Cyrus (The Warriors)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

CoffinDance.jpg

Cyrus (The Warriors) já morreu!

Foi dormir com os peixes...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Cquote1.png O que você vê? Cquote2.png
Cyrus sobre Masai
Cquote1.png Eu vejo nada o bairro dos Van Courtland Rangers. Cquote2.png
Masai sobre Cyrus
Cquote1.png CAN YOU DIG IT? Cquote2.png
Cyrus sobre todas as gangues
Cquote1.png Se fodeu. Cquote2.png
Costinha Luther sobre Cyrus
Cquote1.png CAN YOU DIG IT? Cquote2.png
Cyrus sobre sua frase principal

Cyrus era mais um personagem quase secundário do jogo e do filme The Warriors, que apenas não possui o status de figurante por causa dele ser o presidente da gangue mais importante de Nova Iorque, a The Gramercy Riffs, que apesar de serem fracos, as gangues possuem medo deles por ser a única gangue com mais de 8000 membros.

Nos Riffs[editar]

Cquote1.png CAN YOU DIG IT? Cquote2.png
Cyrus

Alguns dizem que Cyrus não nasceu nos Estados Unidos, mas sim em Porto Rico, no qual o mesmo consegue falar inglês muito bem (ou não), e logo tem uma grande relação amorosa com seu companheiro Masai, no qual os dois se consideram os donos da porra toda, além de serem donos dos Riffs.

Alguns dizem que Cyrus também tentou se proclamar Dono da Desciclopédia, mas dessa vez, o mesmo se fodeu, foi banido e até queria fazer uma viagem pro Canadá para tentar destruir os Servidores da Desciclopédia, mas preferiu evitar a fadiga e insistiu no seu plano infalível de juntar todas as gangues.

Como Cyrus achava essa estratégia uma tremenda burrice de tentar dividir gangues por bairros, no qual Cyrus teria medo de uma gangue qualquer ficar tão forte a ponto de desafiá-los, o mesmo faz uma grande suruba reunião de gangues, para discutir sobre essa porra.

No filme[editar]

Cyrus usa seu plano para tornar os Riffs protagonistas de tudo, o mesmo queria que todas as gangues se juntassem, para dividir todo dinheiro que os mesmos iriam pegar emprestado, para fazer 60% pros próprios Riffs, e os outros 40% divididos para o resto das gangues.

Como maioria dos líderes das gangues eram muito burros, os mesmos rejeitaram os 40%, mas Cyrus tentou inverter os valores, e depois concordaram com esse plano tosco, até que um membro líder de uma gangue qualquer que não é burro, chamado Luther, pega sua arma do nada e atira em Cyrus, o matando.

Com mais de 8000 Riffs tentando procurar quem foi o sujeito que matou Cyrus, Luther do nada dá um grito dizendo que foi os Warriors, no qual Masai ficou puto, acreditou e mandou uma recompensa de 10 milhões de dólares zimbabueanos pra quem o capturasse. Swan sugere a Masai que continue os planos toscos de Cyrus, mas o próprio Masai acha esse plano uma bosta.

No jogo[editar]

No jogo, Cyrus começa falando várias bostas para Masai, além de também fazer a mesma merda que no filme, desde realizando esse plano tosco, e também sendo morto por Luther.

Galeria de imagens dele[editar]

Curiosidades[editar]

  • O ator que "fez" o Cyrus no jogo processou a Take-Two Interactive por usar sua voz, quando o mesmo rejeitou o papel.
  • O ator ganhou o processo em 20 milhões de dólares zimbabueanos.
  • Depois disso, a empresa responsável por isso, tentou usar um gangster de verdade para fazer a voz de Cyrus, mas o mesmo desapareceu no dia que iria fazer a voz.

Ver também[editar]