Darksiders

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Darksiders é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, o Mario joga um casco verde em seu kart.


Darquisaiders
Darquisaiders.png
Logotipo da série
Gênero survival horror
Desenvolvedor Virgem Games
Publicador PQP
Plataforma de origem Xbox 360, PS3 e outras bostas
Primeiro lançamento Darksiders I (2010)
Último lançamento Darksiders III (2018)

Darksiders é uma série de jogos em estilo "cópia genérica de God of War com Prototype", uma franquia que tornou-se particularmente notória pela sua completa falta de criatividade, feita exclusivamente para agradar todo um público infanto-juvenil com uma dificuldade quase que inexistente e uma repetitividade quase doentia, o que classifica esses games como massacre de botões.

Jogabilidade[editar]

Nem Prince of Persia escapou da ávida vontade de plágio de Darksiders.

Como se sabe, a franquia God of War conquistou um estrondoso e rentável sucesso para a Sony, mesmo com jogos repetitivos, cansativos e extremamente básicos. Foi nesse momento que a indústria concluiu que seu principal público são os denominados pivetes, crianças que adoram jogos casuais onde apertando apenas um único botão veem na tela coisas incrivelmente fodas acontecendo, então a série Darksiders seguiu essa tendência, fazendo jogos para noobs, nos quais as fases e inimigos podem ser derrotados com uma mão nas costas, com o massacre de apenas um único botão, o botão que dá a porrada e avança no jogo. Nem quick time event existe, na hora da cena cabulosa de desmembramento dos chefões não é requerido do jogador nem reflexo pra precisar apertar um mísero botão.

Jogos[editar]

  • Darksiders I - O primeiro jogo da série, visivelmente feito às pressas para sair antes de Prototype, jogo que a Vigil Games tentava copiar na cara dura da Activision, não sendo possível, todavia, o lançamento antes, porque até nisso a THQ era incompetente. O jogo introduz uma versão herética da história do Apocalipse na Terra, onde controlamos War, um dos Cavaleiros do Apocalipse, que é temido por todos por ser um plagiador profissional do Kratos, inclusive estando sempre puto da cara. Uma versão para PS4 e XboxOne, chamada Darksiders: Warmastered Edition, foi lançada para roubar grana de alguns otários que eventualmente estavam sem jogo interessante para seus videogames novos.
  • Darksiders II - Continuação direta do primeiro jogo, dessa vez usando o Death, ex-vocalista de uma banda de metal que decidiu, só porque queria pagar de fodão mesmo, exterminar todos os pagodeiros e forrozeiros de todos os universos existentes. Para juntar uma graninha a mais, lançaram ainda o Darksiders II: Deathinitive Edition, que de definitivo não tem nada, é apenas o jogo repetido para PS4 e Xbox One.
  • Darksiders III - Após perceber que só tinha dois jogos na franquia e que já havia relançado as versões definitivas desses dois primeiros jogos, não sendo uma empresa tipo a Capcom que tem centenas de jogos pra ficar relançando continuamente, a THQ se viu forçado a criar um terceiro jogo na franquia Darksiders, mesmo com a criatividade já acabando. E como o jogo é feito para um público de entusiastas, ninguém que tenha estudado teologia a sério, não espere encontrar para esta versão os cavaleiros da Fome ou da Peste como principais, a protagonista da vez é uma feminista chamada Fury.

Personagens[editar]

  • War - Protagonista do primeiro jogo, é um anão com elefantíase nos dois braços, e que está constantemente puto da cara porque é broxa e anjos e demônios acabaram com a Terra
  • Death - Protagonista do segundo jogo, é um metaleiro que odeia forrozeiros, axezeiros e pagodeiros e começou uma cruzada de extermínio dessas raças que considera inferiores, tendo como último chefão a banda Restart reunida num universo paralelo onde a banda não se extinguiu.
  • Fury - Protagonista do terceiro jogo, é uma feminista que está sempre de TPM e para que seu lesbianismo seja aceito na sociedade decide usar um chicote para lacrar as inimigas e matar o maior número de homofóbicos possíveis.
  • Strife - Ainda não apareceu protagonizando jogo nenhum, porque a Vigil Games ainda não aprendeu como fazer um jogo decente de FPS, mas nas cutscenes em que aparece junto dos irmãos, parece ser aquele cara do darkwatch.
v d e h
Darksiders logo.png