Certo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Certo descobriu que estava errado, então passou a ser chamado de certo, Como não queria também, ser o contrário de torto, exigiu que errado existisse ou seja, se não fosse pelo certo querer passar a existir, não existiria nada de errado no mundo.

Quem mais?[editar]

Não é certo imitar a virgem Maria, mesmo que quem imita ainda seja virgem.

O certo é mesmo um filho a puta? Não se sabe sobre quem era a mãe dele, mas é assim cahamado porque antes dele existir não existia nada de errado. Todo mundo achou que ele apenas seria o contrário de torto quando a ideia surgiu e gostaram, mas não havia percebido o embuste. Na verdade o certo era mesmo um filho da puta, pois já sabia da armadilha que vinha trazendo à mãe Terra e mais alguns idiotas desavisados pelo Universo afora(ou adentro), ele já havia combinado com mais alguns seres maléficos e sinistros, mas não eram os das águas abissais, esse não chegavam e nunca chegaram à um milésimo da pilantragem e maldade de certo.

Disserto que sim, e essa palavra se grudou toda ´já pro certo não ficar tão à mostra, mas como sempre não adianta nada. Sendo certo então não se pode dizer que ela maléfico, certo? Errado, perceba que antes de certo querer existir, não existia nada errado, então como certo quis fazer as vezes passando a existir e ser definir, o mundo passou a ser a porcaria que é, então tu diz com esse ar de jumento de garimpeiro incredulidade raivosa mas se é certo, como pode ser ruim? Sim, pode e não me chame de burro, pois se não entendeu leia esse parágrafo novamente.

Certamente você ainda vai dizer que o burro sou eu, mas apenas pense amigão: o que era errado antes de certo existir? Não que era casa da mãe Joana e que era casa de ninguém ou a verdadeira casa do caralho em um pandemônio sem fim, nada disso, apenas ocorre que(e se você não entender dessa vez eu desisto), antes que saberem certo e errado, simplesmente NINGUÉM fazia nada de errado, não porque não havia classificação para certo e errado, ma apenas porque não havia causa, motivo, razão ou circunstância pra que alguém errasse, então era só sair praticando o verbo alegremente e com aquele sorriso ogróide de Neahndertal, e pra que quereriam fazer algo que prejudicasse algum filho d rapariga que fosse?

Passando[editar]

Não é certo julgar um bichinho pela aparência fofa.

Continuando, após a existência de certo, então obrigatoriamente passaram a existir tudo de errado e que não presta, pois me diga apenas, como? Como poderia comer existir algo errado se não existisse certo? Se não concordar agora você merece uma voadora certeira e perceba que, se errar a voadora o certo fica ainda pairando no ar porque podem achar que não era certo você levar uma voadora, a não ser que a bruxa do 71 quisesse te levar pra um passeio na [[Vassoura da bruxa do 71|vassoura dela, isso porque a senhorita Clotilde não é nenhuma bruxa eacha que a chamariam de bruxa se isso não fosse considerado errado? O certo é não chamar assim a dona Clotilde então os pirralhos de Chaves acabam querendo saber qual seria o errado, e têm que descobrir o errado obrigatoriamente pra conseguir então, tentar fazer o certo.

Não é certo xingar nem em pensamento, principalmente um palavrão tão feio quanto o da ilustração.

Notou que o certo nunca quis que fizessem ele? Na verdade o certo quis que fizessem o rabo dele parrasse de ser tudo harmônico e foda-se se você acha que isso é papo de bichona exotérica, mas sim, certo quis tirar a harmonia da canção Terra, então tinha que obrigatoriamente dizer que e estavam fazendo não era nada nem poderia ser chamado de certo, pois ainda não existia o errado, então lá veio o errado dançando mais torto, estranho e espalhafatoso do que o teu tio engraçadão e agradeceu ao certo, que talvez fosse um espelho, então tudo passou a ser essa bagunça generalizada, pois tiraram o certo da gaveta e jogaram cheio de ácaros na face de todo mundo.

Ver também, se quiser[editar]