Caparaó Capixaba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!

Se você não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.

E se se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!
Caparaó que Pertence a Vitória (Capixaba)
Bandeira do Caparaó que Pertence a Vitória (Capixaba)
A bandeira tem as cores símbolos, azul do céu, verde da mata e branco...???, e no centro tem o boi Ó, que deu origem ao nome dessa terra.
Lema
Hino
Gentílico caparaoense, otário, espitossantense sem praia.
Localização
[[Arquivo:|280px|center|Localização do Caparaó que Pertence a Vitória (Capixaba)]]
Região Oeste da Região Sul Espirito-santense
Capital Cachoeiro do Itapemirim "Residência da chefe de governo!"
Cidade mais importante
Estados limítrofes Rio de Janeiro, Minas Gerais, Acre.
Governo
Governador
Partido
Características geográficas
Área
População 220.000 hab. 1934
Densidade 0,055 hab/m³
Clima Levente horrível em (Alegre e Pênis Monteiro) Ártico em (Ibitirama, Desgracença de São Lorenço, Iúna e Irupi).
Indicadores
Analfabetismo {{{analfabetismo}}} 1/03/2021
Mortalidade infantil 666 a cada 1000 nascidos vivos e os outros 334 nascidos mortos, o que quer dizer que todos os habitantes são de outro lugar. 1/03/2021
Expectativa de vida 20 anos (Iúna e Ibatiba)/140 anos (Desgracença de São Lourenço e Dores Conjugais do Rio Escurinho) 1/03/2021
IDH ninguém aqui sabe o que é isso 1/03/2021
PIB R$ hahahahahahahaha 1/03/2021
PIB per capita R$ 1/03/2021


Cquote1.svg Você quis dizer: Caparão Cquote2.svg
Google sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg É lá que coisas mais bizarras que eu acontecem. Cquote2.svg
Marilyn Manson sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg 404 Not Found Cquote2.svg
Internet Explorer sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Uma vez derrapei na curva lá, rolei da ribanceira. Fiquei três dias lá antes de aparecer uma alma. Cquote2.svg
Vento sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Se eu pudesse eu capara mil Cquote2.svg
Jeremias sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Este lugar non ecziste Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre Caparaó
Cquote1.svg No Caparaó Capixaba Padre Quevedo non ecziste! Cquote2.svg
Reversal Caparaoense sobre Padre Quevedo
Cquote1.svg Caparaó Capixaba ficar quantas quilômetros da capital Buenos Aires?? Cquote2.svg
turista estadunidense perdido sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Uma barranco desmorona derrubando um barraco, matando duas pessoas e um cachorro no Caparaó Capixaba Cquote2.svg
Fátima Bernardes sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Foi bem aqui que perdi minhas botas! Cquote2.svg
Judas sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Nunca vi um lugar tão bonito. Cquote2.svg
Stevie Wonder
Cquote1.svg Mas lá num tem nada!! Cquote2.svg
morador do litoral sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Pelo menos nóis tem o Pico da Bandeira Cquote2.svg
cidadão caparaoense sobre comentário acima
Cquote1.svg Quero me mudar para o litoral!! Cquote2.svg
todos moradores do Caparaó Capixaba
Cquote1.svg E as meias também! Cquote2.svg
Continuação de Judas sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Caparaó Capixaba está incorreto, o correto é falar Nada. Cquote2.svg
Professor Pasquale sobre Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Fronteiras do Caparaó Capixaba: El Dorado ao norte, Atlântida a oeste, Sodoma e Gomorra ao sul, Camelot a leste. Cquote2.svg
Atlas Universitário sobre o Caparaó Capixaba
Cquote1.svg Então o Caparaó pertence a Vitória Cquote2.svg
Aluno que sabe o significado de Capixaba sobre Caparaó
Cquote1.svg Ronaldo Cquote2.svg
Zina sobre Caparaó capixaba

História e Geografia[editar]

