Capitão América: O Primeiro Vingador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Capitão América 1
Captain America: The 90 Year-Old Virgin
Capitão América: O Virgem de 90 Anos (BR)
Capitão América: O Primeiro Virjão (PT)
Capitão América 1 poster.jpg
Poster do filme
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2011 • Colorido apesar de ser antes de 1970 • 125 min
Direção Um cara aí
Produção Marvel na Disney
Produção executiva Kevin Faig
Elenco Tocha Humana como Capitão América
Agente K como Agente K
Agente Smith como Caveira Vermelha
Hayley Atwell como Peggy Carter
Gênero Comédia romântica
Distribuição Paranauê Pictures


Capitão América: O Primeiro Vingador é um filme de ação que se passa nos anos da Segunda Guerra Mundial, sendo também o quinto filme do universo cinematográfico dos nerds. Esta história de origem do herói narra os primeiros dias da trajetória do famoso Capitão América, começando como um mero Tocha Humana sem poderes, ficando bombado através do uso de anabolizantes banidos pelo COI, até o dia em que ele consegue derrotar uma caveira nazista antes de permanecer congelado no mesmo iceberg onde Jack do Titanic estava. Algo que se destaca é que originalmente esta seria uma sequência do filme do Capitão América de 1990, com a diferenciação que desta vez não haveria um escudo transparente e um capacete com asas pintadas. No resultado final, porém, a Disney decidiu colocar aqueles que tiveram essa ideia na prisão e criaram esse filme como se nunca tivesse existido outro filme de Capitão América antes.

Recepção[editar]

Aparentemente, não há críticas positivas, negativas ou neutras sobre este filme porque nenhum crítico profissional ou amador foi assistir o filme no cinema, só nerds em geral. Eu fui assisti-lo porque quando meus amigos me convidaram para ir ao cinema eles me deram uma escolha entre este filme ou o do Lanterna Verde. Hoje eu não posso estar mais feliz da escolha que fiz, e a crítica que pode ser feita sobre este filme é que ele não é nenhum A Lista de Schindler com super-heróis, sendo considerado um filme que não faz você adormecer, embora eu tenha dormido porque o filme é chato. Capitão América torna-se um filme recomendado para quem quer entender Vingadores, quando você está com insônia ou quando só tem Lanterna Verde na programação da TV.

Enredo[editar]

Titanic 2[editar]

A história começa nos tempos atuais (futuro do filme) com James Cameron em um submarino através das profundezas do oceano Ártico à procura do iceberg onde Jack está congelado, para assim conseguir fazer a tão sonhada segunda parte do Titanic. Ele não achou o lendário e bonito Leonardo DiCaprio, mas encontrou o Capitão América. Cameron rapidamente vendeu o Capitão América para a Disney porque ele tem auto-crítica o suficiente para saber que nunca soube o que fazer com super-heróis de quadrinhos, e assim a história do filme começa.

Mas o que aconteceu para que um palhaço azul se encontrasse congelado no ártico com um cubo asgardiano?[editar]

O filme nos leva aos anos 1940, época em que os geeks e nerds não eram programadores tecnológicos gênios do controle dos drones e respeitados como agora, naqueles dias eram apenas leitores de quadrinhos de ficção científica e derrotados que nem bater punheta conseguiam direito por falta de disponibilidade de material fapeável. Assim conhecemos o nerd Steve Rogers, um magricelo de 40 quilos incapaz de brigar ou praticar esportes, mas Steven Rogers tinha na cabeça que seguindo os conselhos do Léo Stronda, poderia deixar de ser um frango e virar um monstro para conquistar suas tão sonhadas gatinhas, e por isso se alista numa academia chamada "exército" onde Steve poderia morrer se necessário apenas para voltar para casa com a teórica satisfação de ter feito algo de bom para o mundo.

Enquanto isso, na Noruega, o Agente Smith em seus tempos nazistas e seus capangas arqueólogos que ainda não tinham morrido obliterados pela Arca Perdida do Indiana Jones, tomam para si um cubo mágico asgardiano.

E de volta a Nova York, o amigo de Steve Rogers, James Barnes também se alista no exército, onde assinou um documento que se ele fosse capturado por um exército comunista estrangeiro e submetido a experimentos cruéis afim de transformá-lo em um maníaco homicida com um braço metálico que nunca envelhece, aquilo não seria responsabilidade da Marinha ou do governo dos EUA. Bucky olhou para este documento e riu sabendo que coisas assim nunca aconteceriam. Enquanto isso, seu amigo Steve Rogers foi mais uma vez rejeitado pelo exército porque, segundo eles, ele era fraco, doente e desajeitado como um episódio de Chapolin (além do que, a sua bizarra insistência fazia parecer que ele era algum agente alemão ou japonês que queria se infiltrar e infectar exército americano).

