Daihatsu Hijet

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Carrinho spmercado.jpg Este artigo é sobre um carro.

Não é homem, não é nada, mulher gosta é de carro...

Ele queima óleo, suja sua garagem, solta fumaça e sempre lhe deixa na mão no meio da estrada!
Às teclas! Às teclas!
Pela pátria editar! Contra os esboços marchar, marchar!

Daihatsu Hijet é um kei jidosha (ou seja, uma mistura otaku de mini-van com camionete) fabricado pela Daihatsu (não diga...) em versões van e picape. É um dos modelos mais usados por fazendeiros produtores de arroz, fabricantes de comida e pedófilos no Japão.

Fora do Japão[editar]

No mercado estadunidense, além de os fazendeiros a usarem o Hijet produzirem milho ao invés de arroz, alguns kei trucks, não só o Hijet, mas também o Subaru Sambar, foram oferecidos por um breve período, até que a Daihatsu percebeu que ninguém estava comprando esses carros, afinal, quem comprasse um imediatamente seria identificado como um pedófilo otaku e a gringaiada não queria levantar suspeitas de que estava enfiando brinquedos em forma de pata de cachorro nas quiança.

Contudo, ainda existem modelos remanescentes que são usados normalmente e em alguns estados depravados ainda é possível registrar modelos novos para rodar numa boa. Se eles já atrapalhavam o trânsito na época em que eram importados regularmente, imagine agora que os modelos usados (e os novos também) chegaram com seus motores JDM e limitador de velocidade para 40 km/h...

Vale notar que o Hijet também veio ao Brasil, com o nome de Asia Towner.

Galeria[editar]