Caparaocapixaba.jpg

É uma região do sudoeste do Espírito Santo formada por 01 circunscrição indefinida, 01 Monarquia teocrática vitalícia, 03 territórios e 12 municípios: Conceição do Barraco, Desgracença de Divino de São Lourenço, Dores Conjugais do Rio Escurinho, Gueiçuí, Ibatiba, Irupi, Iúna, Mimoso do Rio Grande do Sul, Muniz Freire, Pequiá (também conhecida como Iúna Democrática), Venda Nova do Irritante (também conhecida como Venda Nova do Nazista) e Triste. A cirscunscrição indefinida é Ibitirama, que tem duas fortes correntes políticas, de um lado Sua Majestade Real o Rei Dom Lucas I, verdadeiro senhor do território, que o considera uma monarquia constitucional e democrática, do outro lado o Prefeito-fantoche, Javan de Oliveira Silva, que está sobre a influência do maiar e ex-ditador feudal Paulo Lemos Baboso, que controla as terras de Ibitirama através do olho de Mordor. Quando Baboso controlava pessoalmente o território, este o conderava uma monarquia feudal, sobre seu comando absoluto. Hoje, S.M.R. o D. Lucas I, se encontra em Guaçuí, onde junto a vários nobres, fundou o Reino no Exílio de Santa Marta e Santa Bárbara, que planeja a retomada do antigo reino e execução de todos os envolvidos no golpe que derrubou a monarquia. A monarquia teocrática é o Pulguibet, governado por Sua Santidade o Pulga, que é o 14º Dalaipulga a governar o estado, os territórios são: o Instetínios Fínios do Caparaó, uma região pulguibetana disputada por Irupi, Iúna e Ibitirama, os demais territórios, todas as pessoas do mundo já ouviram falar, mas poucos sabem que eles ficam aqui no Caparaó Capixaba, na divisa de Muniz Freire com Iúna fica o lugar denominado pelos nativos de “Onde Judas Perdeu a Bota” e mais abaixo na fronteira dos dois anteriores com Ibitirama esta “Onde Judas Perdeu a Meia”.

Sua Santidade o Pulga, autoridade máxima, política e religiosa do Pulguibet e do Pulgaísmo

O Caparaó tem uma área total de 4200 km² e uma população estimada de 220.000, sendo dos quais 10.000 de emos nômades que circulam por toda região em pequenas tribos, alguns governos já tentaram expulsa-los mas sempre que há alguma crise que ameace suas vidas os emos encontram no Pulguibet proteção, Sua Santidade o Dalaipulga recebe de braços abertos todos os que precisam de ajuda, motivo pelo qual o Governo Popular de Iúna tenta desde 1954 anexar o estado e expulsar Sua Santidade e seus seguidores Monges. O Caparaó pertence atualmente ao Espírito Santo, mas já pertenceu a Minas Gerais, Rio de Janeiro, ao Acre, voltou a Minas e para só em 1858 voltar ao Espírito Santo.

Seus estados e municípios embora envolvidos em constantes guerras, são unidos teoricamente em um governo central sediado em Cachoeiro de Itapemirim-ES, de onde são organizadas as ações federadas contra os vizinhos bárbaros comuns: sempraianos, broinhas, os outros salgados em geral, farofeiros, italianos e pênienses, esses últimos, habitantes de Pênis Monteiro, município que exigem de qualquer forma sua introdução no Caparaó como, o “membro” da região. Primitivamente a região era habitadas pelos ferozes índios Põenocudos e pelos nem tão Ferozes Puris Arrepiados e Puris Penteados, quando o branco chegou havia um outro grupo indígena conhecido como Puris Caparaós, liderados a incontáveis anos pelo Cacique Tamandaré, senhor de todas as terras desde o atual Três Estados a Pequiá. Por um saquinho de jujubas e dois espelhidos Tamandaré vendeu suas possessões e por mais meia dúzia de garrafas de cachaça os brancos levaram todos os caparaós como escravos para trabalhar na extração de borracha. Sendo a história da região apenas isso, e nada mais.


PRIMEIRA GRANDE GUERRA REGIONAL[editar]

Na manhã do dia 31 de dezembro de 2008, o ditador feudal de Ibitirama, Paulo Lemos Baboso, desfilava pelas ruas da cidade, indo em direção a câmara municipal feudal, o antigo parlamento dos nobres, este era seu último dia de governo. As ruas estavam lotadas, há quem diga que haviam mais 40 pessoas, no meio da multidão um homem de quatro dedos, pulou o bloqueio da guarda feudal e disparou contra o caro do ditador (uma ranger 4x4).

O tiro não atingiu Baboso, mas sim seu poodle de estimação. O atirador foi preso, torturado e enforcado, mas a ira do ditador não estava aplacada, este desejava ver morto todo o povo do atirador de quatro dedos, mas como não sabia de qual município ele era, Babosa declarou guerra inicialmente a Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Pulguibet, Onde Judas Perdeu a Meia e Irupi, os quais cairam em menos de duas horas de batalha.