Soro do supersoldado faz efeito em Steve Rogers.

Enquanto isso, o cientista do Exército, Dr. Jeckyl, procurava criar o anabolizante mais potente da face da Terra para vencer o Miss Universo de 1944. Para a sua fórmula secreta ele misturou açúcar, açúcar, flores e açúcar, açúcar e flores, flores e muitas cores para assim criar a Panicat perfeita. Em um desses dias de experimento, Steve Rogers foi chamado para servir de cobaia para um experimento de troca de sexo e submetido ao soro radioativo criado por Jeckyl enquanto urrava de desespero em perceber que aquilo afetaria seus diabetes. Neste mesmo dia um espião nazista, Heinrich Himmler, estava no laboratório fingindo ser o entregador de pizza (ninguém o reconheceu porque ele estava usando um disfarce impecável do uniforme da Pizza Hut) para ver o segredo dos gringos. Naquele dia o cientista integrou acidentalmente um novo ingrediente à fórmula, a Substância XXX, e foi assim que ele nasceu... O Capitão América. Completamente bombado (mas ainda virgem).

Este seria o começo de um exército de caras superpoderosos, bombados e loiros, mas os nazistas já sabendo o segredo, decidiram matá-los todos com um discurso sobre a supremacia ariana, e todos concordaram, afinal escolheram um caucasiano loiro para representar a perfeição. O único sobrevivente de uma palestra tão chata foi justamente Steven Rogers, que estava distraído demais contemplando seus músculos.

Férias na Europa[editar]

Com Jeckyl morto e sua fórmula do super-menino perdida, um único senador faz o Capitão América ir cantar e dançar para entreter os soldados no front de guerra na Europa e servir de bichinha particular para os soldados que claramente estariam bem necessitados. Em determinado momento o Capitão América fica cansado de se despir na frente de tantos soldados, mas por ser correto demais, mantem-se no trabalho sabendo que ele poderia acabar na corte marcial se cometesse insubordinação. Um dia ela recebe uma mensagem em seu telefone celular que a unidade de seu melhor amigo e amor platônico Barnes está falhando em ação em uma batalha contra um cubo mágica que transforma as pessoas em gelatina azul.

Apesar de bombado, o jeitão nerd não permite que Steve Rogers perca sua virgindade nem com uma visita a um cabaré, onde ele visivelmente fica desconcertado.

Rogers se recusa a acreditar que seu amigo não saiu de tal horrendo desastre sem sequelas e entra numa missão solitária junto com uma menina bonita e o pai do Tony Stark, voando para atrás das linhas inimigas. Desta forma, e graças a um engenheiro que sabe muito de matemática, o Capitão América pousa diretamente na sala de controle nazista, descobrindo que aqueles comandantes na verdade são hidranazis, ou seja, nazistas megalomaníacos. É claro que o herói, Capitão América, acerta com seus super-poderes de telecinese golpes de escudo e socos no chefe dos nazistas, revelando que o vilão tem um crânio sob a pele do rosto, aparentemente muito dolorido e irritado pela coloração vermelha. O Caveira Vermelha foge, mas Capitão América escapa com seu amigo e salva o dia.

Perdendo o amigo[editar]

Rogers recruta um monte de personagens terciários coadjuvantes dos quadrinhos da SHIELD e decide deixar Hitler em paz com seus fornos de Auschwitz para ir atrás do verdadeiro inimigo, a organização Illuminati chamada então de Hidra que tem armas de destruição em massa que poderiam machucar menos gente que uma bomba atômica no Japão. O Capitão América pede armas indestrutíveis, tanques, metralhadoras, lançadores de foguetes e todos Vibranium disponível, mas só recebeu uma tampa de esgoto de vibranium vindo de wakanda.

É assim que durante esta despreparada aventura para chegar às bases clandestinas do mal, que sobre um trem nos Alpes Suíços, em uma curva fechada, Bucky cai no vazio do abismo para ser tido como presumivelmente morto. É claro que todos poderiamvoltar lá para procurar o corpo do amigo para dar-lhe um enterro digno, mas Steve prefere deixar pra lá e deixar o amigo descansar em paz, embora aquilo fosse claramente a velha armadilha soviéticos de transformar soldados que caem em abismos em uma arma cibernética viva que não tem vontade e vai causar problemas em cerca de... 70 anos?

