Chan Chan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Chan Chan é o maior e mais bem feito castelinho de areia do mundo. Localizado no Peru foi construído por mais de 70 mil mãos habilidosas de crianças.

Sítio[editar]

Muros de areia, a mania do povo de Chan Chan.

Chan Chan são muros construídos do mais puro barro, terra e areia do Deserto do Atacama, a sua extensão vai da Praia de Copacabana até a costa peruana. Não se sabe ao certo quem construiu essa coisa, mas parece que foi um mutirão de mendigos para arrecadar alguns trocados com a sua arte.

O auge da cidade foi no século XIV, fissurados em muros, os peruanos construíram todo o tipo de arte mural na areia com desenhos, grafites, pichações e obscenidades. O "Templo de Tschudi" é a construção principal, sendo um amplo castelo de areia, inspiração para os desenhos femininos da Disney. Existem ainda várias pirâmides egípcias e algumas plantas de ouro.

Chan Chan foi a capital do Povo Chimu e seus belos formigueiros gigantes (literalmente). Chan Chan significa no dialeto local "Sol Sol", o que leva a crer que aquele antigo povo sofria de gagueira. E sol, era a única coisa que eles viam além de areia.

O sítio se mantém intacto e idêntico ao dia da fundação porque a ação do tempo não existe em Chan Chan. Nunca choveu, ventou ou se erodiu qualquer parte da cidade, que se localiza praticamente no espaço sideral.

O Povo Chimu acabou quando eles foram dominados pelos Incas e seu exército de lhamas lutadoras de karatê.

Em 1998, choveu pela primeira vez na história em Chan Chan, o que destruiu e transformou em lama, metade da cidade. Tudo por causa do El Niño.