Codajás

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Codajás é uma cidade do Amazonas, habitada pelos índios da tribo cu-dá-já, reconhecidos pela prática de dar sempre assim que pedido. A aldeia também apelidada como Buracolândia se auto-denomina "Terra do Açaí", mesmo sem a aprovação do Governo do Pará.

Economia

Entrada da cidade. Centro da cidade. Balneário da cidade. Ponto de encontro da cidade. Localização da Grande Estátua do Chico Bento. E ponto de comércio da cidade.

A economia da cidade é movida a dinheiro, para fazer o dinheiro correr na cidade, existem várias lojas, e a moeda circula um comprando do outro.

A economia de Codajás também é feita pela exportação de Maconha e Bananóia uma droga desenvolvida por Maconheiros de Codajás, feita com folhas de Bananeira e escamas de Pirarucu.

População

Codajaense é o natural de Codajás, povo cuja pacificidade é confundida com a preguiça. Tem como hábito cultural escarnecer uns dos outros através de apelidos ridículos, cada um na cidade tem um apelido relativo a um defeito físico, ou moral.

Na cidade ninguém tem vida privada ou particular, tudo é público comunismo, e todo mundo tem que saber o que todo mundo faz. Ser prefeito, é alguém que é alvo de toda crítica, inveja e falsidade amor, solidariedade e participação da população. Eleito pelo povo, entre aqueles que tem mais dinheiro para comprar os votos.

Política

Codajás recentemente entrou Guiness Book por ser a cidade do mundo com o maior maior porcentagem de votos comprados por população acima dos 16 anos. O recorde registrado foi de 132% dessa população na eleição passada bem que eu vi os caras colando umas crianças lá pra votar. Também é comum haver votos de pessoas que morreram a mais 30 anos atrás (tanto que existe uma sessão eleitoral dentro do cemitério de Codajás).

E tudo isso é culpa graças a pouca vergonha do eleitor em época de eleição e dos candidatos que sugam o dinheiro público e a dignidade do povo de Codajás (como se ele tivesse alguma). E não pode parar, é o costume mais tradicional há mais de 150 anos (isso porque o município foi fundado em 1875).

Por isso que todos os municípios progridem (exceto os do estado do Amazonas) e Codajás avança na miséria do povo que come bem somente em época de eleição quando ganham generosamente comida. Mas todo sacrifício é válido para entrar para o livro dos recordes.

Saúde

O sistema de saúde é comparado ao de Cuba, quem implantou foi o próprio Fidel Castro em Viagem à Amazônia, aperfeiçoado pelo Dr Lincoln Bastos, tem o único hospital do mundo que cura dengue e gripe, e faz a famosa transfusão de sangue da veia pro músculo da própria pessoa.