Correio da Manhã

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Heróis do mar, nobre povo, nação valente e imortal

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um vinho ishtränho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Cuidado: ə qualquêr mumento, Napolião podə querer invədir-tə


Cquote1.png Autocarro se despista e causa tragédia em Lisboa: morrem dois avecs e uma pessoa Cquote2.png
Chamada de capa do CM em um dia normal


O Correio da Manhã é um chouriço em forma de jornal, conhecido por ser o único pedaço de papel que quando espremido, começa a derramar sangue e lágrimas. É o jornal mais vendido em Portugal, devido ao fato de ter pelo menos três páginas diárias reservadas para anúncios de putas. Apesar de ser o mais vendido, é o jornal em que os portugueses menos confiam, devido ao seu conteúdo extremamente sensacionalista e de veracidade extremamente dúbia.

Ver também[editar]

Correio da Manhã TV - o braço televisivo e igualmente sensacionalista


Este artigo é um esboço.
O remetente do artigo pode ter fumado crack.
Você pode ajudar a Desciclopédia se expandi-lo.