Ao mesmos tempo, Venda Nova do Irritante e Pênis Monteiro, os dois mais tradicionais aliados de Baboso, invandem Conceição do Barroco, Muniz Freire, Onde Judas Perdeu Bota e Triste. Os Últimos municípios livres se uniram na Quadrupedi Aliança, formada por Gueiçuí, Iúna Popular, Iúna Democrática (Pequiá) e Ibatiba, Mimoso do Rio Grande do Sul permanceu neutro, prometendo entrar na guerra de ambos os lados, assim que resolvesse o problema da guerra civil entre alunos e professores, que ja remontava a duas semanas.

Vendo que os bonzinhos haviam montado um clube de resistência, com um nome legal, uniformes bacanas e com direito a carteirinha que dava meia no cinema, Baboso, Venda Nova do Irritante e Pênis Monteiro, criaram um clube parecido, A Tríplice do Mal ou O Eixo dos Malvados. Neste momento, a Primeira Grande Guerra Regional já havia feito oito vítimas (o poodle, o atirador de quatro dedos, dois bodes, dois cabritos, um emo e um mosquisto)e já durava quase seis horas.

[continuação pendente]


Origem Toponímica do Nome Caparaó[editar]

O boi Ó, morto pelos Cinco Fazendeiros Brabos.

Em 1800 e antigamente, quando a Serra do Caparaó ainda se chamava Serra do Arrepiado, devido ao hábito de seu único morador, o Sr. Jacinto Lemos Pinto Pedroso, nunca pentear o cabelo, ficando esse conhecido como Jacinto Arrepiado. Segundo a Lenda, bem depois do Sr. Jacinto, apareceu pelos campos da região, um boi chamado Ó, conhecido por ferocidade, vivia solto pelos pastos e matas, não respeitando divisas naturais ou humanas. Um dia, furiosos com a destruição de suas propriedades e pelos vários mortos e feridos que Ó deixou em seus ataques, cinco fazendos brados se uniram, fizeram uma armadilha, pegaram o bezerrão e o castraram, quando a notícia se espalhou, pelos quatro cantos do BRASIL, se ouviu dizer que Cinco Brabos caparam e mataram o boi chamado Ó, ficando assim conhecido essas terras, como: "Onde Caparam Ó" reduzido ao passar dos anos para Capara-ó. Enquanto aos cinco fazendendeiros brabos, esses ficaram conhecidos como os Cinco Fazendeiros Brabos.

Instituição de Subdesenvolvimento[editar]

Após algum tempo foi criado o Consórcio de Subdesenvolvimento Sustentavel da Região do Caparaó (CSSC), também conhecido como Consórcio de Desenvolvimente Insustentavel da Região do Caparaó, essa instituição, acrescentou o nome Capixaba, ficando essa conhecida como Região do Caparaó Capixaba. Capixaba quer dizer da roça, ou roçado, sendo a naturalidade de quem nasce Vitória ES, já quem nasce no Estado do Espírito Santo Amém é espiritossantense, a ideia e dizer que os onze municípios já pertenceram ou pertencem a Vitória? Isso só a dona do Consórcio pode dizer. A principal atividade do Consórcio é ganhar dinheiro


Economia[editar]

O Cristo Redentor de Guaçuí, simbolo da cidade e da região

A economia da região se baseia no turismo (como se alguém fosse louco de visitar esse lugar)

  • O único ponto turístico revelante que tem nesse lugar é o Pico da Bandeira, para chegar até lá você deve passar por minas gerais.
  • O cristo redentor de Guaçuí.
  • O famoso Rio Veado.
  • O quase tão famoso Córrego de Veadinho.
  • O desconhecido Córrego o Segredo do Veado.
  • A Polêmica Cachoeira Duas Quedas do Veado - nome dado por uma bióloga que descobriu a cahoeira. enquanto coletava pedras redondas (seixos rolados) para enfeitar sua casa e escritório).
  • Os Desencontros de Deseducadores Ambientais.
  • Amostra de Subdesenvolvimento Sustentável da Região - realizado pelo Consórcio de Subdesenvolvimento.
  • A mais importante fonte de renda é com certeza os projetos de licenciamento ambientais, desde de pequenas grandes merdas ambientais, algumas em caracter estadual, são liberadas daqui, infelizmente nenhum habitante tem alguma noção de como se faz um licenciamento ambiental.
  • O Hexágono das Bermudas - no Mar Mais Morto Ainda, morto por Sua Exelência o Conde de Uberada Tiago Rosa, ao ler sua poesia: "Coisa escura que achei entre as unhas de meu pé". Considerada pela Academia Mundial de Letras a pior coisa já escrita no mundo, com poder de destruir todo o universo se for novamente recitada, motivo pelo qual a HC (Homens de Cinza, sei que podia ser melhor, mas a outra opição, são os homens de rosa, que estão promovendo uma parada guei em Alegre), a confiscou e a mantem em um lugar secreto em Ibatiba, conhecido como Área 51.
  • A Pedra do Pedófilo em Iúna - dizem que se um pedófilo passar por ela, fica agarrado e só se solta com a presença de Magno Malta e da Polícia Federal.


