Desciclopédia:Onde a Desciclopédia está sendo utilizada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O objetivo desta lista é visualizar o estrago impacto socioeconômico e listar em quais fins de mundo a Desciclopédia vem sendo usada. Após a criação do fabuloso Projeto Desciclopédia pelo radiante Doutor Roberto, certamente o mundo nunca mais foi o mesmo. Tendo gasto metade de sua fortuna para arrecadar apenas recursos naturais para a construção do site, Doutor Roberto ocasionou o aquecimento global e o efeito estufa, tudo ao mesmo tempo. Sem falar que o preço dos tubérculos ficou valendo mais que as barras de ouro que valem mais do que dinheiro.

Para mentes menos desenvolvidas isso é uma simples batata rabiscada, mas para seres pandimensionais e superinteligentes como os descíclopes, esse tubérculo mostra toda a explicação do sentido da vida.

A Desciclopédia propriamente dita é usada em mais de 745 países, 879 quatrilhões de planetas, 459 pentelhões de galáxias e 42 decalhões de universos paralelos. O servidor da Desciclopédia, vulgarmente conhecido como Companhia Telefônica do Canadá, utiliza-se da energia de 666 sóis para manter-se em funcionamento.

Onde está Wally? a Desciclopédia está sendo usada?[editar]

A República Anarquista Internética Humorística da Desciclopédia, desde sua criação em tempos imemoriáveis, vem sendo buscada por pensadores de todo o mundo como fonte suprema de sabedoria, nesta lista iremos relatar apenas 0,0000000000000000012% dos locais ou instituições que vem usufruindo da emanação de "inteligêncionismo" descíclope:

  • A agência espacial americana NASA se utiliza de um cubículo 3x4 que foi gentilmente cedido pela Desciclopédia para que eles possam se utilizar de todo o ferro velho que o site se livra.
  • Devido a sua imensa capacidade intelectual, a Desciclopédia vem sendo usada como exemplo em reuniões feitas a partir de PowerPoint pela ONU.
  • A cidade de Dubai foi construída a partir de papéis tacados no lixo por usuários do site que tiveram um bloqueio mental.
  • A Wikipédia melancolicamente vem tentando se aproveitar da Desciclopédia copiando seus conteúdos e tentando disfarçar o plágio cometido se utilizando de jargões como Nossa cópia ou Uns paga-pau cara-de-pum.
  • O doutor e farsante Thomas Aurélio, dono dos pesos de papéis Dicionários Aurélio, veio à falência após a criação do Descionário.
  • Após plagiar todas as idéias do Desinopses, Hollywood começou a entrar em decadência, o que pode ser explicado aí a má qualidade dos novos filmes.