Conchal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Galinhacaipira.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Fazenda Conchal - Composição Administrativa
Acesso.jpg
Acesso
Prefeito Prefeitoconchal.jpg
Vice-prefeito Viceconchal.jpg
Secretário da Saúde Saudeconchal.jpg
Delegado Mazzaropi02.jpg
Secretario da Educação Educacaoconchal.jpg
Presidente da Câmara Financasconchal.jpg

Cquote1.png Experimente também: Acre Cquote2.png
Sugestão do Google para Conchal

Conchal é uma cidade completamente irrelevante do Estado de São Paulo. Ela é tão irrelevante que se emancipou de Engenheiro Coelho.

Não se sabe porque Conchal se chama Conchal, já que nem arremedo de mar tem lá perto.

Atualmente as maiores produções de Conchal são laranjas, bicho de pé e nepotismo. O nepotismo é seu orgulho nacional. Prefeito poe o filho, sobrinho, mulher, burrico, cachorro, tudo para trabalhar na prefeitura. Eta, trem bãm, sô, diriam, se isso não fosse coisa de mineiro. E ainda quer reeleger a mulher! Ah, se na Argentina pode, porque em Conchal não pode???

Graças ao saudosismo das pessoas que do interior saíram, fazendo a vida na cidade grande, Conchal dispõe de uma fonte de renda com base no turismo, fundamentada na cultura de bichos de pé. As fazendas remanescentes investem pesado na cultura do Tunga Penetrans. Turistas da capital vêm para a singela cidadezinha a fim de desfrutarem de uma semana na vida no campo. Colher algodão no sol escaldante e andar descalço no chiqueiro para que o simpático parasita se aloje nas entranhas de seus pés, causando a orgasmática e peculiar coceira, são os passatempos prediletos dos visitantes. Para alívio da coceira e deleite dos turistas, são oferecidos sabugos especialmente dimensionados para cada vão dos dedos de seus pés. O prazer obtido com o esfregamento do sabugo na coceira não tem preço. Outro ponto forte do turismo é a culinária. Destaca-se o porco criado na lavagem e guardado na própria banha. Embora o termo 'lavagem' sugira asseio, na verdade trata-se de um alimento impróprio, nojento e fedido, com que o porco é nutrido. Armazenado nas piores condições possíveis, trata-se de restos de tudo que apodrece, colhidos nas ruas da cidade por carroceiros. Joga tudo num tambor enorme e põe água para 'curtir', sendo servido em seguida aos suínos que, confinados em cubículos menores que suas próprias dimensões, se deliciam com a única coisa que lhes é servida

O maior orgulho do conchalense é ter algum avô com nome de rua. Afinal, as famílias mais ricas da cidade faliram por pura especulação imobiliária e de rico só tem a pose.

Conchal é a última cidade do Tapetão, estrada que leva às mais idiotas e caipiras cidades de São Paulo, desde Campinas até Paulínia, Cosmópolis, Artur Nogueira, Engenheiro Coelho e finalmente Conchal.

Tujuguaba[editar]

Tujuguaba é uma espécie de apêndice de Conchal, com uma área de total de 900m2 e berço dos maiores caudilhos do município, a "Aldeia", como é chamada pelos conchalenses, tem como sua maior características o povinho "mar criado, mitidu i fofoqueru", a produção de carrapatos e o crescente homossexualismo caipira. Diga-se, de passagem, que, de acordo com a última pesquisa realizada pelo MPIDAFV (Movimento Pela Incrementação, Disseminação, Apologia e Fomentação da Viadagem) Tujuguaba tem a maior concentração de viados por metro quadrado do interior paulista. Acredita-se que Tujuguaba exista desde o descobrimento do Brasil e que no local viviam os índios Caiporas, que após serem civilizados pelos padeiros portugueses provindos da Ilha da Madeira de Lei, acabaram se tornando produtores de aguardente de mandioca, molho de pipoca, visgo e bicho de pé. Atualmente, Tujuguaba tem colaborado economicamente com a grande Conchal com a crescente expansão no comércio exterior, exportando mosca do chifre, dor de cotovelo, inépcia e incompetência administrativa para vários países da África Meridional e Noroeste Asiático.

Curiosidades: Lema: "TIJUGUABA, NUM PROGRIDI MAI NUM ACABA" / Lazer: Coçá o pé cum sabugu. / Esporte: Coice de mula. / Local Turístico: Tratamento de Esgoto / Saúde: Vai bem, obrigado. / Símbolo: Boi Chifrudo. / Hino: Nói é Nói u resto é bosta.

Wireless[editar]

Conchal dispõe da maior rede wireless do interior, mil vezes mais rápida que qualquer outra no mundo: a fofoca. Em segundos, qualquer cidadão fica sabendo de quem acabou de ser chifrado ou passado para trás ou que virou viado, em tempo real.


TV Aberta vs Via Satélite[editar]

Sabemos que bom bril na antena faz milagres. Mas em conchal, nem mesmo assolan resolve. A solução dessa cidade que parou no tempo é apelar para antenas parabólicas ou por assinatura (também antena parabólica), ou tomar vergonha na cara e pegar um speed e baixar o Joost!

Sistema de Telefonia Celular[editar]

Conchal possui um moderno sistema digital de telefonia móvel: o Walkie Talkie. Com o alcance de incríveis 500 metros (distância do inicio e do final da cidade) pessoas de todos os bairros fazem intercâmbio com seus aparelhos de Walkie Talkie.

