Comentaristas da Folha de São Paulo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Desprezível Cquote2.png
Olavo de Carvalho sobre Comentaristas da Folha de São Paulo
Cquote1.png Ô raça! Cquote2.png
Tutty Velasquez sobre Comentaristas da Folha de São Paulo

Os Comentaristas da Folha de São Paulo, ou sua variável singular, Comentarista da Folha de São Paulo, são os leitores que comentam assiduamente no Portal Online da Folha, vulgo, Folha Online.

Surgimento[editar]

Os comentaristas da Folha surgiram junto da Folha Online, em 1995, quando não obstante em produzir material jornalístico de qualidade em meio impresso, foi decido pela diretoria do Grupo Folha criar um jornal interativo on-line, atualizado em tempo real, o tempo todo. Porém, não havia ainda como os comentaristas comentarem no espaço do próprio site, dada as limitações da Internet discada.

Por volta de 2009 com notáveis reformulações em seu site, foi aberto espaço físico online para que os comentaristas se expressassem, assim, criando uma interação maior com os leitores e equipe do site Folha.com - uma das reformulações da Folha foi a mudança do nome do portal online - tendo em vista que todos os comentários são previamente mandados para aprovação.

Características[editar]

Os Comentaristas da Folha de São Paulo, tem características peculiares e de fácil identificação, pois são os únicos a serem esquerdistas e direitistas ao mesmo tempo. Tendo em vista que em quaisquer matérias políticas, os comentaristas tendem a criticar tanto o lado esquerdo quanto direito. Também utilizam de nomes engraçados ou sarcásticos para comentar (já que o site não requer cadastro para comentários), como Rui Barbosa em artigos que falem bem da Folha - alusão ao fundador do O Estado de São Paulo, Estadão - ou Joaquim Barbosa quando falam em mensalão.

Um dos comentaristas da Folha.

Prezam sempre por uma linguagem culta e sem ofensas diretas aos envolvidos nas matérias ou à Folha em si, já que o portal é livre de responsabilidade por comentários, sendo eles de responsabilidade dos autores. Ou seja, comentou? A pica é sua, depois. São também assíduos telespectadores de novelas da Rede Globo, BBB e CQC.

Como vivem[editar]

Cquote1.png Sexta, no Globo Repórter Cquote2.png
Repórter sobre Como vivem os Comentaristas da Folha de São Paulo
Não sabe-se muito sobre esta raça, mas, é conhecido por todos que eles são moradores do Higienópolis - bairro "rico" da capital paulista - e tem alto poder aquisitivo. São donos de iPhones e iGadgets diversos, tem motoristas e são deveras humildes. Acredita-se que boa parte seja formada ou esteja cursando Administração, Publicidade e Propaganda ou Direito, para aqueles na faixa etária de 18 a 35 anos. Da faixa de 35 a 80 anos (sim, os comentaristas são velhos) acredita-se que são todos Adevogados com seus escritórios estabelecidos.

É fato que todos os comentaristas da Folha vivem de acordo com as regras da moral, ética e bons costumes, conforme exigido pelo Conselho de Proteção à Moral da Família Soviética.

Censura[editar]

Após a lei de responsabilidade sobre o conteúdo na web, a Folha, passou a censurar certos comentários, termos e palavras em todos os comentários feitos no site, o mais bizarro é o fato de que não se pode nem ao menos dizer Este trecho foi censurado por não estar de acordo com as normas estabelecidas pelo Termo de Responsabilidade da Folha baseado amplamente na resolução n°102/88 do Conselho de Proteção à Moral da Família Soviética.

Ver Também[editar]

Escoteiro.jpg ESTE ARTIGO TRATA DE REPRESSÃO E DITADURA

Você deve aceitar calado(a) o que está escrito aqui sem duvidar de nada,
ou correrá o risco de sumir misteriosamente.

Desciclopédia: ame-a ou deixe-a!
Ditaduratumulo.jpg