Dipper não estava comendo cantando ela. Desde então os corpos das meninas que Dipper estava chavecando nunca foram encontrados.

Candy pode ser muito vingativa, tal como se ela tivesse uma arma laser nas mãos ela pulverizaria todos seus inimigos inclusive Mabel se ela estiver no caminho para pegar um namorado.

História[editar]

Não poderia faltar uma versão kawaii para fazer a alegria dos otakus.

Não se sabe de onde Candy veio, talvez porque ninguém teve o interesse em saber, tem nome americano, sobrenomes chinês e dubladora sotaque coreano, o que indica que ela pode ter sido um experimento genético que não deu certo e foi abandona em uma cidadezinha no interior.

Um dia ela foi convidada a participar numa festa na Cabana do Mistério (na verdade ela pagou pra entrar) e soube de alguém novo na cidade que ela imaginava ser um cara musculoso, macho e foda, mas não, era só o Dipper mesmo. Frustrada, ela sentou no banco e assim conheceu outras duas meninas rejeitadas, como não tinha nada pra fazer as três se tornaram amigas.

O segredo de Candy[editar]

Candy é como a maioria dos asiáticos de óculos em desenho animado que fazem bugiganga que nem a NASA seria capaz de projetar, mas Candy queria ir muito mais além, ela planeja secretamente durante toda a saga para adquirir a imortalidade.

Ela só precisa de mais uma mão e seu plano estará completo.

Com o apocalipse se aproximando Candy teve a ideia de transportar sua mente para uma máquina que ela chamou de BMO, sendo assim, logo que tudo acabar, ela irá se esconder em seu abrigo subterrâneo e abandonará seu corpo orgânico e será uma máquina imortal que gosta de crianças, vai achar um muleque azul e um cachorro laranja e viverá com eles. Bem, Beemo tem uma história diferente, mas isso é o que ELES querem que você pense.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...em inglês, Candy e BMO têm a mesma voz. Agora faz todo o sentido.

Ver também[editar]

v d e h