Em relação ao comércio:

  • 22.000 Botecos (1 para cada 10 habitantes)
  • 137 mercadinhos
  • 56 bocas de fumo
  • 11 prefeituras
  • 11 camaras de vereadores
  • 1 Consórcio Intermunicipal
  • 5 Rádios (mas se juntar todas, não dá nenhuma)
  • 11.000 Igrejas Assembléias
  • 601 Igrejas Católicas
  • 598 Metodistas
  • 521 Presbiterianas
  • 392 Batistas
  • 980 Empresas de Licenciamento Ambiental
  • 280 Prostíbulos

O que não tem no Caparaó[editar]

  • Estradas de gente.
  • Políticos honestos.
  • Biólogos com consiência ambiental.
  • Mar.
  • Água Salgada.
  • Área de praia.
  • Quiosqui a beira mar.
  • Pesca de lagostas.
  • Educadores Ambientais que não usam copos plásticos.
  • Iaques e lhamas.
  • Jacarés do papo amarelo.
  • honestidade.
  • Vídeos Ambientais na Mostra de Vídeos Ambientais.
  • Educação Ambiental no Encontro de Educadores Ambientais.
  • Rádio de verdade

População[editar]

Típica cena das estradas caparaoenses

Dados do ICCGHQEBPLA (Instituto Caparaoense Capixaba Espiritossantense de Geografia, História, Química, Estatisticas, Biologia, Politicagem e Licenciamento Ambiental) 2007, sobre os 220.000 habitantes da região.

  • 89% analfabetos.
  • 11% semi-analfabetos.
  • 11% Professores (equivalente aos semi-analfabetos).
  • 53% gatunos.
  • 52,5% Biólogos.
  • 45% larápios.
  • 31% pilantras.
  • 19% mulheres da vida(putas).
  • 17,1% mulheres na vida(putas).
  • 16% adolescentes grávidas.
  • 14,6% Demagogos.
  • 10% donos de botecos.
  • 3,3 Velhos pedófilos.
  • 0,9% psicopatas.
  • 0,001% pessoas honestas (ainda não confirmado).
  • 12% índios puris arripiados.
  • 1% índios puris penteados.
  • 5,5% Emos nômades.
  • 4,1% Estrangeiros.
  • 2,3% pulguibetanos (Seguidores de S.S. o Pulga).
  • 0,02 descendentes mestiços dos índios caparaós.


Religião[editar]

  • 61.458 Macumbeiros.
  • 60.640 Católicos Apostólicos Romanos não praticantes.
  • 35.000 Assembleinos e assembleianas de pernas cabeludas(cerca de 3 para cada igreja).
  • 12.358 Espíritos.
  • 10.000 Emos Nômades temporariamente convertidos ao pulgaísmo.
  • 07.124 Igreja DEUS é Amor.
  • 06.500 Batistas.
  • 05.017 Igreja Renascer (5.000 pastores e 17 fieis).
  • 05.000 Emos Ateus.
  • 04.079 Ateus tradicionais.
  • 03.123 Presbiterianos (Puritanos) que vão para o céu.
  • 03.123 Presbiterianos (Puritanos) que vão para o inferno.
  • 02.830 Pulgaístas.
  • 01.552 Metodistas do ramo de deus Wesley (Ibitirama).
  • 01.154 Testemunhas de Jeová.
  • 00.200 Católicos Apostólicos Romanos péssimos praticantes.
  • 00.125 Budistas.
  • 00.091 Igreja Ágape
  • 00.062 Crenças Indígenas.
  • 00.023 xitoístas japoneses alemães
  • 00.018 Assembleianas sem pernas cabeludas.
  • 00.001 Ortodoxo (O rei de Ibitirama).
  • 00.522 não desclarados.


Caparaoenses Famosos[editar]

Veja tambem[editar]