Batalha final[editar]

Steve Rogers vai de base em base procurando coisas vilanescas, mas por alguma estranha razão a Hidra já sabia que eles os estavam procurando e por isso já haviam abandonado as bases conhecidas. Muito desanimados, os americanos vão a um bar próximo para tomar algumas cervejas nazistas que, para ser honesto, são as mais saborosas do mundo. Naquele lugar eles vêem um oficial sem pele no rosto que é familiar ao Capitão América, o rosto vermelho apesar do uso dos óculos escuros é facilmente reconhecido como aquele que raptou seu melhor amigo, então os dois começam a lutar.

Infelizmente seus companheiros de batalha não puderam acompanhá-lo porque a maioria já estava bêbado, por isso o Capitão vai sozinho atrás do Caveira Vermelha para uma grande briga de bêbados, quando percebem que na verdade etão em um avião em chamas carregado com armas nucleares e tubarões assassinos treinados. Em um final épico digno de um dos muitos filmes de inverno de James Bond, o Caveira Vermelha lembra que traz consigo o cubo mágico dos Asgardianos e ataca Rogers com aquele item mágico, que usa seu superpoder para se proteger com escudo para não ser desintegrado. Mas como aquele cubo tem as seis faces idênticas, o Caveira Vermelha não sabia que estava segurando o item de cabeça para baixo, então o raio de poder saiu pela culatra do objeto e o consumiu num enorme clarão azul que o teletransportou para Vormir.

Rogers, sozinho, deve pilotar o avião e impedir que a bomba nuclear chegue a solo americano. Tomado por um dilema em decidir apenas não jogar a bomba e extinguir ursos polares, Steve Rogers decide se sacrificar e leva o avião para cair no polo Norte. Pena que não o avisaram que bombas nucleares não são detonadas com uma queda ou uma colisão e que seu sacrifício foi absolutamente inútil.

Cena pós-créditos[editar]

Capitão América acorda repentinamente, sem calças ou roupas íntimas em uma cama estranha, no que parece ser um hospital, ele se levanta e olha pela janela e uma enfermeira aparece, mas ao tocar no Capitão ele torna-se violento ao perceber que depois de tudo ele ainda continuava virgem. Numa depressão profunda por nunca ter sequer chupado uma bucetinha em toda sua vida, o capitão foge e tenta cometer suicídio pulando para fora de uma janela, mas não se lembrava que era um super soldado com super poderes e que sempre vai aterrizar ileso de altas quedas, e descobre que ele está em Nova York do futuro. Uma vez que isso acontece, Nick Fury aparece e diz "Sim, você ainda é virgem, e sua nerdice vai guiar os maiores heróis da Terra" e esse é o gancho para o primeiro filme dos Vingadores.

Personagens[editar]

  • Capitão América / Steve Rogers (Chris Evans) - Cansado do fracasso de seus amigos e familiares no Quarteto Fantástico, ele decidiu viajar no tempo para os anos 1940, mas na viagem ele perdeu suas memórias, seus belos músculos e seus poderes de se queimar. Ele se torna um menino que queria ir para o exército para ser morto pelos nazistas, mas ele era tão magro que ninguém nem o queria morto. Ele também queria perder a virgindade, então começou a tomar whey protein para tentar virar monstro, virando assim uma celebridade do WWE, até descobrir que aquilo é puro show sem luta real, e deprimido decide congelar-se para acordar no futuro.
  • Peggy Carter (Hayley Atwell) - Um interesse romântico de Steve que nem sequer foi mencionado no enredo deste artigo porque, apesar de sua insistência, o "Cap" visivelmente sempre estava mais interessado em Bucky, nunca dando a menor atenção para a mulher.
  • Bucky Barnes (Sebastian Stan) - Está ali só pra se fuder mesmo, cair num abismo e ser reaproveitado por soviéticos para criarem uma versão melhorada do Ivan Drago.
  • General Chester Phillips (Tommy Lee Jones) - Um militar com bons sentimentos, mas um coração frio, que tenta salvar o mundo dos alienígenas.
  • Caveira Vermelha / Johann Shmidt (Hugo Weaving) - Ele absorveu os poderes da Tocha Humana para acender seu crânio no fogo e embora seja muito malvado e inteligente, pecou no final ao não saber para onde apontar o cubo mágico asgardiano e ser teletransportado para outro planeta.
  • Howard Stark (Dominic Cooper) - Cientista obcecado pelo Capitão América que sempre culpou seu filho por não ser como ele, dando início aos sentimentos de Capitão América: Guerra Civil.