O Futuro de Conchal[editar]

Ano que vem quando o Cat Bill, ganhar a eleição pra prefeito, a Cozinha Piloto vai ser fechada e quem vai servir a merenda para os alunos é o Bar do MI, todo dia vai ter coxinha com coca cola.

Manifesto do Orgulho Babaca Conchalense[editar]

Retirado de uma versão beta do Guia do Mochileiro das Galáxias

Oi colega do planeta terra como possamos entender Conchal SP com êsses adjetivos sem citar nenhum positivismo, positivismo de seu povo seres viventes que igual a você reside no planeta terra e na cidade de Conchal ?

Oi colega e amigo porque somos da mesma raça humana vai dar uma voltinha pela aí, você vai conhecer outros municípios que já não tem mais bicho de pé que foi substituído pelo imobilismo o qual devemos lutar para que seja banido. Vá para São Paulo nossa capital de estado você vai ver o que é bom para tosse !

É o que temos em nosso planeta que depende também de você como de todos seus habitantes para melhorar, para reeducar, para tornar-se mais respirável e suportado. Um gande abraço e votos de maior compreensão e paz, viaje, tire umas férias, vá para outros municípios, para outros estados, para outros países, quem sabe voltará você mais compreensivo e feliz, bôa viagem. O que temos de bom em Conhal dificilmente encontraremos em outros locais.

Ninguém sabe quem escreveu as besteiras acima. Certamente deveria ser um habitande do planeta Eagora para achar de bom em Conchal

EU PROTESTO!!! O cara do post acima não deve ter se tocado que isso é um site de HUMOR. Ora, não me venha com ----demagogia---- discurso de 'orgulho conchalense', guia do mochileiro', etc, etc, etc.

Ele que coloque suas opiniões na nossa co-irmã wiki.

Dialeto Conchalense[editar]

O VIJANT que VAI PRA CUNXAU DEV COMPREEND O DILETO FLADU LÁ.

  • LIDILEITE = (litro de leite)
  • MASTUMATE = (massa de tomate)
  • DENDAPIA = (dentro da pia)
  • BADAPIA = (debaixo da pia)
  • UNKIDICARNE = (1 kilo de carne)
  • TRADAPORTA = (atras da porta)
  • BADACAMA = (debaixo da cama)
  • PINCUMEL = (pinga com mel)
  • ISCODIDENTE = (escova de dente)
  • NOSSINHORA = (nossa senhora)
  • PONDIÔNS = (ponto de onibus)
  • DENDUFORNO = (dentro do forno)
  • DOIDIMAI = (doido demais)
  • TIRDIGUERRA = (tiro de guerra)
  • ÃNSDIONTI = (antes de ontem)
  • SECETEMBRO = (sete de setembro)
  • SAPASSADO = (sabado passado)
  • ÓIUCHÊRO = (olha o cheiro!)
  • ÓIKICHERO = (olha que cheiro)
  • VIDIPERFUM = (vidro de perfume)
  • ÓIPROCEVÊ = (olha pra você ver!)
  • TIRISDAÍ = (tira isso daí)
  • ONQUIÉ = (Onde que é?)
  • QUAINAHORA = (quase na hora)
  • PRÕNÓSTÃUÍNU = (para onde nós estamos indo?)
  • LÁDONCOVIM = (lá de onde que eu vim)
  • PRONCOVÔ? = (para onde que eu vou?)
  • ONCOTÔ? = (Onde que eu estou?)
  • SIMBORTÃO? = (Vamos embora então?)
  • PÓPÔ O PÓ? = (Pode pôr o pó? - de café)
  • PÓPICAUÁIO? = (Pode picar o alho?)
  • ONQUETÁ? = (onde está?)
  • ISSOKIPÓMOIÁ? = (isto aqui pode molhar?)
  • MARDUSFIGO = (mal do fígado)
  • PÔPURBAXO = (por por baixo)
  • USVIDIFORA = (os vidros de fora)
  • USVIDIDENTRO = (os vidros de dentro)
  • USMININchegaRO = (os meninos chegaram)
  • ASMININchegaRO = (as meninas chegaram)
  • PÓPEGAKASMÃO? = (pode pegar com as mãos?)
  • UVENTÁTÁONDI = (o avental está aonde?)
  • UGÁSCABÔ = (o gás acabou)
  • LIDIARRRCO = (litro de alcool)
  • GÔDIARRRCO = (gosto de álcool)
  • INDATEM = (ainda tem)
  • PAPEL TOAILA = papel toalha
  • PRANTA = planta
  • BARRÊOTERRERO = varrer o quintal
  • INZAME = exame
  • ZÓIDUENO = (problemas com os olhos)
  • DORNISTAMU = (dor no estômago)
  • FII = (filho)
  • VEMKÍFII = (venha aqui, filho)
  • PROCE = (para você)
  • PONHA = (por)
  • UNS PAR = (alguns)
  • BELDO = Bêbado
  • CÓRGUINHO = Córregozinho (Córrego pequeno)
  • CALIPÁ = Plantação de Eucalipto
  • AOOOOOBA (Também pode ser ARROOOOOBA) = Sinônimo de Olá!
  • BISCRETA = Bicicleta
  • FAZÊ UM ELÉTRICUDUCORSSÃUM = Fazer Eletrocardiograma