Desconversas:Início de conversa entre Paulo Guina e Jailson Mendes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Papo cabeça

Este artigo faz parte do Desconversas, o maior acervo de papo furado da Internet.

Pedaço inicial do diálogo do Pai de Família, sem alterações, antes de levar um oco.

   Paulo Guina: E aí bonzão bundão, gatinho, tá afim de trabalhar?
   Jailson Mendes: Não cara, no salame não pode não! Tenho que trabalhar, depois a gente brinca um pouco, né?
   P: Ei, dá uma pegadinha! Depois a gente vê o trabalho.
   J: Nossa, assim você me mata! Que pau gostoso! Eu tenho que trabalhar, depois a gente brinca, vai!
   P: Vai dá uma chupada aqui e depois você vai trabalhar.
   J: Aí eu não resisto, vai!
   P: Chupa aqui então. Depois você trabalha. Vai trabalhar no meu cacete agora!
   J: Gostoso!
   P: É, então mama então!
   J: Ai! Bate, vai!
   P: Mostra seu cu pra mim, mostra! Mostra esse cu aí! Isso, abre esse cuzão!
   J: Aiiii! Aiiii!